Skip to content

Ara de Trajano Traditional Geocache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
Hidden : 08/13/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Ara de Trajano

Imponente monumento honorífico dedicado ao Imperador Trajano.

Está classificado como Monumento Nacional e situa-se em Caldas das Taipas. Segundo Francisco Sande Lemos encontra-se em lugar de grande importância estratégica pois neste ponto cruzava-se a rota de navegação do rio Ave com um eixo terrestre proveniente do rio Douro e que passava por sítios como Tongobriga e Caldas de Vizela...

Próximo fica a Citânia de Briteiros, bem como um edifício termal romano (infelizmente afectado no século XIX quando se construíram novos banhos). (...)

Este importante vestígio da presença romana no nosso país é também conhecido como “Ara de Trajano” ou “Penedo da Moura” e localiza-se num terreno junto da igreja paroquial de Caldelas ou Caldas das Taipas, nome como é mais conhecida esta vila industrial.


Trata-se de um monumento de carácter devocional que constitui um dos poucos exemplares conhecidos no Noroeste peninsular com inscrições honoríficas dedicadas ao imperador romano Trajano (98-117 d. C.), e que em muito contribui para um melhor entendimento da ampliação do culto imperial observado no actual território português ao longo do séc. II d. C.
A “Ara de Trajano” é composta por um monólito granítico, onde foram afeiçoadas três faces planas verticais na sua superfície, cada uma com mais de três metros de altura. A lápide apresenta diversas inscrições, a mais antiga das quais revela um louvor ao imperador Trajano datável de 104 d. C.

Já nos inícios do século XIX (1818), a edilidade vimaranense mandou aperfeiçoar as letras da primitiva inscrição e ao mesmo tempo inscreveram por baixo do texto uma tradução do original latino.

IMP(erator) CAES(ar) NERVA
TRAIANUS AUG(ustus) GER(manicus) DAC(icus)
PONT(ifex) MAX(imus) TRIB(unicia) POT(estate) VII
IMP(erator) III CO(n)S(ul) V P(ater) P(atriae)

A existência deste importante monumento poderá estar relacionada com uma grande obra pública, eventualmente a construção de umas termas medicinais, junto a uma importante via romana de ligação a Bracara Augusta, não se devendo esquecer também a existência nas imediações de Caldas das Taipas de dois importantes povoados castrejos, a Citânia de Briteiros e o Castro de Sabroso.
(Joaquim Carvalho)

Excerto do livro O Minho Pitoresco de José Augusto Vieira

Livraria António Maria Pereira — Editor, Lisboa, 1886, tomo I, pp. 624-628

Este monólito, por muitos anos escondido entre denso silvado, foi
pela câmara vimaranense de 1844 exposto na situação que ainda tem,
aformoseando-se então o local, e… talvez aperfeiçoando-se também,
como diz Pinho Leal, o monumento, que muito bem poderia ser uma
anta pré-celtica. No lado E. havia uma inscrição latina, que em 1818 a
câmara mandou pintar de preto, e que mal se conhece hoje, pondo-lhe
nessa ocasião por baixo uma tradução mais ou menos avariada, que
deve ler-se : — Esta obra mandou fazer o imperador Trajano Augusto, filho de Cesar Nerva, vencedor dos germanos e dacos, pontífice
maximo, sete vezes tribuno, quatro vezes imperador e cinco vezes
consul e pai da pátria.
Do lado sul, para não deixar o seu crédito por
mãos alheias, a mesma câmara mandou gravar:
Para alívio da humanidade e remédio de rebeldes doenças
herpéticas, foram renovados e aumentados estes banhos termais por
ordem do senado da câmara da Vila de Guimarães, sendo seu
presidente o dr. juiz de fora Estêvão Pereira da Cruz e vereadores
Francisco Cardoso de Meneses Ataíde e António do Couto Ribeiro —
secretário José Leite Duarte, procurador Manuel Luís de Sousa — Em
testemunho de zelo e actividade, e para emulação dos vindouros, eles
mesmos mandaram gravar esta inscrição que desafia e venera o
tempo e a antiguidade, em 1818.


Fonte: http://www.portugalromano.com/2011/01/ara-de-trajano/

Additional Hints (Decrypt)

Yrirz 1,5Y qr áthn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)