Skip to content

This cache has been archived.

Bitaro: Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

Obrigado pela compreensão,
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Linhas Orientação

More
<

Quinta da carcaveira

A cache by henrique123 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 02/19/2015
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Valores Patrimoniais e aspectos turísticos: Igreja paroquial e cruzeiro (Galveia), Monte de Santo Ovídio com suas vistas panorâmicas, belezas ribeirinhas do rio Estorãos e Casa de Sá e Quinta da Carcaveira.


Quinta da carcaveira

Com cerca de 292 ha, a Freguesia de Sá, está situada a norte da margem direita do rio Lima, sem contudo chegar a estabelecer limites com este rio, visto que se interpõem as suas vizinhas: a Freguesias de Bertiandos e a Freguesia de Santa Comba, que ficam a Sul de Sá. A nascente está a Freguesia de Arcozelo, a Norte a Freguesia de Moreira do Lima e a Poente, as freguesias de Arcos e de Estorãos.

Sá dista cerca de quatro quilómetros da sede do concelho, a vila de Ponte de Lima.

Compõem esta freguesia os lugares de: Capelas, Casaldeite, Cruz da Pedra, Galveia, Poços e Souto.

O topónimo Sá parece ter tem origem germânica. Designava uma habitação especial, reservada a servos na Idade Média pré-nacional.

Já se encontram referências à paróquia de Sá antes do século XIII. Um amplo terreiro com carvalhas e oliveiras, muito velhas, uma casa de milagres e um cruzeiro de 1613 abonam da antiguidade da devoção. O seu povoamento é muito remoto, o que se revela não só na sua rica toponímia, antiga e moderna, e na existência de um castro num dos seus cumes eminentes, mas também na vizinhança com a povoação que herdou a tradição do Foro Limicorum, a velha Ponte, ainda proeminente - embora decaída -, no século XIII, como cabeça do julgado medieval ou terra em que Sá se incluía. Em 1620, D. Afonso III cedeu a sua meia de padroado nesta igreja à Sé de Tui (da qual, por certo, já era a outra metade), recebendo em troca, metade da da Areosa (cerca do Átrio ou Viana do Castelo), ou ermida de Sanfins, que o bispo de Tui trazia honrada, talvez indevidamente.

O pároco da freguesia em 1758, na sua memória, escreve o seguinte a respeito de antiguidades locais: 'Há sim tradição antiga que nesta freguesia de Santa Maria de Sá, no lugar de Louredo, esteve antigamente situada a cidade antiga de Britónia, que foi destruída e arrasada pelo bárbaro Almansor; e desta verdade dão testemunho alguns sinais, porque dizem os lavradores que todas as vezes que neste sítio (que consta hoje de vinhas) cavam alto, aparecem muitos e vários tijolos de vários termos, sinais que indicam o referido; e se estendia esta cidade pela grande parte da freguesia de Bertiandos, contígua e imediata a esta, donde se presume tomara o nome.'

Ali consta também que 'no dito lugar de Louredo estivera o mosteiro máximo de frades beneditinos.'

Perto fica a Casa de Sá, um casarão do último quartel do século XVIII, sem notas especiais - três pisos e capela num dos extremos da frontaria -, que foi o solar dos Araújos e Azevedos e lugar de nascimento do conde da Barca (ministro de D. João VI). No portal brasonado começa uma longa alameda, que vai até à moradia.

Do alto de Santo Ovídio observam-se lindas paisagens. Ali o santo tem afluência devota no dia do Espírito Santo, quando lhe levam, como promessa, telhas roubadas.

Merece atenção especial nesta freguesia a Quinta da Carcoveira.




This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Byubf noregbf

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.