Skip to content

MOINHOS DO MEZIO: MOINHO DA CASA Traditional Cache

Hidden : 08/11/2012
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

MOINHOS DO MEZIO para conhecer...

Moinho da Casa: 1 mó - planta rectangular - estrutura anexa: casa de moleiro - estado de conservação: mau


Apesar do aparente silêncio da documentação medieval relativamente à existência de moinhos no rio Mezio em terras de Lousada, sabemos que a sua presença na região do vale do Mezio é antiga e recua, documentadamente, aos séculos XIII e XIV, altura em que já se haviam firmado topónimos como Rio de Moinhos, na freguesia de São João de Covas ou Moinhos, na vizinha freguesia de Figueiras.

O período moderno, porém, haveria de granjear ao Mezio a fama de rio moleiro que o acompanhou até às derradeiras décadas do século XX, altura em que a atividade moageira entrou num irreversível processo de decadência e abandono. Exemplo disso é a referência, em 1542, no Tombo do Casal do Carregal (Casais), a um moinho
localizado no rio Mezio: Virom o lameiro do pateiro que está todo tapado e sarrado por vallo, e parte com o Rio do Omizio, e anda a redor delle Rio, e tem hum moinho contra o sul que mõe todo o inverno.

Mais tarde, no prazo de 1681, relativo ao mesmo Casal do Carregal, não apenas se reporta a existência de microtoponímia associada à existência de estruturas de moagem hidráulicas – a leira do moinho – como se dá conta da existência, no campo do pateiro4, de hum cabouco de moinho antigo.
No entanto, é apenas com os Inquéritos Paroquiais de 1758 que logramos obter uma primeira perspetiva de conjunto das estruturas molinológicas que se encontravam em laboração no rio Mezio em meados do século XVIII: vinte e quatro muinhos e hum pizam, na freguesia de Sousela; cinco moinhos, na freguesia da Ordem; muinhos de milho, na freguesia de Casais; duas levadas com cada hua dellas duas rodas de muinhos, na freguesia de Nevogilde (Capela, 2009:293-335).

Na atualidade, subsistem no rio Mezio, em Lousada, vestígios e/ou memória de 37 moinhos hidráulicos, tipologicamente enquadráveis nos moinhos de roda horizontal (com rodízio de penas), e ainda nos moinhos de roda vertical (azenhas), neste caso de propulsão média. Destes, 6 (16%) encontravam-se destruídos à data do inventário, 14 (38%) estavam em mau estado de preservação e 3 (8%), foram arrolados com o estatuto de “indeterminado”.
Na maioria dos casos, as razões do calamitoso estado de conservação destas estruturas prende-se com o seu progressivo e paulatino abandono ou, mais recentemente, com a ocupação do solo para outros fins, como aconteceu no caso dos moinhos de Carrazedo, na freguesia da Ordem, sucessivamente destruídos para dar lugar, na década de 1970, a uma unidade industrial (“Fábrica dos Tomates”) e, mais recentemente, ao nó de acesso ao IC25.

Num universo total de 40 casais de mós inventariadas ao longo do rio Mezio, apenas 4 conservam o respetivo aparelho motor e o mecanismo de moagem intactos e em condições de serem utilizadas.

Additional Hints (Decrypt)

ragen, nb ynqb qn wnaryn, qrvkrz vthny cs

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)