Skip to content

<

Forte da Salga

A cache by NRMR-FOX Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/12/2012
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Forte da Salga

O Forte da Casa da Salga, comumente referido apenas como Forte da Salga, localiza-se na baía da Salga, freguesia de Porto Judeu, concelho de Angra do Heroísmo, na costa sudeste da ilha Terceira, nos Açores.
Em posição dominante sobre este trecho do litoral, constituiu-se em uma fortificação destinada à defesa deste ancoradouro contra os ataques de piratas e corsários, outrora frequentes nesta região do oceano Atlântico. Cruzava fogos com o Forte das Cavalas e com o vizinho Reduto da Salga.

Foi edificado no contexto da crise de sucessão de 1580, entre 1579 e 1581, por determinação do então corregedor dos Açores, Ciprião de Figueiredo e Vasconcelos, conforme o plano de defesa da ilha elaborado por Tommaso Benedetto, já existindo à data da batalha da Salga (25 de Julho de 1581). É mais preciso, entretanto, considerar-se que possa ter sido iniciado, possivelmente, ainda na década de 1570, só tendo ficado operacional em 1582, após, portanto, aquela batalha.
No contexto da Guerra da Sucessão Espanhola (1702-1714) encontra-se referido como 'A Fortaleza da Caza da Salga.' na relação 'Fortificações nos Açores existentes em 1710'.
Com a instalação da Capitania Geral dos Açores, o seu estado foi assim reportado:
'5º - Forte da Salga. Precisa a sua porta ser feita de novo e as muralhas encascadas e rebuçadas; tem seis peças de ferro boas com os seus reparos capazes. Precisa para se guarnecer seis artilheiros e vinte e quatro auxiliares.'
Encontra-se referido como 'Forte da Casa da Salga' no relatório 'Revista dos fortes e redutos da ilha Terceira', de Francisco Xavier Machado (1772), ilustrado com sete canhoneiras e edificações de serviço.
Encontra-se referido como '4. Forte da Caza da Salga' no relatório 'Revista aos fortes que defendem a costa da ilha Terceira', do Ajudante de Ordens Manoel Correa Branco (1776), que lhe relata o estado:
'Achase retificado de novo, e sóm.e a caza do of.al da guarda; preciza rachada, goarnecida, e rebucada; os seus tetos compostos; hua tarimba; hua porta e hua janella.'
No contexto da Guerra Civil Portuguesa (1828-1834), foi novamente guarnecido e artilhado. Desse período dele existe alçado e planta, com o título 'Forte da Salga', de autoria do sargento-mor do Real Corpo de Engenheiros, José Rodrigo de Almeida (c. 1830).
A 'Relação' do marechal de campo Barão de Bastos em 1862 informa que 'As muralhas e alojamentos carecem de pequenos consertos.'
Quando do Tombo de 1881 encontrava-se em condições razoáveis, agora com apenas cinco canhoneiras e dependências de serviço também pelo exterior.
Ao longo dos séculos, o abandono, a erosão marinha e a falta de conservação por parte dos poderes públicos, conduziram à ruína da estrutura.
No contexto das comemorações do 4° Centenário da Batalha da Salga, cogitou-se, em 1980, o restauro do forte, que entretanto não aconteceu. No início da década de 1990, os seus remanescentes foram arrasados para ampliação do parque de campismo, nada mais restando em nossos dias.

This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator
A Cache

A Cache é de formato não tradicional.

Leve material de escrita.

This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

12.7 bh pny.50

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.