Skip to content

Villas do Duque Multi-cache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

btreviewer
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer
Work with the reviewer, not against him

More
Hidden : 11/06/2013
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

 


Neste passeio serão levados a conhecer um pouco do centro desta vila começando perto do jardim da urbanização Villas do Duque. Aqui onde começa a aventura tive de simplificar o processo de passagem ao ponto seguinte pois por duas vezes o ponto inicial desapareceu. Depois, durante o percurso e passando pelo pórtico que se entende como o ícone da vila, terão de encontrar as restantes coordenadas que encaminham até à cache final. Disfrutem do ambiente descontraído da vila pacata mas não deixem de prestar atenção aos pormenores que saltam à vista pois virão a dar jeito nesta nova versão da cache. É sempre bom tirar umas fotos durante o passeio para mais tarde recordar...



Breve história:

É na Freguesia de São Francisco que reside a génese do concelho de Alcochete. As suas origens remontam ao antigo concelho de “Ripa Tejo”, no qual a freguesia de Sabonha (hoje S.Francisco) assumia a sede de concelho, numa extensão que ia desde Alcochete a Sarilhos, incluindo Samouco e Aldeia Galega.

A sua origem reside no período medieval, na primitiva freguesia de Sabonha, destacando-se enquanto sede paroquial de todos os lugares da parte oriental do antigo concelho de Ribatejo, nomeadamente Alcochete, Samouco, Póvoa do Montijo, Atalaia, Aldeia Galega e Sarilhos-o-Grande.

Na época, Sabonha tinha na região uma grande importância administrativa e eclesiástica que lhe foi conferida pela Ordem de Santiago.

Como consequência do povoamento do território do Ribatejo a rede paroquial começava a estruturar-se e uma das primeiras freguesias a ser criada foi Santa Maria de Sabonha a par com S. Lourenço de Alhos Vedros, ambas constituídas na segunda metade do séc. XIII.

Edificada em 1252, por ordem do Bispo de Lisboa, da Igreja de Santa Maria de Sabonha não restam quaisquer vestígios edificados, nem gravuras ou documentos.

Todavia, as escavações arqueológicas que decorreram na freguesia revelaram um conjunto de vestígios de grande importância para a história local e regional, uma vez que fora encontrado exactamente no espaço onde esteve edificada a igreja de Santa Maria de Sabonha (sécs. XIII – XVI) e posteriormente um convento franciscano (1572-1834).

Após a extinção da freguesia de Sabonha a igreja foi abandonada e as ruínas foram doadas aos frades recolectos de S. Francisco, que nela fundaram um convento em 1572, com razoável importância na região e que perdurou até 1834.

Do Convento de São Francisco, que viria a dar nome à actual freguesia, restou apenas o pórtico monumental, restaurado pela Câmara Municipal e que em 1996 foi classificado como monumento de valor concelhio.

A freguesia de S. Francisco está a sofrer grandes transformações, quer a nível populacional, quer a nível paisagístico. É notório o grande crescimento no núcleo urbano, sem no entanto perder o seu carácter rural, mantendo além da sua tranquilidade e hospitalidade, as suas tradições, como são exemplo as tradicionais Festas de Confraternização Camponesa, que se realizam todos os anos em Junho.

Additional Hints (Decrypt)

1 - Onfgn byune, aãb gebcrçne.
2 - Fragrz-fr.
3 - Pnagb, oenapb.
4 - Nyvpreprf.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)