Skip to content

This cache has been archived.

untitled geocacher: É o fim desta cache, pelos vistos como já disse HÁ QUEM NÃO ENTENDA QUE OS GPSr TÊM UM ERRO ASSOCIADO, devido ao local, às condições topográficas (neste caso prédios), etc...

Estou farto de logs parvos do género: "Qual buraco?!?!" ou "A cache não está lá de certeza!"...

Dêem-se minimamente ao trabalho de procurar minuciosamente antes de dizerem que de certeza que a cache desapareceu.
Sigam as dicas e não sejam obtusos ao ponto de querer um setinha a apontar para o buraco!!

Esta cache já foi, fartei-me, ela sempre esteve lá (pelo menos até 5ª Feira) se não encontraram foi porque procuraram mal.

Em 150 found's nunca ninguém se queixou de coordenadas, agora é que veio a moda do xico-esperto e as coordenadas batem ao lado... Enfim!!

Vai para arquivamento, obrigado aos que visitaram!

More
<

RS02 - Praça de Touros de Tomar

A cache by ruck@sarah Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/12/2011
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

PRAÇA DE TOUROS JOSÉ SALVADOR

A Praça de Touros de Tomar, foi inaugurada em 24 Maio de 1908. Consiste num edifício assente numa planta poligonal, com traços arquitectónicos clássicos na fachada e sugestões mudejares na decoração interna.



Existe um Challenge bem próximo que poderão fazer também
Ver Challenge




Grupo de Forcados Amadores de Tomar 1894 – 2011

“ Forcados Amadores de Tomar 1894 – 1914” é uma história indispensável no reportório de todos os aficionados pois dá a conhecer uma linguagem simples e discreta, o historial dos homens da jaqueta daqui da cidade do Nabão e bem assim das praças de toiros que aqui existiram ao longo dos tempos.

Nos finais do séc. XVIII, em tempos da senhora. D. Maria I, corriam se toiros pela primeira vez, na então villa de Thomar, na vizinha freguesia de Santa Cita. Aí realizaram se touradas desde de 1843 a 1857, uma das quais nocturna com iluminação a gás, onde provavelmente tivessem actuado forcados tomarenses.

Mas a cidade de Tomar teve que esperar alguns anos para oficializar a sua primeira Praça no Alto de Santo André tendo que a sua realização do seu primeiro espectáculo de diversão taurina tenha sido a 29 de Junho 1883. Mas só foi considerada oficial numa corrida em 1884 onde foram toureados 12 toiros, pelos cavaleiros Carlos Relvas e José Bento de Araújo .

Passados 10 anos era necessário obras na antiga praça de toiros, procedeu-se então a inauguração de um tauródromo no dia 15 de Julho 1894 por ocasião da festa do Tabuleiros.

Aqui sim, já existe documentação que prova que um grupo de Forcados de Tomar actuou ao lado dos grupos dos Riachos e de Santarém. É a data mais remota que se tem conhecimentos de documentos de um grupo de Forcados de Tomar o que prova a sua existência á pelo menos 118 Anos. Para nós, será sempre a data da fundação do Grupo de Forcados de Tomar embora que posteriormente tenha havido paragens na actuação do grupo. O que não retira a sua antiguidade …

“Á semelhança com o que acontece com os cavaleiros, matadores de toiros. Em que a retirada momentânea não invalida a sua Antiguidade!!! “

O actual Grupo de Forcados de Tomar, resolveu celebrar os seus 50 Anos de existência no decorrer do ano 2006

“Creio que houve uma grande dose modéstia nesta decisão … “

Em 15 julho de 1908, por ocasião da Festas dos Tabuleiros os Amadores de Tomar, Golegã e Riachos pegaram toiros de António Luís Lopes (Pai), cavaleiro: Manuel Casimiro de Almeida e José Casimiro (filho). Comandava esse grupo João Bauneta 1º cabo do grupo de Tomar na década de 80. Entre 1908 e 1920 apenas temos noticias da participação do grupo na corrida integrada na Festa dos Tabuleiros no ano de 1914.

“Não havia no mundo espectáculo mais nobremente sugestivo, mais virilmente belo, mais legitimamente Português”



Nos anos 20, registaram se funções com a participação do grupo de Tomar, tendo por cabo Francisco Augusto Mira e José Dias.
O grupo nos anos 30 destacou se em inúmeras aparições em publico, capitaneado por Celestino Gonçalves. Nesta época, participou também numa corrida de concursos de pegas, arrecadando o 2º lugar. Outro dos cabos que apareceu em 1932 foi José David,da sua formaçao sairam nomes como Eduardo Da Arrascada, A. Ribeiro, F. Henriques, Alfredo Rosa, Joaquim Seco, A. Serra, N e N.

Também nos anos 40, realizaram se funções taurinas no Mouchão Parque com a prestação de forcados Tomarenses, ao comando de outros tomarenses, Fernando De Lemos Pereira Duarte e mais tarde Afonso Moreira e Manuel António, dos quais fizeram parte, António Faustino,Carlos Verne, José Augusto Vasconcelos, José Inacio Da Costa Rosa, Carlos Godinho, Samuel Duque Bastida de Sousa, António Carvalho, Leonel Valente, Carvalho.
Na passagem dos anos 40 para os anos 50, aparece outro cabo Tomarense, Manuel Gonçalves “Manuel Ferrador”, fazendo parte dessa formação, António Correia, Augusto Godinho, Jacinto "zarolho".

Em 1953, o grupo era comandado por João Faia, apenas com 17 anos na altura, o qual chefiou o grupo desde 1956 a 1965. Foi o principal fundador do Grupo Dos Forcados De Tomar, dado que foi ele que em 1956, filia a fundação do grupo, por nem sempre ter existido continuidade nas anteriores actuações. Devido a revalidades entre irmãos, Manuel Faia fica na chefia do grupo de 1955 a 1959, tendo realizado algumas corridas como a de Nisa em 1955, Vila Nova da Barquinha em 1956 e no Campo Pequeno em 1959,dessas coridas sairam nomes de forcados como J.C Henrique, Ezequiel Luís, J. Luíz, José Maria Pelouro, Jaime Copa Pinto, Carlos Alberto,Júlio Gonçalves, N e N, e João Faia que retomaria o comando do grupo em 1960.
Em 1966, João Faia, deixa o comando do grupo e é Jorge Monteiro quem passa a comandar até 1970.

A 13 Junho 1974, estreia se como cabo do grupo de Tomar, Manuel Vidal. Em 1975, passa a comandar Manuel Alfaiate Pereira; o “Manuel Pacote”, mantendo se no grupo até 1979; o grupo soma bastantes corridas sob o seu comando, destacando se as de Tomar, Chamusca, Barquinha, Nazaré, Abiul, Campo Pequeno, Figueira da Foz, Setúbal, Arruda Dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço, Albufeira, Espinho, Caldas da Rainha, Niza e Alter do Chão.


Em 1979, o grupo actuou em Tomar pela última vez. Já em 1980 e 1981, esteve a frente do grupo Jorge Carvalho, e em 1982 e 1983 esteve no comando do grupo, José Simões Berto, cabo que deu muito ao grupo com inúmeros êxitos assinaláveis.


Não quero deixar de salientar que em 1983, ainda sob o comando de José Simões Breto, a despedida do forcado Fernando Godinho, que no dia 6 de Agosto, na praça de Tomar, despiu a jaqueta de ramagem.

Em 1984, passa a chefiar o grupo António Graça até 1986.
Entre 1986 a 1988, apresenta se como cabo Pórfirio Manuel Dos Santos. O grupo luta então com a falta de elementos, momentos difíceis esses, que levaram o excelente forcado Manuel Serra, o monstro das arenas, a chefiar o grupo nos anos 1989 a 1990.

A partir de 1990 a 1992, quem passa a chefiar o grupo é o Francisco Luís Faia, é nessa altura que o grupo passa a ter como madrinha a D. Ana Madureira, filha do grande aficionado António Gomes Madureira.
Em 1993 aparece novamente como cabo Manuel Serra. Entretanto Paulo Graça, toma a direcção do grupo entre 1994 e 1995.

Em 1996, passa a comandar o grupo actual o cabo Carlos Alberto, que pela grande dedicação, enorme aficion e qualidade de chefia, tem elevado o grupo de forcados De Tomar a uma posição cimeira durante estes últimos 15 anos no panorama tauromáquicos português.


TEXTO RETIRADO DE:
http://www.forcadosamadorestomar.com/ser-forcado/os-grupos/

A CACHE

A cache é uma micro, contém logbook, mas não tem material de escrita, pelo que é necessário levar caneta/lápis.


DEIXE TUDO COMO ENCONTROU OU SE POSSÍVEL AINDA MELHOR






Additional Hints (Decrypt)

an áeiber, ab shaqb qb ohenpb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.