Skip to content

Convento de Ermelo Traditional Geocache

Hidden : 01/06/2014
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Convento de Ermelo

 

 

O Convento de Ermelo faz parte do patrimônio de Ancede, freguesia do concelho de Baião. Possui a mais antiga pedra de armas do Reino de Portugal e encontra-se ao abandono. Muitas são as histórias que gravitam em torno deste convento havendo quem afirme que, faltando a água, os religiosos tiveram de se mudar para o convento de Ancede. O convento continua a existir, embora já só reste praticamente a fachada devido aos incêndios que consumiram o edifício. Este está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1955 e é propriedade da Casa Senhorial de Sequeiros. 

 
 
 
O que resta do mosteiro medieval de Ermelo constitui um dos mais enigmáticos casos da nossa arte românica, discutindo-se, ainda, quer a cronologia da obra que sobreviveu até aos nossos dias, quer o contexto em que foi criada. No governo de D. Teresa, pelos primeiros anos do século XII, a condessa decidiu fundar um mosteiro de monges beneditinos, destinado a albergar mulheres nobres. A existência de capelas quadrangulares, a decoração de alguns capitéis e modilhões com temas que se repetem em igrejas tardias do interior do Entre-Douro-e-Minho e a ornamentação das bases das colunas do interior da capela-mor com uma "solução bolbiforme", impôs a conclusão de que se tratava de uma obra conotada com as dominantes estéticas cistercienses e nunca anterior à primeira metade do século XIII. Do projecto inicial apenas sobrevive parte da cabeceira, passando, em altura incerta, o absidíolo Norte a servir de sacristia enquanto o Sul foi demolido. A nova nave central não incorporou a rosácea que, originalmente, encimava o arco triunfal. Ela deverá situar-se entre os finais do século XII e os inícios do seguinte e é um dos elementos que melhor evidencia a qualidade da decoração incorporada no templo. Igual avaliação deve fazer-se em relação à janela românica da capela-mor, ornamentada com capitéis de motivos vegetalistas e geométricos, com volutas. Alvo de renovada atenção por parte de D. João I - sendo mesmo possível que parte das obra apenas tenha sido concluída por essa altura, o mosteiro estava deserto em 1553 e acabou por ser suprimido sete anos depois, por ordem do cardeal D. Henrique. A reforma do século XVIII, celebrada por inscrição de 1760, restituiu uma relativa normalidade na vida do templo, mas só na década de 80 do século XX teve lugar o seu parcelar restauro, limitado a trabalhos de conservação e consolidação. Numa das suas colunas góticas, resiste ainda uma das mais antigas pedras de armas da Monarquia Portuguesa,o brasão das Quinas,sustentado por Anjos.
 
Podem estacionar no inicio do trilho e seguir o caminho do Convento de Ermelo que é de cerca de 700 metros. As coordenadas são aproximadas do local do convento, chegado ao local explorem bem o sítio e estejam atentos à pista para encontrar o sítio certo mas tenham em atenção que o local está em ruína, pelo que é preciso algum cuidado. No local da cache mora uma coruja, guardiã da cache pelo que quando descobrirem o local e queiram ir "atacar" a cache tenham cuidado na aproximação para não assustar o animal. Se forem devagar ela acaba por ir embora.
 
Levem com que escrever e aproveitem bem o local.

Additional Hints (Decrypt)

Cebphen n "punzvaé"(aãb é hzn punzvaé pbairapvbany), r rapbageneáf hz nagvtb sbeab n yraun, znf cnen yá purtnerf greáf qr gre phvqnqb. ( Vasryvmzragr n irtrgnçãb cnerpr dhr fr ncebcevbh qb Pbairagb r é dhnfr vzcbffíiry purtne à pnpur.)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)