Skip to content

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
<

Monumento Megalítico Monte da Velha

A cache by cadua Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/07/2011
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Monumento MV1 foi localizado em 1974, conjuntamente com um outro monumento megalítico (MV2), este já objecto de estudo e publicação (Soares e Arnaud, 1984). Enquanto MV2 é um sepulcro de tipo dolménico, MV1 é um monumento de aparelho ortástico. Distanciando entre si, cerca de 750 m, situam-se ambos na freguesia de Vila Verde de Ficalho, concelho de Serpa.
… O monumento MV1 apresenta ortoestático de xisto, sendo constituído por uma câmara circular e um corredor relativamente longo. A sua função, pelo grupo que o construiu, terá sido apenas a de santuário, ao contrário do sucedido com outros monumentos similares, que apresentam um carácter sepulcral bem vincado. A sua construção e essa primeira utilização, tendo em conta o espólio que lhe está associado, será datável de um momento recuado do Calcolítico, eventualmente na transição do IV para o III milénio a.C. Posteriormente ao abandono do monumento pelo grupo responsável pela sua construção, parte da câmara serviu para local de enterramento de um indivíduo adulto, o qual era acompanhado de dádivas funerárias integráveis no denominado Horizonte da Ferradeira. A datação absoluta pelo radiocarbono de um fragmento craniano do esqueleto permitiu, pela primeira vez, uma atribuição cronológica precisa para os contextos similares integráveis naquele Horizonte. A calibração da data obtida (Beta-194027 3900 +/-40 BP) leva a colocar os referidos contextos no terceiro quartel do III milénio a.C., isto é, na charneira entre o Calcolítico e a Idade do Bronze no Sul de Portugal ...
… Trata-se de um monumento que apresenta câmara e corredor, ambos de tipo ortostático, podendo classificar-se como um pseudo-tholos. No local, a rocha virgem, uma rocha xistosa vermelho-esbranquiçada, muito fracturada, encontra-se quase à superfície e mesmo aflorante em algumas zonas. Aproveitando provavelmente, uma rede de fracturas e aprofundando-as, foi implantada a câmara e o corredor, sendo o chão do monumento constituído pela rocha viva aplanada.
A câmara circular, com cerca de 3 m de diâmetro, é definida por 19 esteios de um xisto verde, por vezes, de tons azulados. A câmara apresenta uma entrada a nordeste, definida e flanqueada pelos sues dois maiores esteios que, dada a sua protuberância no espaço do corredor, parecem também ter servido de batentes a uma porta (de material perecível?) que aí poderia ter existido.
O corredor, com um comprimento de cerca de 4,5 m, divide-se em dois troços – um mais longo, ligado directamente à câmara, e um outro, que se poderá considerar como átrio, separado do primeiro por uma porta (de pedra) com dois batentes. A porta foi encontrada no átrio, ligeiramente inclinada para o exterior, tendo sido colocada na posição vertical, quando dos trabalhos de restauro e conservação do monumento. Os esteios do corredor e do átrio, mais numerosos do lado este, são do mesmo tipo de xisto utilizado na construção da câmara; no entanto, o átrio termina por blocos de pedra de material idêntico à rocha virgem aflorante no local.
Deverá notar-se que o corredor, que se inicia a partir da câmara, com a orientação SW-NE, vai curvando espaçadamente para terminar num átrio que se abre a norte. Esta orientação do átrio deverá estar relacionada com o facto de que somente quem se aproximar do monumento vindo da zona aplanada, ligeiramente mais elevada, que lhe fica na vizinhança norte imediata, pode ter uma visão global de MV1. Sabendo-se do carácter também ritual deste tipo de monumentos, não será difícil de verificar ou imaginar que qualquer procissão que se aproximasse de MV1 o faria vinda do lado norte, pois só assim se lhe depararia a totalidade do monumento, mesmo a uma certa distancia, abrindo-se à sua frente o átrio do mesmo ...
(in “O monumento megalítico Monte da Velha 1” de António M.Monge Soares).

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES:

Achei que o tema se enquadra perfeitamente no espírito do “geocacher” – Não destruir, preservar e não alterar. E depois ... dar a conhecer algumas histórias da História.
Especiais agradecimentos ao Sr.Eng.º Monge Soares.

Esta é uma multicache sem qualquer perigo e ideal para fazer em família. É composta por MV1 e MV2, correspondendo respectivamente a dois monumentos megalíticos, disfrutando de um passeio pelas típicas pequenas propridades mediterranicas de subsistência, onde, ao contrário da monocultura imposta pela UE, predomina a oliveira em perfeita harmonia com azinheiras, sobreiros, figueiras, pereiras e soromenheiros (prove alguns e deleite-se com estes sabores).

COMO CHEGAR?

Tomando como ponto de partida o Posto de abastecimento de combustíveis em V.V.Ficalho, siga o chamado IP8 em direcção a Serpa. Ao Km 1,7 saia do asfalto à direita (ver waypoints). Chegado aqui, verifique que numa vedação à direita se encontra uma placa "Zona de Caça Turística - Processo nº...." Tome nota do número que será útil para a descodificação das caches. Cálculos a ter em conta:

A=soma dos 2 últimos números;
B=soma dos 3 últimos números;
C=soma dos 4 números a dividir por 1000;
D=soma do 1º e 3º números.

O percurso de ida e volta ronda os 9Km. De referir que o caminho está em más condições para um carro normal ... mas passa! No Inverno com as cheias, poderá ser mais complicado atravessar o barranco que encontra de MV1 para MV2.

AS CACHES NÃO ESTÃO NAS COORDENADAS FORNECIDAS.

MV1- - Tome como referência as coordenadas do monumento e execute os seguintes cálculos:
N 37º 56,8(21-A);
W 07º 20,2(51+B);

MV2- - Tome como referência as coordenadas do monumento e execute os seguintes cálculos:
N 37º 5(7,110-C);
W 07º 20,6(03+D);

Additional Hints (Decrypt)

ZI1 Qronvkb qr crqenf.
ZI2 qronvkb qr crqenf, whagb n puncneevaub.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.