Skip to content

Canedo - Mina de Sobreda Traditional Geocache

Hidden : 10/30/2014
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
3.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


O local

 

A cache encontra-se na freguesia de Canedo, Concelho de Santa Maria da Feira, Distrito de Aveiro.

Depois te ter escondido a minha primeira geocache no ano passado nesta freguesia, senti-me obrigado a "povoar" mais esta zona pois penso que Canedo tem mais para mostrar... Logicamente que a Capela da Nossa Senhora da Piedade é o local mais importante da vila, mas Canedo é mais do que esse lugar... 

O porquê de continuar a publicar caches nesta freguesia prende-se com o principal facto de eu ser natural de Canedo e, conhecendo como poucos os cantos e recantos da vila, não podia limitar as visitas geocachianas a um simples local. Desta forma, creio que quer Canedo, quer o Geocaching, quer os geocachers ficarão a ganhar...

Canedo, sendo a maior freguesia do concelho, apresenta inúmeros locais aprazíveis para se colocar uma geocache: para além do local já falado, locais como o Porto de Carvoeiro, o Rio Inha, a Capela de Várzea, o Campo das Valadas e a Igreja Matriz, entre outros. Destes, optei por uma zona mais simbólica: a Mina de Sobreda... A escolha deste local tem a ver com o facto de ter morado ali não muito longe e dali ao pé ter brincado, muitos e bons anos... Para além da questão nostálgica, existe ainda a aventura adjacente à exploração da mina... Geocaching de aventura é o meu preferido e por isso quero que, com esta cache, muita e boa gente se aventure e sinta aquele tremorzinho ao qual chamamos adrenalina...

Para além dos locais onde existem geocaches, não deixem de visitar os outras zonas não menos bonitas e singulares... A riqueza da freguesia reside nas suas gentes, e isso só se percebe se nos deixarmos visitar pela própria vila.

 

 

 Mina de Sobreda

 

Antes de mais explico que Sobreda é uma das muitas aldeias da freguesia de Canedo... É de todas a que mais me é próxima pois foi aqui que nasci, cresci e vivi a minha idade jovem...

Outrora a mina servia como fonte da água potável para os habitantes da região e para a rega dos terrenos das redondezas... Hoje em dia esta é muito menos utilizada, serve apenas para regar alguns campos de cultivo dos pequenos agricultores que insistem em não querer abandonar as suas terras...

Esta mina fez parte dessa minha juventude... Milhares de vezes passava ali ao lado no caminho de brincadeiras, aventuras, passeios... Muitas me lembro de beber água da mina enquanto aproveitava a sombra e as uvas e amoras que apareciam por aquelas bandas...

Admito que nunca havia explorado a mina até ao dia em que lá decidi colocar uma cache... Valeu a pena a demora... Fiquei surpreendido tal como espero que vocês fiquem...

Alerto que a exploração da mesma não pode ser feita por todo o tipo de pessoas... Não aconselho esta cache a pessoas com fobias a locais fechados, escuros e/ou fobias a certos animais rastejantes... Pelo menos não o façam sozinhos...

A forma mais simples de chegar ao GZ será deixar o carro no local aconselhado e seguir a pé pela Rua dos Quinteiros... São cerca de 250 metros de Natureza até à boca da mina... Claro que existem outras possibilidades de chegar à coordenada zero mas, conhecendo como conheço a zona, esta é claramente a mais simples e segura...

 

 

A geocache

 

Como já referi, a cache encontra-se dentro de uma mina. A cache é de tamanho micro e, inicialmente, contém logbook e um TB trazido da Bélgica. A coordenada apontada indica a entrada da gruta... Em certas alturas do ano podem existir bastante água... Quando coloquei o container, em pleno Outono, tive certas partes da mina onde a água me dava por cima do joelho...

Como vão reparar, ao chegarem ao GZ, a geocache encontra-se num local onde facilmente podemos ser observados aquando da entrada na mina. Por isso peço vos que se certifiquem que ninguém vos avistou no exato momento em que iniciam a vossa aventura... Isto pois a zona é rodeada de campos de cultivo e as pessoas que por lá andam, idosos na sua maioria, tendem a ser curiosos e desconfiados... Para a descobrir o container basta entrar na mina e mais tarde ou mais cedo a caixinha aparecerá... Sem pedra por cima, sem armadilhas... Ela encontra-se à vista ... Completamente indefesa e pronta para os vossos logs... Coloquem a caixinha como a encontraram para que esta não caia na água... Peço então, e quero sublinhar bem esta parte, que tenham em consideração o meio que vos envolve e que deixem tudo igual ou melhor do que quando lá chegaram.

Outra coisa que vos peço, é que não revelem fotos nem informação que evidencie o local da cache nos vossos logs. A piada desta modalidade está em procurar… Não está em saber à partida onde está a cache e apenas chegar lá, logar e ir embora. Isso não é Geocaching! É batota!

Fotos do local envolvente à cache, são mais que bem-vindas...

PS - Dado o facto de morar fora do país, dar resposta a possíveis situações em que a cache necessite de manutenção torna-se mais complicado... Regularmente desloco-me a Portugal, mas em caso de manutenção urgente, tenho amigos e familiares que sabem onde está o container e portanto, poderão dar resposta em caso de necessidade... Flag Counter

Additional Hints (Decrypt)

Dhnaqb crafnerf dhr rfgáf dhnfr yá, nvaqn gr snygn hz obpnqvaub...

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)