Skip to Content

This cache has been archived.

suvl: Desconfio que os meus colegas bombeiros não gostem desta cache.

Estou farto de remar contra a maré. Fica por aqui.

More
<

Banda Filarmónica de Mogadouro

A cache by suvl Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 2/9/2013
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Através desca cache pretende-se levar a conhecer tanto Mogadouro como a sua Banda Filarmónica (quase com 150 anos). Registada como a instituição cultural mais antiga deste lugar remoto de Portugal, mantém-se firme, activa e com projetos a decorrer para o futuro. O seu número de elementos continua a crescer e dentro em breve terá um dos seus marcos históricos: a gravação do seu primeiro CD.

Translation
Banda Filarmónica de Mogadouro

 

BFBVM Banda Filarmónica de Mogadouro, uma secção dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro, no serviço da educação e divulgação cultural tanto etnográfico, popular e regionalista como erudito. Focada também no crescimento e desenvolvimento pessoal, com clara aposta no recrutamento de camadas jovens (geralmente por gerações) que possam construir um caminho de amizade e companheirismo relevante para o futuro. Seguindo os preceitos da construção sólida de uma grande família, defendemos com energia os valores da educação pessoal, adaptada, ritmada conforme o indivíduo e as suas capacidades; a integração faseada mas encorajadora no seio de um grupo de jovens dinâmicos; a responsabilização indirecta por objectivos e resultados tanto individuais como sobre a performance do grupo; o preenchimento saudável, útil e regulado do tempo livre, que geram por si só competências de organização e gestão de tempo; o divertimento em grupo, entre jovens, no conhecer de realidades distintas do comum, o distanciar da rotina na participação das actividades de lazer, tanto locais como a nível nacional.
Fundada em 1864 com o nome 'Sociedade Recreativa Mogadourense' teve como 1º regente o Sr. Lecombe, de origem francesa. Entre 1904 e 1930 a Banda esteve inactiva sendo o Capitão Cruz, Presidente da Câmara de então, o responsável pelo seu ressurgimento. Ao longo das sua existência teve vários regentes, com destaque para o Sr. Francisco Cavadas, que consegui dar-lhe expressão e relevo no contexto social.  Durante o período de maior emigração, nos anos 60, a banda perde grande número dos seus músicos e torna-se inactiva. É reactivada pela mão de Pedro Guimarães em 1981, então Presidente da Casa do Povo. Todavia, com extinção das casas do Povo também a Banda esteve em vias de desaparecer, não fosse a Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro a abrir as suas portas, concretizando um projecto de reorganização a nível de recursos humanos e materiais, alicerce fundamental para um trabalho posterior, sério, capaz de conseguir um resultado digno. A aquisição de novo instrumental, com o apoio da Câmara Municipal, e o não menos importante acordo celebrado com o regente Ismael Ferreira, fazem de 1996 um ano crucial na história da banda que desde então tem vindo a crescer ao nível quantitativo e qualitativo, enriquecendo festas e romarias um pouco por todo o país, actualmente está a cargo do Maestro Igor Careca que dirige um grupo de mais de 50 músicos efectivos, formados na sua totalidade pela escola de música da banda que tem vindo a desenvolver um trabalho continuo e ininterrupto na preparação musical e pessoal de todos os seus elementos.
BFBVM

Mogadouro

Por de trás dos montes do nordeste transmontano encontra-se uma vila de seu nome Mogadouro. Esta é sede de concelho com agrupamento de 21 freguesias, está integrado no distrito de Bragança, faz fronteira com Espanha ao longo do rio Douro. Encaixado entre o vale profundo do Douro e a bacia do Sabor, ocupa o prolongamento do Planalto Mirandês que, por sua vez, dá seguimento ao Planalto Leonês (região de Zamora e Salamanca).
O Concelho de Mogadouro apresenta um povoamento antigo que pode ser recuado aos tempos pré-históricos. A documentar essa ocupação estão os povoados do Barrocal/Alto e do Cunho, os monumentos megalíticos de Pena Mosqueira, Sanhoane, Barreiro, Modorra, a arte rupestre da Fraga da Letra, em Penas Róias, e outros achados dispersos que encontramos na Sala Museu de Arqueologia da Vila.
Neste contexto de diversidade e beleza paisagística vive uma população eminentemente rural, cujas principais atividades são a agricultura e a pecuária. Da origem remota desta população laboriosa, conhecem-se vestígios arqueológicos que nos fazem recuar até ao Neolítico. Quanto à história mais recente deste concelho, não podemos deixar de lembrar a importância do papel desempenhado pelas praças fortes de Mogadouro e Penas Roías na defesa da fronteira contra as invasões castelhanas, tendo constituído, por isso, e dada a sua localização, um apoio precioso na formação a nossa nacionalidade. Concelho eminentemente rural, de uma beleza agreste e doce, povoado de gente sã, afável e laboriosa, herdeira de um carácter nobre e de uma história.
No aspeto cultural há que dar voz às várias tradições e romarias vividas anualmente pela população desta vila transmontana.
Neste seguimento evidenciamos a tradicional feira agrícola os “Gorazes” e as grandiosas “Festividades de Nossa Senhora do Caminho”. A romaria dura todo o mês de Agosto e o seu auge é o ultimo fim de semana do mês no qual se realizam as duas principais procissões onde a Banda da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro abrilhanta as festividades. Pela banda é interpretado com grande ênfase o “Hino de Nossa Senhora do Caminho”, que década após década emociona quem assiste.
Em suma, deixamos o apreço a esta grande vila transmontana e aquilo que aqui se faz, fez e se fará quer a nível económico quer a nível cultural.
 

 


BFBVM

Banda Filarmónica dos Bombeiros Voluntários de Mogadouro, 2012 


Nota do owner: Esta é uma cache bastante querida para mim. Com 14 anos dados de forma (até por vezes demasiado) ferovorosa a esta instituição, casa e mesmo escola da vida, quero partilhar convosco este meu íman que, apesar de viver habitualmente longe, me atrai aqui tantas vezes. Não será de todo uma cache difícil, mas é importante e tremendamente significativa para mim.



This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Nygb r pvamragb

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

36 Logged Visits

Found it 26     Didn't find it 3     Archive 1     Temporarily Disable Listing 2     Enable Listing 2     Publish Listing 1     Update Coordinates 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 4 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.