Skip to content

Escondido dos Franceses Multi-cache

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

More
Hidden : 08/07/2013
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


INVASÕES FRANCESAS

Como consequência da derrota dos franceses na Batalha de Trafalgar, o imperador Napoleão de França obrigou os países vizinhos a fechar os seus portos aos ingleses, com vista a atingir a economia britânica. Apesar de não conseguir enfrentar o império francês, Portugal recusa-se a aderir ao bloqueio continental e é invadido em 1807, a comando do general Junot.

Muitos camponeses são assassinados e as aldeias saqueadas, mas a família real muda-se para o Brasil, a bordo de uma larga esquadra naval protegida por naus britânicas, para estabelecer aí a capital do reino e conservar a independência. 

No início de Agosto, as tropas britânicas começaram a desembarcar perto da Figueira da Foz, marchando em direcção a Leiria, onde se juntaram às forças portuguesas de Bernardino Freire. No total, cerca de 20 mil homens obrigaram que Junot se retirasse, naquela que ficou conhecida como a Batalha do Vimeiro.

Napoleão não desiste e no início de 1809 manda o general Soult invadir Portugal pela segunda vez, mas a resistência é grande. Na Batalha do Douro, as tropas do general Wellington e do marechal Beresford, expulsam os franceses que se retiram para Galiza.

Mais tarde, as tropas do marechal Massena entram pela fronteira da Beira, conquista a Praça-Forte de Almeida. Marchando em seguida para Lisboa, as tropas francesas foram interceptadas pelas forças luso-britânicas, tendo sido derrotadas na Batalha do Buçaco.

Apesar da derrota, Massena decide reagrupar as suas tropas e toma a estrada real em direcção a Lisboa, contornando os aliados e forçando-os a recuar para as Linhas de Torres. 

Durante a sua retirada, o exército luso-britânico retirou a população dos locais por onde iria passar as forças de Massena. As propriedades agrícolas foram abandonadas e os bens que não podiam ser transportados e podiam servir de algum modo os franceses foram destruídos. 

Esta situação provocava um enorme desgaste no exército invasor, deixando-o mais fraco. Contudo, os franceses atingiram as Linhas de Torres a 14 de Outubro e, apesar de contarem com mais armamento, não foram capazes de as ultrapassar, dando-se como derrotados ao fim de três dias.


fontanário_foto

DETALHES DA CACHE

Após a derrota da Batalha do Buçaco, o marechal Massena reagrupa as suas tropas e segue até Lisboa pela estrada real. Durante o recuo para as Linhas de Torres, o exército aliado ordena que a população abandone as suas propriedades por onde os franceses iriam passar. 

As propriedades agrícolas foram abandonadas e os bens que não podiam ser transportados e podiam servir de algum modo os franceses foram queimados, enfraquecendo a investida de Massena. 

A população foi transferida para dentro das fortificações e em muitas aldeias apenas ficaram velhos e doentes. Porém, Antero Cunha recusava-se a abandonar as suas terras, desrespeitando as ordens dos militares. 

No ponto inicial deverão ver um poste de electricidade que apresenta uma série de números gravados, imediatamente abaixo do sinal de perigo, com o seguinte formato:

AB
MP 0C
AD00 - 5C0
92 0E - 2E

Antes de partir em direcção à cache, verifiquem se têm os números correctos: A+B+C = D+E

Para chegarem ao ponto final, deverão seguir até:

N 39° 0C.DB0 W 009º AC.EBA

Esta cache está no exterior do moinho de Antero Cunha, local que usou para se esconder dos franceses. É composta por uma caixa de plástico com material de escrita e brindes para troca. Apesar de o container ser bastante simples e fácil de encontrar, a vista que se tem do GZ é fantástica!

Additional Hints (Decrypt)

Aãb rfgá ab zbvaub r aãb cerpvfnz qr gbpne ab cbfgr qr ryrpgevpvqnqr!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)