Traditional Geocache

A FONTE DAS FREIRAS

A cache by PDAR Team Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 1/2/2013
In Castelo Branco, Portugal
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

A FONTE DAS FREIRAS

 

A LENDA DA FONTE DAS FREIRAS

Na base do cabeço onde se situa a capela de Santa Margarida, existe uma fonte chamada Fonte das Freiras. A tradição diz-nos terem ali vivido em tempos antigos umas monjas. Tal como a Moura da Cova da Moura, tambem estas freiras viviam debaixo do solo, saindo à rua apenas em certas noites. E a lenda, fruto da pródiga imaginação popular, continua desta desta maneira: havia na Casa Grande uma criada que todos os dias passava junto daquela fonte quando, ao anoitecer, regressava da Torna com um cântaro de leite à cabeça, proveniente do gado de seus patrões. Ora, num certo pôr do sol, ao passar por ali, encontrou à sua frente uma das freiras que lhe pediu um pouco de leite. A criada desculpou-se dizendo que seus patrões lhe ralhariam se não chegasse com o cântaro de leite cheio a casa. Ao ouvir esta recusa, a freira abriu um saco que trazia e, tirando dele uma mão cheia de carvão, lançou-o para dentro da vazilha que levava o leite. A criada, vendo que o leite ficra todo sujo, começou a chorar e exclamou: ' O que irei dizer à minha patroa quando ela me perguntar o que fiz ao leite!!? - Depois disto de certeza que me vão mandar embora!...' Desceu o cântaro da cabeça para dele retirar os carvões maiorese, ao erguer o rosto para continuar a lamentar-se com a freira, já esta desaparecera. Então a criada, assustada, pegou de novo no leite e só parou de novo na cozinha da casa em que servia. Logo a patroa lhe perguntou a razão da correria e das lágrimas que continuavam a correr-lhe dos olhos espantados. A criada entre soluços, contou-lhe o que se passara. Mas, qual não foi o espanto das duas quando, ao olharem para o cântaro já não se viam nele nenhuns vestigios de carvão. Pegaram na vasilha para verificarem se os carvões não teriam ido para o fundo, despejando o leite para um alguidar. Outro susto as esperava. Com efeito, ao inclinarem o cântaro, ouviram algo que arramalhava no fundo. Só quando escorreram todo o leite é que elas viram, que os carvões de que falara a criada se tinham transformado em belas e reluzentes pepitas de oiro...

 

IN: OLEIROS - Monografia do concelho - GIL LUIS GARCIA


Additional Hints (Decrypt)

Yrirz zngrevny qr rfpevgn...

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

245 Logged Visits

Found it 232     Didn't find it 2     Write note 7     Publish Listing 1     Needs Maintenance 1     Owner Maintenance 2     

View Logbook | View the Image Gallery of 14 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 5/27/2017 4:21:11 AM Pacific Daylight Time (11:21 AM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum