Skip to content

This cache has been archived.

Aguias da Rasca: 10:00h. de 30-03-2018.
Depois de uma averiguação no local da cache constata-se que a mesma desapareceu aquando da limpeza da mata e corte de árvores, pelo que optei pelo seu arquivamento.
Obrigado a todos que a visitaram.

More
<

"Sete Chaves" Afinal havia outra

A cache by Aguias da Rasca Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/04/2014
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


"História de um segredo guardado a sete chaves"

- Um homem tinha em casa uma gaveta com sete chaves dentro. Eram chaves que já não serviam para abrir ou fechar portas. Ele tinha ido guardando-as ao longo da vida. A única coisa que aquelas chaves ainda podiam abrir era o seu passado.
- Pois não adiantou de nada trancar-me no quarto e me cobrir com o lençol na escuridão total.
- Não adiantou de nada encher copos de vinho e tomá-los cada num só gole, você não me saia da cabeça e enquanto o efeito durava, de brinde ganhava uma baita de uma enxaqueca no dia seguinte.
- Então abri a gaveta da escrivaninha que ficava do seu lado da cama e só encontrei lembranças, que me surpreendi com o que você guardava ali, pedaços de momentos nossos, recordações de como éramos felizes, fotografias de nós que deixamos de lado e tantas outras coisas.
- Agora que você partiu, questionei-me querendo entender, querendo saber o que tinha feito de errado, que nunca fiquei sabendo.
Acabava sempre por lembrar, que você voltava e me dizia que tinha coisas que eram guardadas a sete chaves; talvez o fim do nosso amor seja uma dessas coisas.
E ainda tratando disso, enquanto revirava sua gaveta, encontrei aquele maldito diário ao qual você recorria quando não queria conversar, sempre quis saber o que você tanto escrevia ali.
Devo pontuar que meu bom senso brigou com a minha curiosidade e perdeu, acabei abrindo o seu precioso diário e entre tantas coisas escritas, boas e ruins, lindas e feias, me surpreendi com o que estava escrito numa página amarela, com o desenho de uma rosa de folhas verdes e douradas.


"E o que importa não é se vai durar para sempre, ao menos para mim, o que importa é aquele olhar cheio de amor, que é a ultima coisa que vejo antes de fechar os olhos e o beijar e quando o beijo eu sinto em mim o quanto ele me ama, então vai valer a pena cada minuto, cada hora, cada dia, cada segundo e quando acabar irei embora, mas levarei comigo toda a parte boa desse amor".

Sei lá, nem sei porque mais sei que isso explica muita coisa.
E o mais engraçado que você sempre guardou, foi o amor, talvez por isso tenha sido tão difícil para mim encontrá-lo.
Agora, depois de abrir seu segredo, usando cada uma das sete chaves eu sei que o amor sempre esteve guardado dentro de você.
Só não sei se você tinha o direito de escondê-lo assim de mim.
Você partiu e levou a parte boa do nosso amor só não levou o que eu guardei.
E o engraçado é que está trancado a sete chaves...
--- No final somos exatamente iguais !

A Cache:
Recipiente de plástico o qual deve ficar bem fechado afim de não entrar humidade, por favor evitar colocar fotos que revele o seu conteudo afim de manter algum suspense.
No local da cache podemos apreciar aquele enorme vale e toda a serra da Arrábida, claro que para muitos é por demais conhecido mas vale sempre apena um passeio até lá.
- Não se esqueçam das chaves de casa, da porta do prédio ou da garagem para abrir o conteiner.



Contém:
logbook
Lapis


Boas cachadas.

Additional Hints (Decrypt)

Craqhenqn cvaurveb
- Yrirz nf punirf qr pnfn bh qn tnentrz r cebpher n enauhen.
- Qrvkrz b rfpbaqrevwb orz srpunqb nsvz qb pbagrvare aãb pnve.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)