Skip to content

This cache is temporarily unavailable.

VillEcoueR: Pensei que os inúmeros avisos dados pelas autoridades competentes eram suficientes para manter as pessoas em casa, mas como continuo a receber registos de pessoas que não têm dois dedos de testa e só pensam no seu próprio prazer em vez de pensarem no bem comum, vou desactivar todas as nossas caches e não aceitarei qualquer registo durante este período de prevenção desta pandemia.

Sejam conscientes e respeitem todas as medidas de prevenção indicadas pelas entidades de saúde e governamentais!

Neste momento temos todos de colaborar para que esta situação não alastre ainda mais e fique totalmente fora de controlo.

Esperemos que tudo corra bem e que se resolva o mais depressa possível, até porque também nós estamos com muita vontade de sair e praticar geocaching, naquele que esperamos não seja um futuro longínquo.

FIQUEM EM CASA!

Será que é assim tão difícil de entender?!

More
<

One for the road... Sobre carris

A cache by FamaTeam (VilleCouer) Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 01/17/2016
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Atenção: A cada registo online deverá sempre corresponder o respetivo registo físico do mesmo nick. Dito isto, não admitiremos registos de tours e/ou nicks fictícios nas nossas caches pelo facto dos mesmos não corresponderem a contas oficiais de geocaching. Registos online que não tenham a devida correspondente física serão apagados!


Por favor, tenham muito cuidado com os containers para não os danificarem! Deixem-nos exatamente como os encontraram, tapados mas não esmagados pelas pedras. Certifiquem-se que tudo fica bem fechado, por favor!

Não publiquem fotos dos containers, nem outras reveladoras das respostas àquilo que é perguntado. Não estraguem o divertimento dos outros, por favor!



Horas e horas dentro do carro são uma valente seca (embora diga-se de passagem que por aqui as paisagens são simplesmente espetaculares)… por isso, a nossa proposta é aliviar o cansaço de muitas horas de condução com uma pequena aventura, caso esteja de passagem cá pela zona!

Propomos que se afaste um pouco da estrada principal e faça um pequeno desvio. Verá que não se arrepende!

Um aviso aos mais incautos…Esta cache não é a típica "drive-in" de beira de estrada, sem nada para mostrar. Não queremos que seja somente mais um número na vossa lista!

Bem-vindos ao nosso projeto One for the road...


Como surgiu a ideia para esta cache???


Já tínhamos esta estação de comboios debaixo de olho há bastante tempo, desde que por cá passámos em direção a outra cache desta localidade. Podemos afirmar que foi amor à primeira vista! Finalmente surgiu a oportunidade de marcarmos este belíssimo spot no mapa de geocaching.

E agora... tradicional, enigma, multi??? Tantas dúvidas, uma única certeza... tínhamos de colocar uma One for the road... aqui!

Acabámos por nos decidir por uma pequena multi-cache, simples, sem contas mirabolantes dignas de fazer corar um génio matemático, mas que nos permitisse mostrar alguns pequenos apontamentos que consideramos encantadores e dignos de serem vistos sem a correria "habitual" para encontrar o container... e fazer mais uma!




Sobre a Estação de Cabeço de Vide


O edifício da estação de Cabeço de Vide apresenta linhas limpas e elegantes e está decorado com belos painéis de azulejo em tons azuis, que ilustram cenas do quotidiano agrícola e pastoril alentejano e que são da autoria de Leopoldo Battistini, um artista italiano (1865 - 1936) que teve reconhecido mérito na produção de azulejos.

Em 1898 foram feitos estudos para uma linha que ligaria Estremoz a Portalegre passando por Sousel, Cano, Fronteira e, claro está, Cabeço de Vide.

Finalmente, a 20 de janeiro de 1937, a Estação de Cabeço de Vide foi inaugurada. Podemos ler a noticia da sua abertura na Gazeta dos Caminhos de Ferro, na edição de 16 de janeiro de 1937, nº 1178.

Pe. Augusto Serra, 1961 (?), Arquivo da Junta de Freguesia de Cabeço de Vide.


O progresso e a falta de passageiros acabou por ditar a sua desativação há mais de duas décadas.




A Estação nos nossos dias


Felizmente, esta Estação foi reabilitada em meados da década de 2000 tendo sido investidos na altura 1,25 milhões de euros, metade vindo da Câmara de Fronteira e metade da UE, para reabilitação e equipamentos.

A Estação propriamente dita alberga uma estalagem e o cais de mercadorias está destinado a um espaço de restauração.

Outro motivo para a visita é a existência de umas termas, as Termas da Sulfúria, que sem dúvida são também só por si, um motivo que justifica o desvio da estrada principal.

Muito mais haveria para dizer sobre a Estação de Cabeço de Vide, mas vamos ficar por aqui e dar início à nossa visita...

Caso queira obter um pouco mais de informação sobre o local, poderá consultar a duas seguintes páginas:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Esta%C3%A7%C3%A3o_Ferrovi%C3%A1ria_de_Cabe%C3%A7o_de_Vide-Vaiamonte
http://www.ocomboio.net/PDF/006-2006.pdf


Atenção! Terão de ter cuidado porque embora sejam locais relativamente tranquilos, podem sempre ser detetados por algum visitante que esteja de passagem pela zona, sobretudo na época de verão. Caso isso aconteça, evitem ao máximo a aproximação aos GZs. Tenham um bocadinho de paciência e aproveitem para fotografar ambos os locais, até estarem de novo à vontade para a procura.

Lembrem-se que a longevidade das caches depende sempre da vossa forma de cachar! Pensem nos owners e nos restantes geocachers e não arrisquem expor a cache só para terem mais um smile no mapa.

Boa cachada!



PS: levem material de escrita porque nos esquecemos de deixar lá o lápis.




Vamos então dar início a esta pequena visita...


Esta multi-cache é composta por três etapas. Na terceira encontrarão o container final, onde devem depositar o vosso registo.

Início – N 39º 08.150 / W 007º 34.610
Acabas de chegar a Cabeço de Vide e à sua belíssima e antiga estação ferroviária, decorada com vários painéis em azulejo. Observa os seus pormenores e recolhe os seguintes dados:
Quantos cães existem no conjunto de painéis da fachada principal? Esse número corresponde à letra (A).
Agora soma os campinos, os guardadores de porcos e os pastores. Esse número corresponde à letra (B).
Quantos campinos existem no conjunto de painéis da fachada principal? Esse número corresponde à letra (C).
Quantas pessoas andam na apanha da azeitona? (Não, o da escada está mesmo só a ver, hehe)? Esse número corresponde à letra (D).
Num dos painéis há um homem encostado a uma escada. Quantos degraus tem essa escada? Esse número corresponde à letra (E).
Por fim, conta quantos cavalos existem no conjunto de painéis da fachada principal. Esse número corresponde à letra (F).

Intermédio – N 39º 08.ABC / W 007º 34.D(E-C)F
Agora, substitui os valores obtidos no ponto inicial, na fórmula anterior. Com eles chegarás ao ponto seguinte da tua visita. Por falar em visita, aproveitem para conhecer um pouco melhor a zona das termas...

Atenção!!! Neste ponto irão necessitar uma aplicação para ler códigos QR e ligação à internet.

Final – ???
Encontrarás aquilo que necessitas no ponto intermédio.

Boa viagem e... boa cachada!

Additional Hints (Decrypt)

Qrcbvf qr erpbyurerf bf qnqbf, ghqb b dhr cerpvfnf rfgá gncnqb cbe crqenf.

Cbe snibe, graunz zhvgb phvqnqb pbz bf pbagnvaref cnen aãb bf qnavsvpnerz! Qrvkrz-abf rkngnzragr pbzb bf rapbagenenz, gncnqbf znf aãb rfzntnqbf crynf crqenf. Pregvsvdhrz-fr dhr ghqb svpn orz srpunqb, cbe snibe!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.