Skip to content

<

0812 - Corpo Bombeiros Voluntários de Aljezur

A cache by Baketas Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/12/2012
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta Cache pertence a um conjunto de Caches, nomeadamente 17, que estão distribuídas por cada Corpo de Bombeiros do Algarve. Esta pertencente ao grupo de Bombeiros do Barlavento Algarvio, esta dedicada aos Bombeiros Voluntários de Aljezur.

No verão de 1974 o concelho de Aljezur não possuía nenhuma viatura apropriada para o transporte de doentes para os hospitais.

Contactado por algumas pessoas, o Senhor Major José Manuel da Cunha, que se encontrava a passar férias na Praia do Monte Clérigo, interessou-se de imediato pelo assunto e quando regressou a Lisboa, onde residia, começou a fazer contactos com vista à obtenção de apoios para a aquisição de uma viatura para suprir tal carência.
Depois de algumas diligências, encontrou uma possibilidade de sucesso junto do Serviço Nacional de Ambulâncias, o actual Instituto Nacional de Emergência Médica. Porém, foi-lhe dito que este Serviço só estabelecia protocolos, para a cedência de ambulâncias, com Bombeiros ou Polícias.
Fundar uma Associação para criar e manter um Corpo de Bombeiros Voluntários foi o caminho a seguir. Começaram então, no concelho de Aljezur, os trabalhos para consubstanciar tão importante tarefa.

Em 5 de Outubro de 1974, através da Circular n.º 1, a recentemente constituída Comissão Organizadora dos Bombeiros Voluntários de Aljezur fez um apelo aos filhos e amigos do concelho de Aljezur para se inscreverem como sócios e contribuírem para a concretização de tal propósito. No seu ponto 2 podia ler-se: “Tem a Comissão, para já, a promessa duma boa viatura-ambulância, para serviços de urgência, o que parece constituir um sorridente início de vida, contando para o restante com a boa vontade e o entusiasmo de todos, para tão humanitária obra a que meteu ombros”.

Em 29 de Outubro de 1974 foi requerido ao Governador Civil de Faro a criação da Associação e a aprovação dos Estatutos, o que veio a acontecer em 16 de Abril de 1975, através do Alvará 14/75.
Algum tempo depois já se encontrava em Aljezur a almejada ambulância.

Este foi o embrião dos actuais Bombeiros Voluntários de Aljezur (BVA).
Em torno deste projecto juntaram-se inúmeras pessoas com grande disponibilidade para, das formas mais diversas, o levarem por diante.
Em 21 de Agosto de 1975, alguns jovens, já com alguma organização, saíram para ajudar a combater um incêndio rural.
Foram organizadas várias campanhas de angariação de fundos, através de peditórios junto dos automobilistas e de festas de cariz popular, com a venda de comidas, de bebidas e de rifas.
A campanha do verão de 1975 rendeu aos BVA o montante de 26.801$30.
Desde o sonho e a determinação do seu fundador Major José Cunha, já ausente, com a dedicação e trabalho de muitas pessoas de boa vontade que deram corpo a tão meritória iniciativa, a Associação dos BVA não parou de crescer.
Com a melhoria das condições de trabalho, a aquisição de equipamentos e o aperfeiçoamento técnico, hoje, tal como no passado, o grupo de homens e mulheres que constituem os BVA, não diminuíram o empenho e a coragem de trocar o seu bem-estar pela tarefa de socorrer e confortar quem deles precisa, praticando no dia-a-dia uma verdadeira cultura de solidariedade. FAZER BEM SEM OLHAR A QUEM é o seu lema.
Para além da sua função principal, manter o Corpo de Bombeiros, é preocupação da Associação o apoio a várias actividades sócio-culturais, das quais se destaca a Banda Filarmónica que repleta de jovens com grande sentido de responsabilidade têm dignificado a arte da música e a nossa terra.

Os BVA, é actualmente uma unidade operacional, tecnicamente preparada, equipada e organizada, para o cabal exercício da missão que lhe é cometida nos termos da Lei. Tem como Zona de Intervenção Prioritária as freguesias de: Aljezur, Bordeira, Rogil e Odeceixe, numa área de 323.65 km2 , podendo contudo intervir em qualquer outra zona da Região ou do País, se para tal for solicitado. Constituem as suas principais missões o combate a incêndios e o socorro às populações em caso de inundações, desabamentos, abalroamentos, bem como todos os acidentes, catástrofes ou calamidades.

O Corpo de Bombeiros, conta por isso com 98 elementos e 22 veículos.

O container é uma caixa cilíndrica de plástico preto, contem um logbook e um lápis.

 

POR FAVOR ESCREVER SÓ A DATA E O NOME, NO FINAL COLOCAR TUDO COMO ENCONTRARAM.

SEJAM MUITO DISCRETOS.
 


Additional Hints (Decrypt)

"Dhrqn" cbfgr Trbpnpuvat.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.