Skip to content

This cache has been archived.

Ferbikes: Não tem cabimento sem as outras caches da saga

More
<

Vigilante 379

A cache by Ferbikes Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/09/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:




O Vigilante 379...


Da saga da Floresta das Sombras
Episodio II


Era uma vez um Vigilante...não, esperem...era uma vez um Vigilante especial, não era um Vigilante qualquer, era “o Escolhido”. Todos os outros com a sua missão estavam satisfeitos. O Vigilante 379 não estava...

Era ingrato ter de perseguir e, por vezes, eliminar os Muggles (habitantes da Floresta das Sombras) apenas porque eles queriam ter um vislumbre do Mundo exterior.
A Irmandade “Guardiões das Sombras” oprimia tudo e todos que tivessem tido a desfaçatez de nascer dentro dos limites daquele mar de vegetação verde brilhante e guardado por uma permanente névoa protetora.

Vigilante2  Este Vigilante sempre cumpriu a sua função, sempre perseguiu, sempre alcançou, sempre solucionou todas as situações que eram da sua responsabilidade. Sempre usou o seu corpo bem treinado e a sua força física para levar a sua missão a bom fim. Até que um dia...
...esgueirando-se pelos arbustos ia uma Donzela, dando um passo de cada vez, no sentido do Mundo exterior. O seu objetivo não era fugir, ela apenas queria espreitar, ter um vislumbre de outra realidade, outro Mundo que não o seu. Aproximou-se devagar dos limites da Floresta das Sombras, a névoa envolveu-lhe os tornozelos esguios, ela sobressaltou-se ao sentir um ligeiro formigueiro incomodativo. Os Vigilantes foram alertados! Alguém tentava passar os limites da névoa.


O Vigilante 379 ia a galope no seu garanhão negro. Ia efetuar mais uma vez a missão de
impedir um Muggle de se esgueirar para o Mundo exterior. Ele ia no comando, seguro e veloz, outros dois Vigilantes o seguiam, esperando ordens e orientação. A sua visão era apurada e, por isso, conseguiu ver ao longe uma figura esbelta de mulher com os cabelos ondeantes no vento suave que se fazia sentir. Ela estava de costas para si e os seus companheiros, andando devagar, muito devagar...mas na direção errada. Estava a ir na direção errada.

Esporeou a sua montada, para mais depressa chegar ao pé da mulher, compelido pela sua presença, sem conseguir explicar bem a razão. Qaundo se aproximou observou o cabelo longo e sedoso, as vestes verde esmeralda e uns olhos negros e brilhantes que se voltaram, nesse instante, na sua direção. Sentiu-se trespassado por uma espada, não de aço mas de vento, um torpor seguiu pelo seu corpo acima e o seu instinto fê-lo puxar as rédeas do seu animal bruscamente e parar a poucos metros da Donzela...os seus companheiros, surpresos com a sua reação tespestuosa (ele era sempre tão controlado e previsível...) pararam também uns metros atrás, aguardando instruções.

Vigilante 3  Um pequeno riacho seguia ondulando a sua melodia aquosa aos pés da Donzela. Ela estendia a sua mão esquerda e, com as pontas dos dedos, tocava a água límpida. O seu cabelo caiu-lhe sobre a face. Ele viu! Naquele momento sentiu que tinha sido cego toda a sua vida e estava de novo na posse dos seus sentidos apurados. Ele sentiu! Sentiu que tinha estado entorpecido toda a vida e estava de novo da posse dos seus movimentos ágeis e fluidos. O seu coração sentiu um aperto, uma emoção que ele não identificava por tão nova ser para ele. A Donzela baixou os olhos para a água...



O Vigilante sentiu a voz falhar mas falou.

-Quem sois?...

A Donzela levantou os olhos e respondeu, identificando-se com uma voz trémula. O Vigilante e a Donzela trocaram algumas palavras. Depois ele escoltou-a de volta. De volta para o Castelo de Gelo.

Ao vê-la entrar nos grandes portões de madeira sentiu que lhe fugia de novo a visão e o
sentimento, sentiu...que queria continuar a ver e sentir... e o seu coração em vez de um
aperto, sofreu um golpe profundo...sentiu-se subitamente...vazio..

Escrito por: Cláudia Machado
Cache by: Ferbikes


A saga continua...
Episodio I: Floresta das Sombras GC3KF6H
Episodio II: O Vigilante 379 GC3Q6VX
Episodio III: A Donzela Sentada GC3QDK (RIP)

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.