Skip to content

Pico do Milhafre Traditional Geocache

Hidden : 05/08/2013
Difficulty:
3.5 out of 5
Terrain:
4.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

MILHAFRE A Águia-de-asa-redonda Buteo buteo, que habita o território de Portugal Continental, apresenta algumas diferenças nos Açores e Madeira, sendo conhecida por Milhafre ou Queimado, nos Açores (Buteo buteo rothschildi) e por Manta na Madeira (Buteo buteo harterti).

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) coordena anualmente o Censo desta ave, onde os voluntários são fundamentais para recolher informações sobre as suas populações que, ao contrário de outras, não tem ainda sido alvo de estudos aprofundados. É por esta razão que esta iniciativa consiste num relevante contributo para a ciência. O objectivo é conhecer melhor a situação dos milhafres/mantas nos dois arquipélagos através de um método simples e prático que permite a praticamente qualquer pessoa ajudar na recolha da informação. “Ser cientista por um dia”, é mesmo o lema da SPEA para esta campanha. Surge assim a sugestão para que a população aproveite o fim-de-semana para dar um passeio, com amigos ou familiares e participe nestas contagens. Os dados a recolher são simples e não exigem conhecimentos especiais, para além de saber identificar o Milhafre/Manta. Esta espécie pode ser observada por todo o lado (zonas florestais, áreas costeiras, de pastagens e mesmo zonas urbanas), alimenta-se maioritariamente de roedores e sofre algumas ameaças como a perseguição do Homem, o envenenamento ou a electrocussão em linhas eléctricas. Com uma envergadura de 110 a 130 cm, pode ser visto sozinho ou em grupo, a voar, a pairar, pousado no solo, em cima de cercas, muros, postes ou fios. Sendo a única espécie de “águia” dos Açores e da Madeira, o Milhafre/Manta tem um importante papel ecológico e pode ser um indicador do estado dos nossos ecossistemas. O facto de muitas vezes se alimentar de animais mortos ou doentes (coelhos ou ratos, por exemplo) pode ajudar a prevenir o alastramento de doenças, trazendo vantagens para a saúde pública. Pelo último censo, no Arqipélago da Madeira existem 477 milhafres / mantas.

CACHE

12km (total) / 5h / declive significativo

Trilho abandonado a partir do percurso Encumeada-São Jorge durante 600mts depois é fácil

>

Additional Hints (No hints available.)