Skip to content

<

O Mistério do Alcaide

A cache by WOLF77.PT Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/25/2014
Difficulty:
4 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Uma experiência que mistura história, sabedoria, paisagem, pontes, quedas de água, pastorícia e sempre com opção de explorar o lado facilitista e seguir até ao topo da aldeia... de carro... mas será a mesma coisa?

Cache inicialmente com material de escrita, logbook, FTF SMILE souvenir, e Stashnote devidamente identificada como pertencente ao jogo


O MISTÉRIO DO ALCAIDE

Um pequeno paraíso perdido no tempo, nas memórias e nas vistas... onde a Natureza e as marcas do tempo fizeram história... basta perceber o que nos foi deixado escrito na rocha e partir à procura

 

A CACHE NÃO SE ENCONTRA NO LOCAL DAS COORDENADAS FORNECIDAS

 

TESOURO INQUISITÓRIO PATRIMONIAL

 

Não há dúvida que Trancoso mereceu logo no início o interesse dos inquisidores, se localizou um dos mais importantes focos de irradiação do messianismo judaico, processos da Inquisição de meados do século XVI.

Os processos da Inquisição, pertencentes à primeira entrada do tribunal em Trancoso, mostram-nos uma comunidade populosa. Se pensarmos que só Duarte Gonçalves denunciou cerca de cento e quarenta famílias, directa ou indirectamente, podemos calcular que estamos perante uma comunidade com cerca de 700 pessoas, ora, esses novos cristãos, feitos à força pagavam mas os fundos nunca chegaram onde se pretendia. Eis que a Inquisição entra em força pela Vila, pela mão de Duarte Gonçalves.

Por essa altura, avistada a comitiva, espalhou-se pela Vila a drástica notícia do perigo que se avizinhava, ora, sabendo-se que para além das torturas físicas todo o património financeiro seria tomado de assalto, de sobreaviso, foi entregue a Gonçalo Roiz, fiel depositário e servidor do Alcaide D. Gonçalo Coutinho, a seu mando conta-se ter sido avistado a sair a cavalo pela porta de trás e se fora à aldeia do Alcaide a uma azenha onde esteve alguns dias, onde supostamente permaneceria até o prior lhe dizer que podia vir seguro, algo que nunca aconteceu pois havia desaparecido, ao que tudo indica para terras da vizinha Espanha. Já a fortuna em sua posse, ao que tudo indica a havia deixado escondida no dito local, descrita num documento com a sua localização, tendo sido deixada gravada sobre um pedaço de granito discretamente escondido na azenha, para que o seu Senhor pudesse recuperar os seus bens e os de todos quantos lhos haviam confiado.

Esta cache, leva a esse mesmo local, proporcionando uma busca do “tesouro” num local quase paradisíaco, onde ainda hoje as azenhas estão presentes e onde na aldeia, algumas casas fundeadas a vidro permitem vislumbrar a passagem das límpidas águas da ribeira que se direcciona para a ponte românica.

Basta então decifrar a mensagem gravada e partir em busca do “tesouro” ancestral perdido no tempo mas não na memória visual deste local que certamente será do agrado de todos quantos o visitem.

(adaptado das Actas das 1ª Jornadas do Património Judaico da Beira Interior – 2008)

 

 

This page was generated by GeoPT Listing Generator

 

Pode verificar a solução deste puzzle no GeoChecker.com.

Additional Hints (Decrypt)

Ivtraéer cbqreá nwhqne znf zrfzb nffvz greáf dhr cebphene cbvf arz ghqb é b dhr cnerpr... qrfpbqvsvpne r frthve nf pbbeqranqnf... Phvqnqb pbz nf rfpbeertnqrynf!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)