Skip to content

<

O bastão de Saruman - The staff of Saruman

A cache by joom Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/25/2014
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Perguntas para responder - questions to answer

Para reclamar esta earthcache deverá enviar-me, através do meu perfil e antes de qualquer registo, as respostas às seguintes questões. Se algo estiver incorrecto será contactado. Não é necessário esperar por qualquer autorização. Por favor não envie fotografias. Essas são mais úteis no registo.

Nas coordenadas da earthcache e virado para o bastão (os dois "dedos" de granito espetados como se fossem uma fisga)

1 - Qual é a altura dos "dedos" em relação à base? Há duas medidas, a que se pode ver logo e a altura para a face maior. Ou seja o lado que não está visível na foto.

2 - Olhando para o bastão e com a albufeira nas costas, calcule o volume aproximado do "dedo" da direita (o dedo é como se fosse um cilindro). Com o volume calculado qual é a opção certa para o peso estimado e aproximado do "dedo"?

a) 3 t; b) 1,5 t; c) 1 t; d) 750 kge) 500 kg; f) 250 kg; g)100 kg

3 - Dos três tipos mencionados de granito qual é o mais aproximado ao do bastão?

4 - A que altitude está o ponto zero?

Obrigatório:

Uma foto por cada registo. Ou claramente identificado no ponto zero ou senão o desejar uma foto na zona do ponto zero em que apareça o nick, a data da visita e um pé. Por favor não revele as respostas com essa foto. Obrigado pela visita.

To claim this earthcache one should send me, through my profile and before any found log, the answers to the following questions. If something is incorrect I'll contact you. There is no need to wait for any authorization.

At the earthcache coordinates and facing the staff. (The two "fingers" pointing upwards forming a sling)

1 - What is the two "fingers" height? There are two measures, one that it is seen immediately and the other is from the heighest face. The face that is not seen from the photo.

2 - Facing the "staff" with dam in the back, calculate the approximate volume of the "finger" of the right (the finger is like a cylinder). With the volume calculated which is the right option for the estimated and approximate weight of the "finger"?

a) 3 t; b) 1,5 t; c) 1 t; d) 750 kge) 500 kg; f) 250 kg; g)100 kg

3 - Of the three mentioned granite´s types which is the closest to the "staff"?

4 - What is the ground zero altitude?

Mandatory:

A photo for each log. Or clearly identified (a selfie) at ground zero or if you don’t wish a photo at ground zero that shows your nickname, date of visit and a foot. Please do not reveal the answers with this photo. Thank you for your visit.

 

O bastão de Saruman

 

Saruman à espreita lá em cima - Saruman is watching you on the top.

Obviamente que o bastão de Saruman é um nome inventado mas é aquilo que me fez me lembrar ao o ver desde abaixo, muito mais abaixo, quando iamos para outro lado. Nem sequer tínhamos previsto passar por aqui, o caminho não era esse, mas ficámos curiosos quando vimos esta curiosa formação.

Esta formação é um exemplo típico de meteorização do granito e que se pode ver por todas estas serranias.

A área do PNPG integra-se no Maciço Hespérico ou Maciço Ibérico que constitui uma das unidades estruturais da Península Ibérica e um segmento da Cordilheira Varisca da Europa. A edificação desta estrutura, pela actuação de forças compressivas, inicia-se no Devónico, há cerca de 380 Ma (milhões de anos), tendo-se prolongado até ao Pérmico (280 Ma) - orogenia Hercínica ou Varisca.
O Maciço Ibérico apresenta-se zonado, definindo-se habitualmente cinco zonas com características paleogeográficas, tectónicas, magmáticas e metamórficas distintas. A área do PNPG situa-se na Zona Centro-Ibérica (a zona mais interna da Cadeia Varisca). Esta zona é genericamente caracterizada pela existência de rochas muito deformadas e afectadas por elevado grau de metamorfismo e ainda pela predominância de rochas graníticas.
Zonas paleogeográficas e tectónicas do Maciço Ibérico segundo Lotze (1945), modificado. ZC- Zona Cantábrica; ZAL- Zona Asturo-Leonesa; ZCI- Zona Centro-Ibérica; ZOM- Zona de Ossa-Morena; ZSP- Zona Sul Portuguesa.

Assim, na área do Parque, à semelhança de toda a região Noroeste de Portugal, predominam rochas graníticas (ver mapa geológico) que se instalaram na crusta terrestre no decurso da orogenia Varisca. As rochas graníticas mais antigas (aprox. 320-310 Ma) afloram na Serra do Soajo, Serra Amarela, planalto de Castro Laboreiro e no extremo oriental da Serra do Gerês. Na restante área (Serra da Peneda e Serra do Gerês) afloram os granitos mais recentes que constituem um mesmo maciço intrusivo (maciço granítico de Peneda-Gerês), com cerca de 297-290 Ma de idade. Estes granitos destacam-se perfeitamente na paisagem dado que conferem àquelas serras um relevo mais vigoroso e desnudado do que a área circundante.

O granito é quase sempre sólido (sem estrutura internas), duro e resistente, sendo por essas qualidades usado como pedra para a construção civil. A densidade média do granito situa-se entre 2,651 e 2,75 g/cm3. Por facilidade aqui é considerado e por arredondamento uma densidade de 2,7 g/cm3

A palavra "granito" tem origem no latim granum, um grão, em referência à textura da rocha. A composição mineralógica dos granitos é definida por associações muito variadas de quartzo, feldspato, micas (biotite e/ou moscovite), anfíbolas (sobretudo horneblenda), piroxenas (augite e hiperstena) e olivina. Alguns desses constituintes podem estar ausentes em determinadas associações mineralógicas, anotando-se diversos outros minerais acessórios em proporções bem mais reduzidas. Quartzo, feldspatos, micas e anfíbolas são os minerais dominantes nas rochas graníticas e afins.

Os feldspatos (microclina, ortóclase e plagióclases), são os principais condicionantes do padrão cromático das rochas silicáticas, conferindo as colorações avermelhada, rosada e creme-acinzentada a estas rochas.

A cor negra variavelmente impregnada na matriz das rochas silicatadas, é conferida pelos minerais máficos (silicatos ferro-magnesianos) sobretudo anfíbolas (hornblenda) e micas (biotite), chamados vulgarmente de "carvão".

Oa três tipos de granito aflorantes na área do PNPG apresentam texturas distintas:

Granito do Gerês

porfiróide de grão grosseiro a médio

Granito de Paufito

porfiróide a inequigranular de grão médio

Granito de Carris

granular de grão fino, por vezes porfiróide

 

The staff of Saruman

 

Obviously Saruman's staff is a made-up name but that's what reminded me of seeing it from below, much further down, when we were going to the other side. We hadn't even planned to go through here, the path was not that way, but we were curious when we saw this curious formation.

This formation is a typical example of granite weathering that can be seen throughout these hills.

The PNPG area is part of the Hesperic Massif or Iberian Massif which is one of the structural units of the Iberian Peninsula and a segment of the Variscan Mountains of Europe. The construction of this structure, through the action of compressive forces, began in the Devonic, about 380 Ma (millions of years) ago, and continued until the Permian (280 Ma) - Hercynian or Variscan orogeny.
The Iberian Massif is zoned, usually defining five zones with distinct paleogeographic, tectonic, magmatic and metamorphic characteristics. The PNPG area is located in the Centro-Iberica Zone (the innermost part of the Variscan Chain). This zone is generally characterized by the existence of highly deformed rocks affected by a high degree of metamorphism and also by the predominance of granitic rocks.
Paleogeographic and tectonic zones of the Iberian Massif according to Lotze (1945), modified. ZC- Cantabrian Zone; ZAL- Asturo-Leonese Zone; ZCI- Central Iberian Zone; ZOM- Ossa-Morena Zone; ZSP- South Portuguese Zone..

Thus, in the Park area, as in the entire Northwest region of Portugal, granitic rocks predominate (see geologic map) that settled in the terrestrial crust during the Variscan orogeny. The oldest granitic rocks (approx. 320-310 Ma) outcrop in Serra do Soajo, Serra Amarela, Castro Laboreiro plateau and in the eastern end of Serra do Gerês. In the remaining area (Serra da Peneda and Serra do Gerês) outcrop the most recent granites that constitute the same intrusive massif (granitic massif of Peneda-Gerês), with about 297-290 Ma in age. These granites stand out perfectly in the landscape as they give those mountains a more vigorous and bare relief than the surrounding area.

Granite is almost always solid (without internal structure), hard and resistant, and for these qualities it is used as a stone for civil construction. The average density of granite is between 2.651 and 2.75 g/cm3. To simplify, here is considered and by rounding a density of 2.7 g/cm3.

The word "granite" comes from the Latin granum, a grain, in reference to the texture of the rock. The mineralogical composition of granites is defined by very varied associations of quartz, feldspar, micas (biotite and/or muscovite), amphibole (mainly hornblende), pyroxenes (augite and hyperstena) and olivine. Some of these constituents may be absent in certain mineralogical associations, with several other accessory minerals being noted in much smaller proportions. Quartz, feldspars, micas and amphibole are the dominant minerals in granitic and related rocks.

Feldspars (microcline, orthoclase and plagioclase) are the main conditioning factors of the chromatic pattern of silicate rocks, conferring reddish, pinkish and grayish-cream colorations to these rocks.

The black color, which is variably impregnated in the matrix of silicate rocks, is conferred by mafic minerals (iron-magnesian silicates) especially amphibole (hornblende) and mica (biotite), commonly called "coal".

The three types of granite outcropping in the PNPG area have different textures:

Gerês granite

coarse to medium grain porphyroid

Paufito granite

medium-grained porphyroid to inequigranular

Carris granite

fine-grained granular, sometimes porphyroid

 

Nota - Note

 

A cache não está em Zona de Protecção Total. O acesso à cache, coordenadas finais, não atravessa qualquer zona de protecção total (ZPT).

Esta é uma marcha de montanha e requer cuidados convenientes. Estude o caminho previamente e leve água, comida e calçado apropriado.

This is a mountain hike and one should make suitable preparations. Please study your path before hand and bring water, food and suitable shoes.

 

Por favor não partilhe as respostas. Para que continuem a existir earthcaches junte ao registo uma fotografia desse dia no ponto zero. Assim ajuda a acabar com as visitas fantasmas a lembrar o Walter Mitty.
Please do not share the answers. To make sure that earthcaches endure append to your log a photo of the day at ground zero. It helps to end ghost visits that resemble Walter Mitty.

 

Additional Hints (No hints available.)