Skip to content

<

AZGT - IGREJA MATRIZ DE SANTA CATARINA

A cache by eliasmachado Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 05/17/2014
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Translation

IGREJA MATRIZ DE SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA

CALHETA • AV. DR. ANTÓNIO MARTINS FERREIRA (ANTIGA RUA DA IGREJA)

EDIFÍCIO ISOLADO

ARQUITETURA RELIGIOSA

ÉPOCA DE CONSTRUÇÃO INICIAL: SÉC.XVIII

Igreja implantada num adro ajardinado, murado, de planta irregular e elevado em relação à Rua José Azevedo da Cunha. O adro é acessível, a sul, por meio de uma escada com um lanço inicial alinhado pelo portal sul da igreja, seguido por dois lanços simétricos, mais estreitos, perpendiculares ao primeiro. A poente é acessível pelo escadório que conduz ao portal principal. Existem ainda outros acessos secundários, nomeadamente o que envolve o Império do Espírito Santo situado no canto sudeste do recinto. 

A igreja é constituída por um corpo principal de planta em cruz latina, pelo corpo da torre, encostado à fachada lateral esquerda da igreja e alinhado pela sua fachada principal, e pelo corpo da sacristia que ocupa o ângulo posterior sul do transepto com a capela-mor. Ao braço norte do transepto foram acrescentadas algumas ampliações.

As partes primitivas do corpo principal são delimitadas por um soco alto (assente sobre embasamento), por expressivos cunhais apilastrados e por um entablamento com cornija muito pronunciada. A fachada principal prolonga­-se acima da cornija formando um pseudofrontão em cujo vértice, cortado, assenta uma cruz sobre um pedestal enquadrado por volutas.
O portal principal, emoldurado, está enquadrado por dois pares de pilastras semissobrepostas, com altos pedestais e capitéis coríntios, que se prolongam em ressalto sobre o entablamento da fachada. As pilastras são encimadas por enormes e complexos pináculos semiembutidos. O portal possui um lintel almofadado com uma cartela a eixo com a data 1736 gravada. Este lintel está unido por um pseudoentablamento aos capitéis das pilastras e ao entablamento da fachada, cujo friso liso serve de parapeito à janela axial que ilumina o coro alto (interrompendo a cornija). A janela está enquadrada pelos pináculos das pilastras, possui um duplo lintel almofadado, está envolvida por toros que formam uma moldura exterior e é rematada por cornija. Sobre esta assenta um nicho rematado em arco de volta inteira sobre impostas, com moldura nervurada. Está enquadrado por um par de pequenas pilastras também nervuradas, assentes em mísulas decoradas, e por uma cornija que une os respetivos capitéis. De cada lado do portal há uma janela cuja moldura tem um ligeiro esbarro e arestas boleadas. É rematada por um establamento simplificado que encosta ao entablamento da fachada.

 A fachada lateral sul possui um portal, mais próximo do braço do transepto, ladeado por duas janelas elevadas cujos lintéis se inserem no entablamento da fachada. O portal, rematado por um entablamento complexo, está também enquadrado por dois pares de pilastras sobrepostas, com altos pedestais e capitéis pseudocompósitos, que se prolongam em ressalto sobre o entablamento do portal. São encimadas por pináculos semiembutidos cujas pontas tocam o entablamento do corpo principal da igreja. A eixo da cornija superior assenta um pedestal de expressão semelhante à dos pedestais dos pináculos (com uma cara em relevo na parte superior), que está enquadrado por duas volutas e suporta uma cruz encastrada no entablamento da fachada interrompendo o toro que separa a arquitrave do friso.

 O braço sul do transepto, de construção mais recente, é delimitado por soco baixo, por cunhais e por cornija nas faces nascente e poente. A face sul possui duas janelas de molduras simples e é rematada por um frontão contracurvado, delimitado por volutas e rematado por uma cruz de pedra. A face poente tem uma janela axial. 

 

À fachada lateral norte, de composição semelhante à fachada oposta, encosta a escada de acesso à torre sineira, de construção mais recente. A restante fachada é ocupada pelo portal lateral e pela janela à sua esquerda. O braço norte do transepto, certamente resultante de uma remodelação, é muito mais largo que o braço sul e possui as fachadas pontuadas por janelas de peito. A eixo do topo norte deste braço há um óculo circular elevado e, no respetivo vértice, uma cruz com base quadrangular. A face nascente tem uma porta encostada à esquerda.

Adaptado de: http://www.inventario.iacultura.pt/sao-jorge/calheta-fichas/52_95_77.html


This page was generated by GeoPT Listing Generator

IGREJA MATRIZ DE SANTA CATARINA DE ALEXANDRIA



This page was generated by GeoPT Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Cnen n pnpur rapbagene, n áeiber invf gre dhr gercne
Cnen n pnpur noeve, b nab invf gre dhr qrfpboeve

Gb svaq gur pnpur, lbh tbvat gb unir gb pyvzo gerr
Gb bcra gur pnpur, gur lrne lbh'er tbaan unir gb svaq bhg

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.