Skip to content

Joia forest and Psilogaster Challenge Mystery Cache

This cache has been archived.

btreviewer: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas. Relembro a secção das guidelines sobre a manutenção http://www.geocaching.com/about/guidelines.aspx#cachemaintenance :

[quote]
Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. [/quote]

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me por [url=http://www.geocaching.com/email/?u=btreviewer]e-mail[/url].

Lembro que a eventual reactivação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se fosse uma nova cache, com todas as implicações que as guidelines actuais indicam.

Se no local existe algum container, por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Obrigado

[b] btreviewer [/b]
Geocaching.com Volunteer Cache Reviewer

[url=http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=77][i][b]Work with the reviewer, not against him.[/b][/i][/url]

More
Hidden : 05/06/2014
Difficulty:
4.5 out of 5
Terrain:
3.5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



Joia forest and Psilogaster Challenge

 

A formiga passeava normalmente no eucaliptal, procurando por comida para o seu ninho. Afinal, nasceu para isso, quando passeando por cima de madeira sentiu uma vibração. O que era isso? O que se passa? A formiga parou e voltou a andar mais 2 milimetros, quando continuou a ouvir o barulho. Era como se algum outro animal tivesse a comer a madeira debaixo das suas patas. De Repente vê um buraco a ser desfeito mesmo à sua frente. Era a térmita que se tinha enganado e comido no sentido oposto. A térmita olhou e viu logo a formiga, quando ia apressadamente descer para avisar o resto da colonia que tinha visto os seus inimigos a formiga chamou-a para ela não ir. A térmita mantinha-se dentro do buraco, na sombra pois se estivesse muito tempo ao sol, esta ficaria seca em +/- 5 minutos. A formiga disse que não era preciso ir falar, ela estava só de passagem. A térmita não acreditou, ela sabia que se deixasse passar a formiga esta ia chamar os soldados e que em menos de 10 minutos a sua colonia poderia estar destruída. Mas a formiga voltou a comunicar. Ela queria paz, já chegava o que os seus antepassados faziam. Já chegava de guerras entre Formigas e Térmitas, afinal, vez ganhavam umas, doutras vezes ganhavam outras. Porque não viver em paz? Afinal, as térmitas apenas se alimentam de madeira, e as formigas do resto. Ambas fizeram pactos de não falar do acontecimento. Assim seguiu a formiga e a térmita fechou o buraco com outro pedaço de madeira. As Guerras por vezes são desnecessárias.








B

Chamo-me Eucalyptus globulus , mais conhecido como Eucalipto. Não sou desconhecido teu, afinal, se estás a fazer esta cache estás a ver-me a mim e aos meus irmãos. Eu pensava que era especial, afinal fui eu das +/- das 600 da minha família escolhido para estar aqui. Tenho conhecimento que outros meus irmãos estão em outras terras, mas a verdade é que eu não pertenço aqui… A minha família era da Austrália e Tasmânia… Trouxeram-me porque pensavam que poderia ser útil, e senti-me útil… mas com o passar do tempo, a minha família aumentou e tudo o que vejo é sermos explorados… Tenho todos os dias noticias que os meus irmãos morrem, quer cortados para fins que vocês homens nos trouxeram aqui em primeiro lugar, ou porque alguém incendia ‘’os nossos’’ terrenos… Contudo nós somos bons, mas temos os nossos defeitos, onde nascemos produzimos certas substancias que faz com que poucas outras vegetações nos consiga ultrapassar, e o solo fica muito mais ácido, sendo que poucas plantas conseguem nascer… Só as nossas amigas Erica e Calluna é que costumam gostar mais de nós.


C

Era dia de caça, e o João decidiu ir à caça sozinho. Afinal o seu filho tinha ido de viagem a Espanha e a época de caça tinha começado. João trazia para casa sempre pombos, coelhos e outras aves. Espingarda, balas, e o seu fato de caçador. Tava tudo perfeito. Quando Chegou ao local reparou que haviam árvores abatidas, e o chão não estava como do costume. Já não havia tantas árvores como antes, o que significava menos aves. Apenas avistou 2 melros a voarem. Continuou a caminhar mais para o mato serrado, quando se colocou de joelhos e entre dois troncos de carvalho, avistou um coelho. O alvo estava pronto, estava tudo prontos para dosparar, quando ouve novamente a voz. João vira-se e vê o coelho a falar com ele. Era impossível, não estava no país da maravilhas, de certeza que era falta de água por ter caminhado tanto e não ter bebido. Voltou a mirar e o coelho voltou a chamar por ele. João virou-se e viu o coelho a chamar-lho por ‘’senhor caçador’’. Este pára, bebe água e belisca-se para parar de ter estas alucinações. Mas não o coelho estava mesmo a falar com ele. Este apresentou-se, ele era pai de oito coelhinhos ainda por criar que ficavam numa toca ali perto, e que o coelho que estava a mirar era a mãe que tinha saído para buscar alguma comida pois o local está cada vez pior. João parou, e retirou a bala. Sentiu pena do coelho, mas antes de abandonar o local o coelho perguntou-lhe algo que o deixou sem resposta. ‘’Se eu fosse atrás da sua família, ou dos seus amigos, com a caçadeira por diversão ou para te cozinhar o que acharia da situação?’’


D

Há esta borboleta nocturna que era comum neste local, alimenta-se de Cistus sp, e geralmente as suas lagartas podem ser encontradas em locais com um pouco de elevação. Chama-se Psilogaster loti e é a única espécie do género, da família Lasiocampidae que tem aproximadamente 130 generos. Antes era possível ver imensas lagartas no local, mas hoje são raras neste local. Se isto não mudar, em menos de 20 anos esta espécie poderá se extinguir deste local e até mesmo de Portugal. A fêmea é bastante ‘’gorda’’, sendo bastante desastrada a voar. Pode atingir 35mm de envergadura. Já a lagarta pode atingir os 5cm de largura. Em 91 era descrita como uma espécie comum no nosso país, e talvez ainda o seja, mas nos meus olhos esta não é, e cada vez existe menos na nossa fauna….


Sobre o Local:

 

É possível encontrar todas os animais e plantas descritos no enigma, contudo alguns poderá haver necessidade de procurar.
Também é um local de caça, mas não tão perto da cache,mas a uns metros poderá encontrar o sinal de caça.

Sobre a cache:


A cache é homemade, apresenta um logbook e snatchbook. Não se esqueçam da caneta! ;)

A cache encontra-se nas coordenadas:

Nº 41 A.[B+366] Wº 008 C.D


A   

Na ant was walking normally as usually does in its eucalyptus field, looking for food for its nest. After all,it was born for that. Meanwhile, when walking over a dead wood, it felt a vibration.
What was that? What’s happening? The ant stop but then kept walking about 2 milimeters, when it heard a sound. It was like there was other animal eating under its paws. Suddenly it saw a hole scratching right in front of its face. It was a termite that for a chance was mistakenly eaten upside down. The Termite look the and in a hurry was about to get down and warn the other partners of the colony that there was an ant nearby, but the ant called it not to go to. The termite kept inside of its hole, in the shadow due if it was outside on the open sun, it might dehydrate and get dry, in about +/- 5 minutes. The ant said it was no use to it warn the colony because he was just walking.  The termite didn’t believe, because she knew that if the ant told the soldier ant in about 10 minutes its colony would be destroyed. But the ant again called her. The ant wanted peace, it was enough what their past family did. Wars between Ants and Termites were enough, after all, sometimes one win and other don’t, and likewise. Why not live in peace?  Termites only eat wood, and ants eat other things. Both made a pact that they wouldn’t talk about what just happened. Then the ant kept walking and the termite closed the hole with a bit of wood. Fights sometimes are useless.


B

I’m Eucalyptus globulus, aka Eucalyptus. I’m not something that you don’t know, after all, if you’re doing this cache you’re seeing me and my brotherhood. I though I was special, because I was one of +/- 600 of my family chosen to be here. I’ve knowledge that some of my brothers and sisters are in other lands, but the truth is I do not belong here… My family came from Australia and Tasmania… They brought me here because they thought I’d be useful, and I felt useful… but with time passing by, my family started to grow up quickly and all I see is us to be explored, more and more…. Every day I get the news that my brothers and sisters die because of being cut down or burnt to your ends, ends that you brought use here in first place… Even though we are useful and healthy, we have our negativity stops. Where we are planted, we produce toxins that few plants can germinate in such conditions, which makes us invincible and that not all species are in our way, and the soil gets acidic… Only our dear friends Erica and Calluna like us… 


C


It was hunt day, and John decided to go hunting all alone. His son was on a vacation is Spain, and it was Hunting season. John always brought home pigeons, rabbits, hares and other birds. Shotgun, bullets and hunting suit. All was perfect. When arrived to the place, he saw many trees in the floor, men were there shooting down the trees. This meant there would be less birds than before. He only saw 2 blackbirds flying away. He kept walking to a dense wood place and on his knees between two trunks of oak, he saw a rabbit. The target was perfect, it was just a question of time to pull the trigger, when John heard a voice. John looked around and saw a rabbit talking to him. It was impossible, he was not in wonderland and this just could only be the result of not drinking when he walked to that place. He turned again and was again on the target but the rabbit kept calling him ‘’Mr. Hunter’’. He stops, drinks some water and pinch himself to know he was not dreaming. But the rabbit was actually speaking to him. He introduced himself to the hunter, he was the father of eight little rabbits that were recently born, and the target was its mother that was just away from the nest looking for food, because the place is getting not cozy as it was before. John had pity, and decided to go home, but before he went, the rabbit asked something that made him speechless . ‘’What about if it was me hunting down your family or friends, with a shotgun for fun or to have something to eat, what would you think about this situation? ''


D

There’s a moth that was found here, it feeds on Cistus sp, and was easy to find its colorful caterpillars which they prefer to be a big higher places. It is called Psilogaster loti  and  i tis the only species of the genus, from Lasiocampidae family which has about 130 genus. Before it was possible to find a lot of the caterpillars in this place but today they are rare to find. If this doesn’t change, in less than 20 years this specie might disappear from this place and even from Portugal. The female is kinda ‘’fat’’, being dizzy during flight. It can have wingspan about 35mm. And the caterpillar about 5cm.
In ’91 it was written as a common species in Portugal, and maybe it still is, but in my eyes, it’s a specie slowly disappearing from our fauna.


About the place:
 It is possible to find all the animals and plants in this unkown cache, although you might need to look for them. 
Also it is a hunt place, but not that close to the cache place, but in some meters you might find the Hunting sign.

About the cache:  

This is a homemade cache, it has a snatchbook and a logbook. Don't forget the pen! ;)

The cache can be found in:

Nº 41 A.[B+366] Wº 008 C.D

This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

[PT]: Crqen [EN]: Fgbar

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)