Skip to Content

This cache has been archived.

MightyREV: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das caches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.


MightyREV
Community Volunteer Reviewer
Centro de Ajuda|Trabalhar com o Revisor|Revisões mais rápidas|Linhas Orientação|Políticas Regionais - Portugal

More
<

Estação de Assumar

A cache by mikeb_1 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/04/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Estação de Assumar

A Linha do Leste liga a estação de Abrantes (Linha da Beira Baixa) à estação de Elvas, numa distância total de 146,2 km. Na estação de Elvas., a linha prossegue para Espanha (Badajoz). A linha encontra-se em funcionamento tendo apenas tráfego de mercadorias.


 estação 

Em 19 de Abril de 1845, o governo português assinou um contrato com a Companhia de Obras Públicas, para a construção e aperfeiçoamento de várias infra-estruturas de comunicação no interior do país; uma das cláusulas refia-se, especificamente, à implementação de uma ligação ferroviária entre Lisboa e a fronteira com Espanha. As obras iniciaram-se em 17 de Setembro de 1863, e o primeiro troço, entre o Carregado e Lisboa, foi inaugurado em 28 de Outubro de 1856.

Esta via era de extrema importância para o País, pois possibilitava uma ligação a Espanha e daqui a outros da Europa. Depois de tempos difíceis, a 14 de Setembro de 1859, o construtor espanhol D. José de Salamanca propõe-se, perante o Governo, continuar a construção desta linha até à fronteira e alterar a bitola do troço existente de Lisboa ao Carregado, que até ai era europeia (1,435m), passando-a à ibérica (1,668m), igual à que se construía em Espanha. Este construtor criou o Entroncamento como local de separação das Linhas do Leste e do Norte. A alteração da bitola foi terminada em 1861.

               

antigo horário

D. José de Salamanca foi vencendo as dificuldades surgidas inerentes a este caminhos-de-ferro e a 29 de Julho de 1863 dá por concluída esta linha até Elvas. No dia 24 de Setembro de 1863 foi aberto o traçado entra as cidades de >Elvas e Badajoz, em Espanha, ficando nessa data ligados pelo primeira vez por caminho-de-ferro Portugal e Espanha. Lisboa passou a estar a 275,8 km da primeira cidade espanhola, Badajoz.

Embora o comboio chegasse a Badajoz, o traçado permaneceu isolado do resto da rede ferroviária espanhola até 30 de Julho de 1866, data da inauguração da linha-férre entre Madrid e Badajoz, construida pela Compañia del Ferrocarril Cidaud Real-Badajoz.

O troço entre Lisboa e o Entroncamento passou, posteriormente para a linha do norte, enquanto que a ligação entre o Entroncamento e Abrantes foi entregue à linha da Beira Baixa, reduzindo consideravelmente as dimensões desta Linha.


Cronologia:

1844/12/19 - Fundação da Companhia das Obras Públicas de Portugal. Um dos objectivos é a elaboração de estudos para a construção do Caminho de Ferro.

1853/05/13 - Contrato com a Companhia Central Peninsular dos Caminhos de Ferro Portugueses para a construção do troço de Lisboa até à fronteira de Espanha, passando por Santarém.

1856/10/28 - Viagem inaugural do troço entre Lisboa e o Carregado.

1856/10/30 - Abertura à exploração pública do troço entre Lisboa e o Carregado, na Linha do Leste. A bitola usada era de 1,44 m.

1859/09/14 - Contrato com D. José de Salamanca para a construção e exploração do Caminho de Ferro do Leste e Norte, com bitola de 1,67 m.

1860/01/03 - Contrato com a Companhia dos Caminhos de Ferro do Sueste para a construção do troço de Vendas Novas a Évora e Beja.

1860/06/20 - Constituição da Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.

1861/02/01 - Abertura à exploração pública do troço entre o Barreiro e Vendas Novas e Pinhal Novo e Setúbal, na Linha do Sul, com a bitola de 1,44 m, construído pela companhia Nacional dos Caminhos de Ferro ao Sul do Tejo.

1861/06/_ - Alteração da bitola da Linha do Leste, entre Lisboa e Ponte Asseca, de 1,44 m para 1,67 m.

1863/09/24 - Conclusão da Linha do Leste com a abertura do troço entre Elvas e a fronteira.

1864/_ /_ - Alteração da bitola da Linha do Sul de 1,44 m para 1,67 m.

1865/05/01 - Inauguração da estação principal de Caminho de Ferro de Leste e Norte (Lisboa, Stª Apolónia).

1865/06/25 - Início da exploração das linhas do Leste e Norte pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro.



Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Linha_do_Leste
             http://www.cp.pt/cp/displayPage.do?vgnextoid=70ecab3226ea4010VgnVCM1000007b01a8c0RCRD

geogare

Additional Hints (Decrypt)

Dhr ubenf fãb?

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.