Skip to Content

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.

This cache has been archived.

MightyREV: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas.
Relembro a secção das Guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

[quote]Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

A região onde um geocacher é considerado capaz de manter geocaches responsavelmente irá variar de pessoa para pessoa. Um geocacher que anteriormente fez registo de geocaches numa área alargada a partir da sua residência pode ser considerado habilitado a manter uma geocache a 200 milhas (322 Km) de distância. Contudo, alguém cujas actividades de geocaches têm sobretudo estado dentro da distância de 25 milhas (40km) de sua casa não deverá estar preparado para manter uma geocache tão distante de casa. O critério usado nesta situação fica a cargo do revisor da geocache ou pela Groundspeak.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. Alternativamente poderá treinar uma pessoa local para fazer manutenção à geocache. Documente o seu plano de manutenção numa Nota ao Revisor ou na sua página de geocache. Isto deverá incluir a informação contacto da pessoa que irá efectuar a manutenção. A nota irá ser apagada automaticamente aquando da publicação.[/quote]

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me através do mail indicado no meu perfil e refira o GC Code da cache.
Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se de uma nova cache se tratasse, com todas as implicações das Guidelines actuais.

Obrigado

[b] MightyREV [/b]
Geocaching.com Volunteer Geocache Reviewer
Revisor Voluntário em Geocaching.com

[url=http://support.groundspeak.com/index.php]Centro de Ajuda Groundspeak[/url]
[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=340]Trabalhar com o Revisor[/url]
[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77]Como ter uma cache publicada (mais) rapidamente[/url]
[url=http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx]As Guidelines são regras[/url]

More

Multi-cache

Rocha da Pena

A cache by dcm-cml Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/5/2012
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache pretende dar ao visitante uma experiência numa paisagem com características únicas.


Rocha da Pena

A Paisagem Protegida Local da Rocha da Pena foi criada pelo Decreto-Lei nº 142/2008, de 24 de Julho, situando-se nas freguesias de Salir e Benafim. Foi criada com o objectivo de proteger e conservar os valores físicos, estéticos, paisagísticos e biológicos do Barrocal, fomentando de forma equilibrada o desenvolvimento económico, social e cultural da região.

PERCURSO PEDESTRE
Propõe-se um percurso pedestre com uma extensão aproximada de 5 Km que permite conhecer alguns aspectos importantes da Geologia, Flora, Fauna e Património, assim como desfrutar de uma paisagem deslumbrante. Contudo ao efectuar este percurso deverá ter alguns cuidados, nomeadamente seguir sempre pelos trilhos demarcados, não fazer fogueiras nem colher plantas ou perturbar a fauna.

GEOLOGIA
A Rocha da Pena é uma cornija escarpada de calcários muito duros, cujo planalto tem aproximadamente 2 km de comprimento e uma escarpa com cerca de 50 metros de altura. A altura máxima deste local é de 479 metros.
Ao longo dos anos, a sua rocha calcária tem sofrido uma lenta erosão química, que foi formando fendas e grutas.

FAUNA
Devido à sua localização geográfica, a Paisagem Protegida Local possui uma grande diversidade de avifauna, tendo sido avistadas cerca de 122 espécies que são na sua maioria residentes, embora também se encontrem aves migratórias, invernantes, nidificadoras e estivais.
Das aves residentes destaca-se o gaio (garrulus glandarius) que é reconhecido pelo seu chamamento ruidoso; a águia de asa redonda (buteo buteo), uma importante ave de rapina bastante comum por toda a Europa; a águia de bonelli (hieraatus fasciatus), registando-se apenas a presença regular de um casal.
A garça real (ardea cinerea) e o tordo ruivo (turdus iliacus) são aves invernantes. Das aves nidificadoras estivais pode-se observar o abelharuco (merops apiaster) que escavam um túnel comprido nas barreiras para nidificar e o cuco (cuculus canorus), que deposita os seus ovos no ninho de outras aves.
Além da avifauna, existem também na Rocha da Pena mamíferos como o coelho (oryctolagus cuniculus) e o javali (sus scrofa) e pequenos predadores como a raposa (vulpes vulpes), a gineta (genetta genetta) e o saca-rabos (herpestes ichneumon).
Também existem duas espécies de morcegos: o morcego-de-peluche (miniopterus schreibersii) e o morcego-rato-pequeno (myotis blythi) que se encontram em perigo de extinção.

FLORA
Uma das riquezas da Paisagem Protegida Local é a grande diversidade da sua flora, possuíndo mais de 500 espécies.
Das espécies endémicas destaca-se o narciso (narcissus calcicola) – endémica de Portugal, e a palmeira-anã ou palmeira das vassouras (chamaerops humilis) que é a única palmeira espontânea da Europa e que é utilizada para o fabrico de produtos artesanais.
Nas espécies medicinais encontra-se a milfurada (hypericum perfuratum) e a avenca (adianthus capillus veneris).
Como espécies aromáticas temos o rosmaninho (lavandula stoechas) e o alecrim (rosmarinus officinalis).
Pode-se ainda ainda encontrar oliveiras (olea europea), alfarrobeiras (ceratonia siliqua) e o carvalho-cerquinho (quercus faginea).

PATRIMÓNIO CONSTRUÍDO
A Rocha da Pena tem tido uma grande influência na história local. No topo da Rocha da Pena existem dois amuralhamentos em pedra, que se julga remontarem à Idade do Ferro. Reza a lenda que esta fortificação foi mais tarde utilizada pelos mouros que se refugiaram no planalto da Rocha, onde se abrigaram numa gruta durante a conquista de Portugal, quando o castelo de Salir foi tomado por D. Paio Peres Correia. Devido a esse facto, a gruta ficou conhecida até hoje como Algar dos Mouros.

Informações retiradas do folheto “Paisagem Protegida Local – Rocha da Pena” editado pela Câmara Municipal de Loulé através da Divisão de Ambiente e Equipamentos Urbanos.

Situated in the villages of Salir and Benafim, the “Paisagem Protegida Local da Rocha da Pena” (Protected Landscape of Rocha da Pena) was created by Decree-Law Nº 142/2008, of July 24, with the aim of protecting and conserving the aesthetic, the scenic and the biological characteristics of the “Barrocal”, promoting in a balanced way, the economic, the social and the cultural development of the region.

PEDESTRIAN TRAIL
A pedestrian trail, approximately 5 km long, is the suggestion that will allow you to learn about important aspects of Geology, Flora, Fauna and Heritage, as well as enjoy a breathtaking scenery. However, if you take this walk, you should pay special attention to: always follow the marked trails; not light fires; not pick any plants nor disturb wildlife.

GEOLOGY
Rocha da Pena is an uneven hard limestone cornice, with a plateau about 2 miles long and a cliff about 50 meters high. The maximum height of this site is 479 meters.
Over the years, its limestone rocks have suffered a slow chemical erosion, creating slits and grottoes.

FAUNA
Due to its geographical location, the Protected Landscape Site has a great diversity of birds, having been spotted about 122 species, mostly residents, although there are also migratory, wintering, breeding and summer birds.
Of the resident ones, we highlight the Jay (garrulus glandarius), being recognized by its loud call; the Round-Winged-Eagle (buteo buteo), an important raptor quite common throughout Europe; Bonelli's Eagle (hieraatus fasciatus), with the presence of only one regular couple being registered.
The Heron (Ardea cinerea) and Red Robin (Turdus iliacus) are wintering birds. Of the summer breeding species we can find the Bee-Eater (merops apiaster) which digs deep tunnels into the slopes where it nidifys and the Cuckoo (cuculus canorus), which lays its eggs in the other birds’ nests.
Besides avifauna, there are also the Rocha da Pena mammals such as the rabbit (Oryctolagus cuniculus), the wild boar (sus scrofa) and small predators like the fox (Vulpes vulpes), the genet (Genetta Genetta) and mongooses (Herpestes ichneumon).
There are two species of bats: the Bent-wing-bat (miniopterus schreibersii) and the Lesser Mouse-eared bat (myotis blythi) which are in danger of extinction.

FLORA
Another richness of the Protected Landscape Site is the great diversity of its flora, with more than 500 species.
Of the endemic species we highlight the daffodil (narcissus calcicolous) - endemic to Portugal, and the dwarf fan palm (Chamaerops humilis), the only spontaneous palm tree in Europe which is used for making handicraft products.
As medicinal species we can find St. John’s wort (hypericum perforatum) and maidenhair fern (adianthus capillus veneris); as aromatic, the spanish lavender (lavandula stoechas) and the rosemary (Rosmarinus officinalis).
You can also still find olive (olea europea) and carob (Ceratonia siliqua) trees as well as portuguese oak(Quercus faginea).

BUILT HERITAGE
Rocha da Pena has had a great influence on local history. On its top there are two remaining structures of a stone fortification, which is believed to date back to Iron Age. The Legend says that this fort was later used by the Moors who took refuge in the highlands of the mountain sheltering in a cave during the conquest of Portugal, when the castle of Salir was taken by D. Paio Peres Correia. Due to this fact, the cave became known until today, as the “Algar dos Mouros”.

Information provided by the brochure 'Paisagem Protegida Local - Rocha da Pena' published by the Municipality of Loulé through “Divisão de Ambiente e Equipamentos Urbanos”.


This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

(CG) Aãb é arprffáevb gre envmrf nytneivnf cnen rapbagene rfgn pnpur, onfgn hz cbhpb qr frqr.
(RAT) Lbh qba'g arrq gb unir ebbgf va gur Nytneir gb svaq guvf pnpur, whfg n yvggyr guvefg.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

  • img016Autorização da Comissão Directiva das Paisagens Protegidas Locais para a colocação da cache.

46 Logged Visits

Found it 5     Didn't find it 3     Write note 21     Archive 1     Needs Archived 11     Temporarily Disable Listing 1     Publish Listing 1     Needs Maintenance 3     

View Logbook | View the Image Gallery of 2 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 11/15/2017 3:55:21 PM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (11:55 PM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page