Skip to content

Capela de Santo Amaro - Alvoeira Traditional Cache

Hidden : 05/23/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache, fora colocada com o objectivo de dar a conhecer ao mundo, a aldeia de Alvoeira, bela aldeia da freguesia de Mouronho. Por este país fora existem aldeias que tendem a cair no esquecimento. Com este tipo de caches, estamos a tentar fazer, com que hajam pessoas a vizitar estes locais, e quem sabe, um dia morar nesta zona. Apesar de haver uma estrada para lá, esta encontra-se em condições miseraveis. é acessivel de automovel, mas a velocidade moderada.


Mouronho

PT

«A freguesia de Mouronho pertence ao concelho de Tábua e distrito de Coimbra; está situada na margem direita do rio Alva, afluente do Mondego e dista cerca de oito quilómetros da sede concelhia. O orago da freguesia é S. Julião que, segundo reza a lenda, era um rapaz de muita boa família, fidalgo da Corte e muito devoto. Um dia, sua família decidiu casá-lo com Brasiliza, e para não contrariarem as suas famílias, decidiram aceder ao casamento mas fizeram o acordo de se manterem castos para sempre. Tiveram uma vida dura, de sacrifício e renegação às riquezas, luxos e tentações. No seu palácio, viviam separados, dedicando-se ambos à educação e protecção de velhinhos, crianças, doentes e pobres que ali albergavam e cuidavam. O topónomo "Mouronho" deriva do antropónimo latino "Mauronius", derivado de "Maurus", "Mauro", fazendo possivelmente referência a um senhor, possuidor de terras no local. São escassas as informações relativas à freguesia, principalmente acerca da origem do seu povoamento; a própria arqueologia é rara e não permite induzir o que quer que seja acerca da ancianidade da ocupação humana no território. Mouronho foi um priorado da apresentação da mitra e pertenceu ao concelho de Coja, até á sua extinção em 31 de Dezembro de 1853. Passou então ao concelho de Arganil e em 24 de Outubro de 1855 foi anexada ao concelho de Tábua. Mouronho recebeu foral do Bispo D. Jorge, de Coimbra, documento que veio mais tarde a ser reconhecido por D. Manuel I, em Lisboa, a 12 de Setembro de 1514. Do património cultural edificado da freguesia de Mouronho destacam-se: a Igreja Matriz e o solar de Taborda. A praia fluvial é um dos locais de maior interesse turístico da freguesia. A nível económico, a população da freguesia de Mouronho ocupa-se essencialmente de actividades do sector primário, como a agricultura, na qual se destacam as produções cerealíferas; o comércio e o artesanato são também actividades fundamentais para o equilíbrio da economia local, destacando-se no artesanato a tecelagem.»

EN

"The parish of Mouronho belongs to the county board and district of Coimbra, is located on the right bank of the river Alva, a tributary of the Mondego, and is distant about eight miles from the headquarters district. The patron saint of the parish is S. Julian, according to legend, was a very good family boy, a nobleman of the court and very devout. One day, his family decided to marry him to Brasiliza, and do not contradict their families, decided to enter the marriage, but made the agreement to remain chaste for ever. They had a hard life of sacrifice and renunciation of riches, luxuries and temptations. In his palace, lived separate, dedicated both to education and protection of elderly, children, sick and poor housed and cared for there. The topónomo "Mouronho" derives from the Latin antropónimo "Mauronius," derived from "Maurus", "Mauro", possibly making reference to a master, possessor of land on site. Is little information on the parish, especially about the origin of its settlement, the archeology is very rare and does not allow induce whatever about the seniority of human occupation in the territory. Mouronho was a priory of the presentation of the miter and belonged to the municipality of Coja, until their extinction at December 31, 1853. He then went to the municipality of Arganil and 24 October 1855 was attached to the county board. Mouronho received charter of Bishop Jorge, Coimbra, a document that later came to be recognized by D. Manuel I in Lisbon on September 12, 1514. Of cultural heritage buildings in the parish of Mouronho include: the Mother Church and solar Taborda. The river beach is one of the major places of tourist interest of the parish. Economically, the population of the parish of Mouronho occupies essentially the primary sector activities such as agriculture, in which we highlight the grain production, trade and craft activities are also essential for the balance of the local economy, especially crafts in the weaving. "

Fonte: Resumo Histórico - Brasão

PT

PT Esta cache é relativamente pequena. não é micro, é um pouco maior que micro.

Está escondida no recinto da capela.

Não vale a pena andarem a dar cabe dos arbustos que delimitam a capela, porque ela não está lá.

EN

This cache is relatively small. is not micro, is slightly larger than micro.

Is hidden in the precincts of the chapel.

It's not worth it to walk to the bushes that surround the chapel, because it is not there.

Conteudo: Loogbook

Additional Hints (Decrypt)

byvirvevaun qn freen, dhr rfpbaqrf n n nmrvgban fr aãb n rapbagenerf, onvkn-gr dhr ryn irz á gban.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)