Skip to Content

<

Capelas

A cache by elsa/carlos Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/01/2015
Difficulty:
3.5 out of 5
Terrain:
5 out of 5

Size: Size: small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


(…) Dizem alguns que se chamam Capelas, não porque tenham naquela parte feitas algumas igrejas nem capelas, senão porque um dia de São João fizeram uns homens ali umas capelas, deixando- as por esquecimento dependuradas em uma árvore; quando depois nomeavam aquele lugar, Ihe chamavam as Capelas, pelas que nele deixaram. Outros dizem com mais verdade chamarem estas terras Capelas, porque antigamente eram criações de gado vacum e miúdo; os gados, que algumas vezes nelas pastavam, fugiam outras vezes para elas e lá os mandavam também seus donos, depois de ter feito seu serviço com eles; antre o qual gado iam lá muitas vezes e mandavam seus donos (a que não soube o nome) duas vacas toucadas ou printadas de branco pela cabeça, à maneira de capelas, pelo que Ihe chamavam as capelas por assim parecerem com aquela malha branca que na cabeça tinham, denominando, pela beta branca da parte, o todo, como chamamos ao negro, que é todo preto, João Branco, só por os dentes alvos. E, mandando-as seu dono buscar, dizia ao criado: — traze daquela serra as capelas; vamos pelas capelas; pelo que, pelo tempo em diante, dos nomes das vacas tão celebrado antre eles, ficou ao sítio, onde andavam, Capelas por nome. O Morro de Martim Vaz, que está para a banda do mar, mais para o ponente, ainda que por cima é terra lavradia, que dá bom trigo e pastel, seu âmago é pedra, como claramente se vê nele, porque na alta rocha (como disse) que tem da banda do oriente uma grossa ponta, que ele faz ao mar, se criam bilhafres e muitas pombas bravas; a qual ponta é furada por baixo, fazendo uma abóboda de pedra, de altura de duas lanças e de compridão mais de três, e tão larga que passa por ela um batel emasteado, com um remo de uma parte e uma vara da outra, por não caberem na largura ambos os remos; e da banda do ponente, saindo pela boca dele, está à mão direita um ilhéu maior que uma grande casa sobradada, de altura de três lanças que tem em cima feno, em que se criam grande número de garajaus e se acham muitos ovos deles; onde está antre ele e a terra um grande espaço de mar, com uma espaçosa alagoa, que tem dois canais por onde sai ao pego, um por uma parte do ilhéu e outro pela outra. Ali, naquele grande poço do ilhéu para dentro, se fazem grandes pescarias de batel e de cana, pelos que descem àquele lugar pela rocha, e se tomam muitos cranguejos e apanha marisco naquela pequena enseada; e logo passada uma ponta de terra e rocha mui alta, está uma grande baía em que se acolhem os batéis dos Fenaes, em tempo de tormenta. (…)  
Saudades da terra : livro IV / Doutor Gaspar Frutuoso ;
 [Palavras prévias de João Bernardo de Oliveira Rodrigues] -
Nova ed. - Ponta Delgada : Instituto Cultural de Ponta Delgada, 1998. Ass: AÇORES / HISTÓRIA / HISTORIOGRAFIA AÇORIANA. séc. 15 -16  


 Sobre a cache terá de decifrar:


Coordenadas finais: 116 40 63 67 40 65 60 56 65 71 67 40 40  
                              127 40 60 62 65 40 64 60 56 71 61 62


WP: 116 40 63 67 40 65 60 56 66 70 71    
                    40 40 127 40 60 62 65 40 64 60 56 71 61 64



Ao caminhar para o GZ tenha CUIDADO, aconselhamos que faça barulho; bata palmas, Aproximação de gruta com pombas.


Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

39 Logged Visits

Found it 28     Didn't find it 1     Write note 9     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 9 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.