Skip to content

Lagoa do Linho Multi-cache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
Hidden : 04/30/2014
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache tem como principal objectivo dar a conhecer a Lagoa do Linho que passa despercebida a quem passa por esta zona.


Lagoa do Linho

 

 

Há muitos anos atrás, havia um sapateiro chamado Toino Petas, que morava perto da lagoa do Linho. Nos seus tempos livres, o Toino Petas pescava na lagoa, mas sempre sozinho. Naquele tempo, para pescar, utilizava-se apenas um anzol preso a uma linha com uma rolha de cortiça a servir de bóia. O Toino costumava manter a linha presa debaixo de uma pedra enquanto esperava que os peixes mordessem a isca.

Quando se encontrava na taberna com os amigos, ele descrevia de forma muito entusiástica as suas grandes pescarias chegando mesmo a ter discussões acessas quando duvidavam do tamanho dos peixes que ele descrevia.

Certo dia, o Toino entrou na taberna e juntando-se aos seus companheiros disse:

- Hoje pesquei o maior peixe de sempre. Era bicho para pesar para cima de cinco quilos.

Já farto de ouvir as histórias do Toino sem nunca ter visto um único peixe que ele tivesse pescado, o Esquim Bóia, que era o guarda da passagem de nível disse:

- Não acredito, tenho de ver isso.

- Pois... mas eu deixei-o em casa. - respondeu o Toino muito atrapalhado.

- Então vamos todos lá ver o peixe. - disse o Manel dos Charéus apercebendo-se da atrapalhação do Toino.

- Boa ideia. - Disse o Esquim e nisto levantaram-se todos já prontos para ir ver a “grande” pescaria do Toino.

Sem saber muito bem o que fazer, o Toino saiu a correr e disse:

- Eu vou à frente. Ainda tenho de passar em Monte Redondo antes de ir para casa.

Enquanto se dirigia apressado para casa, pensava de que forma se poderia safar desta situação. Ele não poderia deixar que os companheiros vissem que o peixe que pescara não correspondia de todo ao que ele descrevera.

O Tozé Geringonça, que era o melhor amigo do Toino, ia a passar naquele instante e ao vê-lo correr tão aflito disse:

- Então Toino, o que é que aconteceu para ires nessa correria?

- Não tenho tempo para explicar. O pessoal vem todo aí. Tenho de esconder o peixe. - respondeu o Toino.

Conhecendo bem o seu amigo Toino Petas, e sabendo que era hábito ele exagerar um pouco em relação às suas pescarias, o Tozé começou a correr atrás do Toino e gritou:

- Espera, eu posso ajudar-te a escoder o peixe.

Nisto o Toino parou lembrando-se de que o seu amigo Tozé Geringonça era a pessoa ideal para o ajudar a safar deste sarilho e correram os dois para a oficina do Tozé Geringonça, que era conhecido por fazer engenhocas esquisitas que faziam não se sabe bem o quê.

Enquanto os companheiros se dirigiam-se para casa do Toino comentado entre si que era desta que iam apanhar as mentiras do Toino, o Manel dos Charéus tropeçou num pedaço de madeira com as seguintes inscrições:

 



Sem saber o que aquilo significava pegou no pedaço de madeira e colocou-o no bolso.

Bem, a história não acaba aqui, mas as palavras nem sempre são a melhor forma de relatar os acontecimentos, por isso convidamos os leitores a viver o resto da história onde terão a oportunidade de conhecer o local onde o Toino pescava, ver o peixe que ele descreveu aos seus companheiros e finalmente conhecer o esconderijo e encontrar o peixe que ele pescou.

 

Os intervenientes nesta história correspondem a personagens fictícias baseadas em estereótipos, não sendo necessariamente representativas da sociedade atual ou do tempo em que decorre a história, nomeadamente no que diz respeito ao pescador desportivo, se bem que a maioria deste tipo de pescadores acrescenta em média um a dois quilos em cada peixe sempre que tem oportunidade, sendo o peso que é acrescentado diretamente proporcional à distância do pescador mais próximo.

 

A cache:

Esta cache é composta por três pontos, com excepção do primeiro todos eles são de fácil acesso, sendo possível estacionar a poucos metros dos locais.

No primeiro ponto o acesso tem obrigatoriamente de ser efetuado a pé. Alertamos para um cuidado redobrado devido à proximidade da linha de caminho-de-ferro e sugerimos que, por uma questão de segurança, a travessia seja efetuada junto da passagem de nível. Tentem sempre que possível utilizar os acessos existentes e em zonas onde não existem acessos evitem deixar marcas no terreno e vegetação.

No ponto dois tenham especial atenção ao descer o container, façam-no lentamente.

O ponto final está localizado em propriedade privada e foi colocado com autorização do proprietário de qualquer forma solicita-se que sejam discretos na sua procura e que evitem caminhar em zonas desnecessárias para a localização da cache. Se pretenderem deixar objetos neste ponto certifiquem-se de que são colocados no recipiente existente para o efeito e que não correm o risco de cair e encravar o mecanismo.

Deixem todos os objetos nos locais e posição que os encontrarem. 

Não é necessário desapertar parafusos.

 

Additional Hints (Decrypt)

Cbagb 1
Svany qb cevzrveb cneátensb

Cbagb 2
Cõr-gr rz ovpbf qr céf
B dhr pbzrçn pbz 6 grezvan pbz 6

Cbagb 3
1 qr 6

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)