Skip to content

<

EC08PM A OUTRA ROCHA DOS BORDÕES...[FLORES-AÇORES]

A cache by PALHOCOSMACHADO Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 09/27/2014
Difficulty:
5 out of 5
Terrain:
5 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


“ROCHA DOS BORDÕES”…

SUBMARINA!!!

[Flores – Azores]

EARTHCACHE SUBMARINA

PORTUGUÊS

Uma “outra” Rocha dos Bordões…

Existem, no nosso planeta, muitos fenómenos associados às disjunções prismáticas, como por exemplo: na Irlanda, na China.... No arquipélago dos Açores, os mais conhecidos são as “Pegadas de Gigante” em Santa Maria e a “Rocha dos Bordões” na ilha das Flores. Todavia também existem na ilha Terceira, havendo até uma outra interessante earthcache sobre este assunto.

A surpresa é haver outra “Rocha dos Bordões”, mas submarina, na ilha das Flores, no lugar do Cabouco !

Quantas mais haverá por aí?

.

DISJUNÇÃO PRISMÁTICA

Disjunção prismáticaou disjunção colunar (paisagem de origem basáltica) é um processo geológico tectónico que se dá quando, ao arrefecer de alta temperatura, o basalto sofre tensão por contração e fragmenta-se em colunas com forma de prismas, geralmente em sentido perpendicular à superfície de arrefecimento e com a forma de prismas hexagonais, quase perfeitos, que se geram no seio da escoada.

Após uma erupção, a lava escorre e arrefece rapidamente nos bordos. O interior continua muito quente. As diferenças de temperatura fazem com que, o basalto, se parta em prismas hexagonais perfeitos. Este fenómeno tem a ver com a viscosidade dos materiais e com as altas e bruscas variações de temperatura, a que são sujeitos.

Por ocorrer geralmente (mas não neste caso…) na superfície, o padrão geométrico regular na tem aspeto peculiar de calçamento. Ocorre geralmente em materiais de origem ígnea, soleiras, diques de rochas básicas ou intermediárias.

Com a erosão do cone vulcânico os prismas aparecem à superfície e a erosão começa a atuar com maior facilidade nas diáclases. Ao longo de milhões de anos estes prismas arredondam as suas arestas e vértices, devido à ação da erosão causada pelo sol e pela água da chuva, até ficarem com um aspeto aparentemente cilíndrico que fazem lembrar órgãos de igreja, daí o nome órgãos basálticos.

Os cientistas e especialistas na área, julgam que a disjunção prismática submarina, se formou em ambiente subaéreo. Depois a estrutura colapsou, dando-se um “afundimento”. No caso deste fenómeno (disjunção prismática submarina), tem que se ter em conta a “báscula da ilha”; ou seja: ao longo de milhares de anos, a ilha “desceu” e “subiu” em vários momentos.

É de ter em conta, também, que neste caso este fenómeno ainda está “mal” estudado, no que respeita à ilha das Flores, a que não é indiferente o facto desta ilha, bem como a do Corvo, estar na placa americana (ao contrario das restantes ilhas açorianas, que pertencem à placa europeia).

As Sete Maravilhas das Flores

A população das Flores, escolheu, entre 21 locais nomeados, os sete sítios mais bonitos.São eles: o ilhéu do Monchique, a Gruta do Galo, a Gruta dos Enxaréus, a Caldeira Negra, a Caldeira da Lomba, o Poço do Bacalhau e a Rocha dos Bordões…, mas há mais “Rochas dos Bordões”…

O MERGULHO

O mergulho (nível 1 de experiência), deve ser feito de escafandro, para poder admirar com tempo o espetacular fenómeno, que começa em terra, com uma elevação de aproximadamente 40 metros, e que se prolonga numa extensão de aproximadamente 60 metros, sendo os últimos … metros submarinos (em declive).

O mergulho na zona vai até uma profundidade máxima de 20 metros, sendo a temperatura da água no verão de cerca de 4º centigrados e tendo-se uma visibilidade média, aproximada, de 30 metros.

A zona do mergulho localiza-se a cerca de quatro milhas náuticas do porto de Santa Cruz, a cerca de 15 minutos de barco. No local a fauna atlântica é variada, observando-se às vezes a passagem de alguns pelágicos e podendo-se observar, junto à linha das marés vivas, algumas espécies de marisco.

Recomendações:

Convém sempre mergulhar acompanhado.

Tenha sempre em atenção, em primeiro lugar, a sua segurança!

PARA REALIZAR E REGISTAR ESTA EARTHCACHE:

PERGUNTAS:

Para “encontrar/registar” esta cache deverá: provar que esteve no local e responder às seguintes questões, enviando um email/mensagem de Geocaching, com as respostas, em português ou em inglês, para o nosso perfil.

Só depois, de enviar as respostas, e conforme as “guidelines” para as Earthcaches, deverá efetuar o seu registo!

Serão removidos todos os registos que não obedeçam a estes requisitos.

a) Explique, por palavras suas, o que é e como se forma uma “disjunção prismática”.

b) Estime a altura (comprimento) dos “bordões”, no GZ, na parte submarina.

c) Faça uma estimativa da largura (comprimento horizontal) deste fenómeno.

d) Faça uma estimativa do número de “bordões” visíveis no GZ.

e) Qual é a dimensão aproximada – espessura- de cada um dos bordões.

f) Classifica o tipo de fundo e de rochas na base dos bordões.

g)  TAREFA  OBRIGATÓRIA:Deverá tirar uma foto sua, onde você apareça (ou com um papel/placa onde conste o seu nickname e a data da visita) e que comprove a sua presença no GZ desta EC - NÃO METASPOILERS. Esta foto deverá ser colocada no seu registo ou enviada por email ou sistema de mensagens de Geocaching, para o owner!


Não responderemos ao seu contato, a não ser que haja algum “problema” com as suas respostas ou registo.

AGRADECIMENTOS:

Agradecemos a especial colaboração do amigo Carlos Mendes, bem como do

Professor Doutor Victor-Hugo Forjaz - Vulcanólogo de Engenharia, Jubilado

e do Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores (OGVA)

“ROCHA DOS BORDÕES”…

Underwater!!!

[Flores - Azores]

ENGLISH

UNDERWATER EARTHCACHE

Another “Rocha dos Bordões”…

On our planet, exist many phenomena associated with prismatic disjunctions. In the Azores, the best known are the "Pegadas de Gigante" in Santa Maria and the "Rochas dos Bordões" on Flores. However there are even more of those, including in Terceira Island with up to another interesting EarthCache on this subject.

The surprise is that there is yet another "Rocha dos Bordões", but underwater, on the island of Flores, at Cabouco place !.

How many more will there be?

.

PRISMATIC DISJUNCTION

Prismatic disjunction or columnar jointing (basaltic landscape) is a geological tectonic process that takes place when, upon cooling from high temperature, basalt undergoes contraction tension and breaks up into columns with prisms, usually perpendicular to the surface and cooling the shape of almost perfect hexagonal prisms which are generated within the lower center.

After an eruption, lava flows and cools quickly on the lips. The interior remains very hot. Temperature differences are such that, basalt, breaks in perfect hexagonal prisms. This phenomenon has to do with the viscosity of the materials and the high and sudden temperature changes to which they are subjected.

By generally occuring on the surface (but not in this case ...), the regular geometric pattern has the peculiar aspect of pavement. It usually occurs in igneous, sills, dikes of basic or intermediate rock materials.

Over millions of years these prisms round their edges and vertices, due to the action of erosion caused by sun and rain water until they are with an apparently cylindrical appearance reminiscent of church organs, hence the name basaltic bodies.

Scientists and experts in the field think that the underwater prismatic disjunction, graduated in subaéreo environment. After the structure collapsed, giving it a "afundimento". In the case of this phenomenon (underwater prismatic disjunction), one has to take into account the height changes; ie: over thousands of years, the island has emerged and sunk several times.

It should also take into account that in this case this phenomenon is still badly studied in relation to the island of Flores, who is not indifferent to the fact that this island, as well as the Corvo island, sitting in American plate (the contrary to the other Azorean islands, which belong to the European plate).


The Seven Wonders of Flowers

The population of Flores, chosen from 21 nominated sites, the seven most beautiful sites. They are: the islet of Monchique, the Cave of the Rooster, the Cave of Enxaréus, the Black Boiler, Boiler da Lomba, the Pit and the Rock Cod Bordões, …, but there is another…

DIVING

Diving (level 1 of experience),must be made diving, with time to be able to admire the spectacular phenomenon, which begins on land, with an elevation of about 40 meters, and extending over a length of approximately 60 meters, and the last ... meters subsea(downhill).

The dip in the zone goes to a maximum depth of 20 meters, the water temperature in summer of about 4 centigrade and taking an average, approximate visibility of 30 meters.

The dive area is located approximately four nautical miles from the port of Santa Cruz, about 15 minutes by boat. Onsite Atlantic fauna is varied, sometimes observing the passage of some pelagic and can be observed along the line of the tides, some species of shellfish.

Recommendations:

You should always dive together.

Keep in mind that first comes your safety!

TO PERFORM AND LOG THIS EarthCache:

QUESTIONS:

To "find / register" this cache must: prove that visited the site and answer the following questions by sending an email / message Geocaching, with answers (in Portuguese or in English, only) to our profile.

Only later, sending the answers, and as the "guidelines" for EarthCaches should make your registration! They will be removed from all records that do not meet these requirements.

a) Explain, in your own words, how colmnar joiting is formed.

b) Estimate the height (length) of the "pipes", in GZ, the underwater part.

c) Estimate the total width (horizontal length) of this underwater outcrop.

d) Estimate the total number of "pipes" present in the GZ coodinates (underwater).

e) What is the width of each of the "pipes".

f) Classifie the type of seabed and describe the rocks at the base of this outcrop.

g)  TASK (not optional): You must take a picture of yourself, where do you show up, (or with a paper / plaque with your geocaching nickname and the date of the visit) and that proves your presence in the GZ of this EC - no spoilers please. This photo must be placed in your log or sent by email or Geocaching messaging system, to the owner!


We do not respond to your touch, unless there is a "problem" with their answers or register.

THANKS

We appreciate the special collaboration of the friend Carlos Mendes, and of the

Professor Victor-Hugo Forjaz - Volcanologist Engineering, Emeritus

and Volcanological and Geotermic Observatory of Azores (OGVA)

Additional Hints (Decrypt)

Cnen neenawne hzn rzonepnçãb cbqreá pbagnpgne: Pneybf Zraqrf - Gry. 918390189

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.