Skip to content

Os Altares da Morte Mystery Cache

This cache has been archived.

Katano: A cache desapareceu. Tendo em conta as circunstâncias não é possível fazer manutenção da mesma pelo que opto por arquivá-la. Obrigado a todos os que a visitaram

More
Hidden : 03/29/2014
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Atenção! Não publiquem fotos do container.



Em 2006, um grupo de trabalhadores procedia à abertura de uma vala de regadio junto à N345. Subitamente, a retroescavadora começou a desenterrar grandes blocos de granito que se encontravam quase à flor da terra. Tinham acabado de fazer uma importantíssima descoberta arqueológica! Esta cache pretende levar os geocachers a conhecer os vestígios visíveis dessa descoberta.


As escavações. (Katano 2006)

As estruturas e vestígios trazidos à luz do dia dizem respeito a dois mausoléus romanos em forma de altar, um achado inédito na Beira Interior e o facto de os vestígios terem sido encontrados no seu local original, constitui um caso único na área correspondente à antiga província romana da Lusitânia. Estes monumentos, datados do século I, seriam parte de uma necrópole que se encontrava naquele local, limitada por um pequeno muro, e na qual terão existido diversas outras sepulturas de diferentes tipos e muito mais modestas. Aliás, não muito longe foram encontradas 3 sepulturas simples de incineração, uma prática comum nos primeiros tempos do Império.

A necrópole estaria relacionada não com a conhecida villa da Quinta da Fórnea (datada do século II d.C) mas sim com a menos conhecida villa das Marradas, situada entre 200 a 300m a NE destes mausoléus. Esta necrópole situar-se-ia a poucos metros da estrada romana que ligava Mérida a Braga e que muito provavelmente viu boa parte do seu traçado ser substituído pela N345.

Túmulo monumental em forma de altar em Pompeia.
Fonte http://www.pompeiiinpictures.com/

Este modelo de sepulturas deverá ter sido trazido da península itálica por colonos romanos. Os alicerces escavados chegam a ter 1,80m de altura! Quanto às dimensões dos edifícios, o maior tem planta rectangular com 5,5m x 4,65m, enquanto o mais pequeno tem planta quadrada, com 4,25m2, sendo este de construção posterior ao primeiro. No seu interior teriam diversas câmaras sepulcrais, onde se colocariam pequenas urnas em cerâmica com as cinzas dos membros da família.
 

Sabias que...?

...a palavra “necrópole” deriva das palavras gregas necros e polis e significa literalmente “Cidade dos Mortos”?

...quando um romano morria, este era velado em casa durante entre 3 a 7 dias e, para assinalar que dentro da casa havia um defunto, era colocado junto à porta um abeto ou um cipreste, árvores que ainda hoje se encontram nos nossos cemitérios?

...só a partir do século III se começou a generalizar a inumação (enterramento dos cadáveres)? Até aí os romanos cremavam os mortos, geralmente junto ao túmulo, numa pira feita numa ampla fossa chamada ustrinum.

...a palavra “mausoléu” deriva do termo grego mausoleion, isto é, relativo a Mausolos, um governador persa que no século IV a.C. foi sepultado num impressionante túmulo, considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo Antigo, o Mausoléu de Halicarnasso?
 

Bibliografia:

SANTOS, Filipe João C.; CARVALHO, Pedro C., 2008: Aspectos do mundo funerário romano na Beira Interior. As estruturas funerárias monumentais da Quinta da Fórnea II (Belmonte):Uma primeira abordagem (Conimbriga, XLVII, p.127-143).

Imperium: los albores (…) [on line]... http://agrega.juntadeandalucia.es/ visualizado em 28-3-2014

A CACHE

A cache encontra-se junto aos vestígios e é relativamente fácil de encontrar assim que forem obtidas as coordenadas finais. Há no entanto algumas recomendações a fazer na procura desta:

  • A cache não se encontra nas coordenadas publicadas

  • Recomenda-se que estacionem o cachemobile nas coordenadas publicadas, já que se trata de uma área destinada a esse efeito.

  • A cache implica uma pequena caminhada ao longo da estrada. Tomem as devidas precauções ao fazê-lo. Cada geocacher é responsável pela sua própria segurança.

  • A cache não se encontra nas ruínas. Não procurem nas pedras já que se trata de um monumento histórico!

  • Tenham cuidado ao retirar o container do seu esconderijo e ao abri-lo. Com o devido cuidado, a cache durará muito mais tempo. 

Aproveitem também a paragem para visitar as interessantes ruínas da Quinta da Fórnea (GC1W42B) cuja entrada fica junto ao estacionamento.

NÃO PUBLIQUEM FOTOS DO CONTAINER! Logs que não respeitem este pedido serão apagados!

 

O ENIGMA

Para resolver este enigma não será necessário viajar até Delfos para pedir ajuda ao famoso Oráculo. Uma rápida pesquisa no Google será mais que suficiente. Isso e uma simples sequência de operações aritméticas. Ora então, vamos lá!

Pergunta 1:
Na maioria das inscrições funerárias romanas colocadas nos túmulos é comum encontrar-se a expressão H.S.E.S.T.T.L.

Sabendo que se trata na verdade de um conjunto de 7 iniciais, terás de descobrir a que palavras latinas correspondem e contar as letras de cada uma delas. O número de letras da primeira palavra será o valor de A, o número de letras da segunda palavra corresponde ao valor de B e assim sucessivamente até G.

Pergunta 2:
Qual é o significado mais aproximado dessa expressão?

  • "Aqui jaz. Que Júpiter o receba nos Campos Elíseos." (H=1)

  • "Aqui está sepultado. Descanse em paz." (H=3)

  • "Aqui jaz. Que a terra lhe seja leve." (H=2)

  • "Aqui está sepultado com a bênção do imperador e do senado." (H=1)

Uma pequena ajuda: A+B+C+D+E+F+G+H=30

Com os valores obtidos terás agora de calcular os valores de I, J, K, L, M e N que te permitirão determinar as coordenadas finais.

I= A+D-(E+H)
J=F-C
K=F+C-E
L=H-G+E
M=B+F-(A+C+D)
N=B+F-E+C

Coordenadas finais!

N 40º 20.(IJK-5) - W 007º 21.(LMN-7)

Boa cachada!

Additional Hints (Decrypt)

Fnv qn fbzoen r nqzven n prepn.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)