Skip to Content

This cache has been archived.

SerafimSaudade: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou
adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das
guidelines sobre a manutenção
http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

[quote]
You are responsible for occasional visits to your cache to maintain
proper working order, especially when someone reports a problem with
the cache (missing, damaged, wet, etc.). You may temporarily disable
your cache to let others know not to search for it until you have a
chance to fix the problem. This feature is to allow you a reasonable
amount of time – normally a few weeks – in which to check on your
cache. If a cache is not being maintained, or has been temporarily
disabled for an unreasonable length of time, we may archive the
listing.

Because of the effort required to maintain a geocache, we ask that you
place physical caches in your usual caching area and not while on a
vacation or business trip. It is best when you live within a
manageable distance from the cache placements to allow for return
visits. Geocaches placed during travel may not be published unless you
are able to demonstrate an acceptable maintenance plan, which must
allow for a quick response to reported problems. An acceptable
maintenance plan might include the username of a local geocacher who
will handle maintenance issues in your absence.[/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor,
contacte-me por
[url=http://www.geocaching.com/email/?u=serafimsaudade]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo
processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as
implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de
evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] SerafimSaudade [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

More
<

Alvoco da Serra Peddy Paper

A cache by zepinto89 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/31/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

 


A cache encontra-se numa pequena aldeia situada no coração da Serra da Estrela.
Com esta cache vai os levar a visitar a “historia desta aldeia”
 A fundação de Alvoco é antiga. As provas da presença dos romanos são inequívocas: existe a estrada romana, duas pontes em Alvoco (uma das quais destruída em 1945 nas obras da avenida), assim como as moedas romanas encontradas em 1884 no Aguincho. Contudo as lendas e histórias remetem-nos para tempos mais antigos...


Alvoco da Serra foi vila e sede de concelho. O foral foi concedido em 17 de Fevereiro de 1514 por D. Manuel I, sendo o município extinto em 1836.


No Cadastro da população do reino de 1527, o concelho de Alvoco era constituído pela Vila em si e duas povoações: Barriosa e Teixeira.


Alvoco teve dois barões. O primeiro, de seu nome António Monteiro de Pina nasceu a 3 de Maio de 1835 e morreu a 24 de Abril de 1898 numa queda de cavalo. Recebeu o título de D. Luís, por decreto de 7 de Abril de 1889. O segundo barão de Alvoco era irmão do primeiro. Chamava-se Joaquim Monteiro de Pina e nasceu em 6 de Setembro de 1838, falecendo em 13 de Maio de 1917. Foi-lhe concedido o título por D. Carlos em 7 de Abril de 1899.


 Também Alvoco se fez notar na indústria de lanifícios, possuindo três fábricas e constituindo um dos principais centros do país neste sector.


Em 1856 foi fundada a primeira fábrica de lanifício de Alvoco pelo Sr. João José de Brito. Esta fábrica era conhecida como a Fundeira, devido ao facto de estar no fundo da povoação. Hoje está recuperada para turismo de habitação.


 A fábrica do Engenho da Serra foi construída pelo 1º Barão António Monteiro de Pina em 1877. Actualmente é usada como habitação.


A fábrica do Meio (porque ficava entre as outras duas) foi fundada pelo 2º Barão de Alvoco Joaquim Monteiro de Pina em 1879. Hoje encontra-se desabitada e em ruínas.


A última fábrica a encerrar foi a do Meio e aconteceu na segunda metade do século XX.


A luz eléctrica foi inaugurada em 12 de Junho de 1928, véspera de S. António. Contudo, nesta data já ela iluminava as ruas de Alvoco. Também foi neste ano que o telefone chegou!


Alvoco possui uma igreja Matriz e três capelas. A Igreja Matriz data de 1724 e tem como orago N.ª Senhora do Rosário. A capela mais antiga é a de S. Pedro. É anterior à igreja matriz, desempenhando estas funções antes da construção da primeira. Está localizada no meio da povoação, junto à casa Barão. A capela de S. Sebastião encontra-se no cimo da rua das Lajes (plena calçada romana) e a capela de S. António foi construída junto da ponte romana, no fundo da Alvoco. Duas dessas capelas são hoje tidas como museus de arte sacra, sendo a principal a capela de S. António com união com a de S. Pedro.



Existia ainda uma capela antiga de S. Pedro, no tempo em que a actual servia de igreja matriz. A tradição situa-a na casa Frades. No local onde existe actualmente a igreja existia uma capela dedicada ao Espírito Santo! Foi demolida para a construção da igreja. Perdura ainda hoje na tradição oral, a resistência que o proprietário ofereceu à sua destruição. Porém lá foi convencido, tendo pedido como contrapartida, que a imagem permanecesse num altar da igreja, promessa que foi cumprida até às obras levadas a cabo em 1949-50.


A freguesia de Alvoco da Serra é constituída pelas localidades de Alvoco da Serra, Outeiro da Vinha, Vasco Esteves de Baixo, Vasco Esteves de Cima e Aguincho.


 

http://dl.dropbox.com/u/47680872/Alvoco%20Peddy%20Paper.pdf


É essencial fazer download deste ficheiro para  poder traçar as rotas a seguir!!!

A CACHE 

A cache inicial encontra-se junto a um rio com uma bela cascata. A partir daí terão de seguir as intruções, deve levar caneta, o mapa e maquina fotografica, a não ser que tenha memoria de elefante.
`
Dentro da Primeira cache encontra-se um pequeno livro, tirem um o dois por grupo ou um para cada geocacher individual.

Divirtam-se  
 


Peço desculpa a todos os Geocacher pelo meu português, que pode não ser muito correcto, mas espero que entendam as instruções.

Additional Hints (Decrypt)

Pbybdhrz-fr nb cé qb CG qn ryrpgevpvqnqr r fó qrcbvf pbybdhrz nf pbbeqranqnf ab TCF

Ngraçãb, b hygvzb pbagragbe é seátvy, phvqnqb cnen aãb cnegve...

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

22 Logged Visits

Found it 14     Didn't find it 1     Write note 4     Archive 1     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 10 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.