Skip to Content

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.

This cache has been archived.

Let_LRA: Tudo tem um inicio, meio e um fim.

Esta é, sem sombra de dúvidas, a cache que mais que custa arquivar. Não pelo conteiner, mas sim pelo significado pessoal.

Quero deixar um agradecimento especial a TODOS os que visitaram esta geocache, mas também quero agradecer a 'quem', por diversas vezes roubou, destruiu ou a deslocou de sitio...

Irei deixar, para quem um dia visitar esta página, uma imagem do conteiner existente no local. Foram mais de 15 conteiners (idênticos) colocados neste local e cerca de 670 log's found it.

GeoAbraços,
Let_LRA aka Anacleto Filipe & Tatiana Gonçalves

Site Geocaching Leiria

Facebook

More
Traditional Geocache

CP Estação de Leiria

A cache by Let_LRA Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 2/9/2013
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache tem como principal objectivo de dar a conhecer esta magnifica estação de comboios. Sejam o mais discreto possível para que a longevidade desta cache se prolongue por muito tempo.


A estação de Leiria, de onde se avistava o elegante castelo, é um caso especial de decoração, já que os painéis de azulejos (1935) são assinados por um trio de respeito: Ernesto Korrodi (o arquitecto de origem suíça muito ligado a esta cidade), Leopoldo Battistini (que decorou, por exemplo, as estações alentejanas de Cabeço de Vide e Fronteira) e Luís Fernandes.

CP Estação de Leiria

História

Situada na várzea por onde corre o Rio Lis, em plena Beira Litoral, Leiria recebeu as primeiras cortes portuguesas em 1254, tendo sido conquistada por D. Afonso Henriques, em 1135, fundador do seu Castelo. No séc. XV, acolheu por diversas vezes D. Dinis, que aí mandou implantar o célebre do pinhal de Leiria. Os pinheiros bravos, dispostos ao longo da zona litoral para protecção das dunas arenosas, viriam a fornecer a madeira e o pez para a construção naval portuguesa da época. Hoje é um local muito apreciado para passear.
Durante o século XV os judeus desenvolveram neste concelho uma comunidade próspera, com um papel de relevo para o desenvolvimento industrial da região, pelo que Leiria é elevada à categoria de cidade em 1545. Cresceu maioritariamente fora de muralhas, primeiro em torno da românica Igreja de São Pedro e, já no séc. XVI, junto da Sé Catedral e da Igreja da Misericórdia, locais a conhecer, até se expandir junto ao rio Lis e atingir, no séc. XIX, o desenvolvimento retratado por Eça de Queirós, em o Crime do Padre Amaro. Actualmente atravessa por um forte processo de requalificação assente nos programas Polis, Revitalização da Zona Histórica, Despoluição do Lis, e Revalorização da Identidade das Salinas do Atlântico.
Nos arredores merecem visita o Santuário do Senhor dos Milagres e a Casa-Museu João Soares, situado nas Cortes. As termas de Monte Real são apreciadas pelas suas águas sulfatadas, cálcicas e sulfúricas, enquanto a praia de Pedrógão preserva, ainda, a tradição da pesca.
Actualmente, a região vive do comércio, da agro-pecuária e da indústria (cerâmica e plásticos). Na gastronomia, destacam-se as apreciadas brisas do Lis, uma das muitas atracções da feira anual de Leiria, a decorrer todos os Anos no mês de Maio.

CP Estação de Leiria_1 

Abertura ao serviço

O troço entre Torres Vedras e Leiria abriu à exploração no dia 1 de Agosto de 1887, tendo a linha continuado a partir desta estação até à Figueira da Foz em 17 de Julho do ano seguinte, concluindo a Linha do Oeste.
(Fonte http://www.cp.pt)
Cache
Esta cache tem como principal objectivo de dar a conhecer esta magnifica estação de comboios. Sejam o mais discreto possível para que a longevidade desta cache se prolongue por muito tempo.
É necessário levar material de escrita.
Peço para não publicarem fotos da cache nem do local onde se encontra escondida  preservando o \'efeito surpresa\' para os próximos.
Obs. - O local é propicio a acumular um pouco de \'lixo\' (nomeadamente papeis), solicito que sempre que possam façam C.I.T.O. ( Cache In Trash Out - Cache dentro lixo fora).

CITO

Boas cachadas…



Let_LRA







This page was generated by GeoPT Listing Generator


This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Zntaégvpn...

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

741 Logged Visits

Found it 676     Didn't find it 11     Write note 5     Archive 1     Temporarily Disable Listing 10     Enable Listing 9     Publish Listing 1     Needs Maintenance 2     Owner Maintenance 26     

View Logbook | View the Image Gallery of 44 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated: on 2/14/2017 5:01:40 PM (UTC-08:00) Pacific Time (US & Canada) (1:01 AM GMT)
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page