Skip to content

Núcleo dos Dragoeiros Traditional Geocache

Hidden : 05/01/2014
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O Centro de Informação do Serviço do Parque Natural da Madeira (CISPNM) está localizado no Caminho da Portada em São Gonçalo, e é conhecido como o Núcleo dos Dragoeiros.

A área do CISPNM foi adquirida pelo Governo Regional, de modo a assegurar a perenidade de um notável grupo de dragoeiros centenários e salvaguardar para o futuro tão valioso património. Não existem registos conhecidos sobre a origem exata destes exemplares mas o mais provável é que se tenham desenvolvido a partir de uns viveiros ali existentes em tempos idos. De qualquer maneira, é inegável o seu valor, quer paisagístico como marco monumental naquele troço de paisagem, quer científico.

Para além do Núcleo de Dragoeiros centenários existe um jardim com vegetação indígena do litoral da Madeira, com alguns exemplares endémicos da Madeira e do arquipélago. Esta vegetação foi plantada por ser característica da área de ocorrência dos dragoeiros e para criar uma faixa de proteção aos mesmos que ali vivem!

O Centro de Informação resultou da recuperação de um pequeno imóvel degradado existente no local com o objetivo de funcionar, desde 1996, como um local de informação ambiental, centro de receção e polo de dinamização de atividades relacionadas com a conservação da natureza e biodiversidade em geral.

O Dragoeiro (Dracaena draco), é uma árvore de crescimento lento, perenifólia, podendo atingir 15 a 20 metros de altura, com a copa em forma de umbela. As folhas são glabras, estreitas e longas, de cor verde acinzentada. As flores, brancas, agrupadas em grandes inflorescências surgem entre Agosto e Outubro. As suas bagas são carnudas, vistosas, de cor amarelo alaranjada.

Do ponto de vista fitossociológico, o dragoeiro encontra-se ligado à vegetação do litoral, de características xerofíticas, preferindo as encostas rochosas e soalheiras.

A sua área de ocorrência natural é a Macaronésia, à exceção do arquipélago dos Açores. Outrora abundante no Porto Santo, encontra-se hoje extinto, sendo raríssimo na Ilha da Madeira.

A seiva do dragoeiro foi muito usada na tinturaria e para fins medicinais, tendo a planta, na atualidade, uma utilização ornamental largamente difundida em parques e jardins.

A Cache:

A cache encontra-se dentro das instalações do Núcleo dos Dragoeiros das Neves. É um espaço público e pode ser visitado gratuitamente.

Está acessível de segunda a sexta-feira das 9h às 17h30. Encontra-se encerrado aos sábados, domingos e feriados.

A cache foi colocada com autorização do CISPNM e do director do Parque Natural da Madeira.

Aproveite para passear pelo pequeno jardim e admirar algumas das plantas endémicas existentes.

Tenha cuidado em manusear o container, e não coloque fotos do mesmo.

Dentro da cache encontra-se um trackable residente e vários itens para troca

Additional Hints (Decrypt)

[PT] Ab puãb. Iver-zr r noen n cbegn an cnegr qr geáf.
[ENG] Ba gur sybbe. Ghea gb zr naq bcra gur qbbe ng gur onpx.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)