Skip to content

<

Estação do Lumiar (Metro)

A cache by Avengers Team Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/16/2013
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Lumiar é uma estação do Metro de Lisboa. Situa-se no concelho de Lisboa. entre as estações Ameixoeira e Quinta das Conchas da Linha Amarela. Foi inaugurada a 27 de março de 2004 em conjunto com as estações Odivelas, Senhor Roubado, Ameixoeira e Quinta das Conchas no âmbito da expansão desta linha à cidade de Odivelas.

 


 

Esta estação está localizada entre a Estrada da Torre, a Rua República do Paraguai e a Rua Cordeiro Ferreira, possibilitando o acesso ao Palácio do Monteiro-Mor, ao Museu Nacional do Traje e ao Museu Nacional do Teatro. O projeto arquitetónico é da autoria do arquiteto Dinos Gomes e as intervenções plásticas dos artistas plásticos António Moutinho, Maria Lima e  Susete Rebelo. À semelhança das mais recentes estações do Metro de Lisboa, está equipada para poder servir passageiros com deficiências motoras; vários elevadores e escadas rolantes facilitam o acesso ao cais.

 

Arte na Estação

A estação Lumiar é uma das cinco estações pertencentes ao troço Campo Grande / Odivelas inaugurado em 27 de março de 2004. O projeto arquitetónico é da autoria do Arq.º Dinis Gomes e as intervenções plásticas são da autoria dos Artistas Plásticos António Moutinho, Marta Lima e Susete Rebelo.

A estação insere-se entre a Estrada da Torre, a Rua República do Paraguai e a Rua Cordeiro Ferreira, onde se localizam os seus cinco acessos.

O arquiteto coordenador, Diniz Gomes, referindo-se aos acabamentos em termos globais, destaca que “para além das superfícies verticais dos cais, átrios e circulações, revestidas a azulejo artístico, tudo se desenvolveu no âmbito de materiais já relativamente consagrados para casos semelhantes: calçada de vidraço nos cais, átrios e circulações e tetos pintados”.

Os Artistas Plásticos, António Moutinho, Marta Lima e Susete Rebelo, sublinham que os azulejos foram criados de forma a poderem “revestir toda a estação com uma espécie de pele, que respira, que é orgânica, que pulsa como os seres que nela transporta; que é no fundo, uma representação do fluxo do conjunto de indivíduos interligados no mesmo espaço-sistema, não deixando, ao mesmo tempo, de os personalizar nos seus micro – sistemas individuais e únicos”.

Para obter esse efeito, os artistas procuraram “criar, quer a nível visual, quer de toque, uma textura, uma cintilação de cor em dois níveis de profundidade, tendo isto resultado na conceção de um azulejo com relevo e com diferentes tipologias.”

 

 

 

Additional Hints (Decrypt)

Zncn

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.