Skip to content

Mosteiro de S. João de Tarouca Traditional Cache

This cache has been archived.

Bitaro: Esta cache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante as situações relatadas.
Relembro a secção das Guidelines sobre a manutenção http://support.groundspeak.com/index.php?pg=kb.page&id=307#maint :

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desative temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desativada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

A região onde um geocacher é considerado capaz de manter geocaches responsavelmente irá variar de pessoa para pessoa. Um geocacher que anteriormente fez registo de geocaches numa área alargada a partir da sua residência pode ser considerado habilitado a manter uma geocache a 200 milhas (322 Km) de distância. Contudo, alguém cujas actividades de geocaches têm sobretudo estado dentro da distância de 25 milhas (40km) de sua casa não deverá estar preparado para manter uma geocache tão distante de casa. O critério usado nesta situação fica a cargo do revisor da geocache ou pela Groundspeak.

Por causa do esforço requerido para manter uma geocache, por favor coloque geocaches físicas no seu espaço habitual de geocaching e não em sítios para onde costuma viajar. Geocaches colocadas durante viagens não serão muito provavelmente publicadas a menos que possa fornecer um plano de manutenção adequado. Este plano deve permitir uma resposta rápida a problemas reportados, e deverá incluir o Nome de Utilizador de um geocacher local que irá tomar conta dos problemas de manutenção na sua ausência. Alternativamente poderá treinar uma pessoa local para fazer manutenção à geocache. Documente o seu plano de manutenção numa Nota ao Revisor ou na sua página de geocache. Isto deverá incluir a informação contacto da pessoa que irá efectuar a manutenção. A nota irá ser apagada automaticamente aquando da publicação.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Como owner, se tiver planos para recolocar a cache, por favor, contacte-me através do mail indicado no meu perfil e refira o GC Code da cache.
Lembro que a eventual reativação desta cache passará pelo mesmo processo de análise como se de uma nova cache se tratasse, com todas as implicações das Guidelines actuais.

Obrigado pela colaboração
Bitaro
Community Volunteer Reviewer

Centro de Ajuda
Trabalhar com o Revisor
Revisões mais rápidas
Linhas Orientação|Políticas Regionais - Portugal

More
Hidden : 03/08/2015
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



O Mosteiro de São João de Tarouca, localizado na encosta da Serra de Leomil, no distrito de Viseu, ergue-se num grande vale, ao fundo do qual corre o rio Varosa. Inicialmente foi um ermitério mas, em 1152, após a vitória de D. Afonso Henriques sobre os mouros em Trancoso, foi lançada a primeira pedra da igreja conventual cisterciense. O mosteiro foi o primeiro a ser construído no país pela Ordem de Cister. O dormitório novo e torre sineira foram construídos no século XVI. A última fase das obras de ampliação do mosteiro decorreu no século XIX. Em 1938 seriam restaurados os retábulos, nomeadamente o de São Pedro, atribuído a Grão Vasco. Nesta abadia repousa D. Pedro Afonso, um dos filhos bastardos do rei D. Dinis, num enorme sarcófago em pedra de granito encimada pela estátua jacente e decorado com cenas de caça. Entretanto, este convento foi vítima das invasões francesas e do liberalismo, pelo que agora se encontra em estado de reconstrução e recuperação.

Igreja

Construída em granito beirão e de planta em forma de cruz, com 3 naves, sendo a central mais elevada, fechada em abóbada de berço, dividida em cinco secções por arcos quebrados. As naves colaterais mais baixas, seccionam-se em 5 ramos e funcionam como contrafortes da nave central.

Torre sineira

Esta torre reporta-se à origem do mosteiro, tendo sido recuperada no final do século XX. É uma demonstração das intervenções do IPPAR levadas a cabo neste mosteiro.

Capela de Santa Umbelina

Faz parte do conjunto de património histórico envolvente do mosteiro. Fica situada no ponto mais alto a Norte da área circundante do mosteiro.

Capela de Santo António

Faz parte do conjunto de património histórico envolvente do mosteiro. Fica situada no ponto mais baixo a Norte da área circundante do mosteiro.

 

A Cache:

Container micro contendo apenas stashnote e logbook, levem material de escrita. IMPORTANTE: Não procurem no muro, pois não a irão encontrar lá!

Apesar de passarem poucos muggles, tenham atenção ao abordar a cache. E evitem apertar em demasia a tampa, de modo a evitar que se danifique!

 

Espero que gostem do local!

The São João de Tarouca Monastery, located on the slopes of Leomil, the Viseu district, stands in a large valley, the bottom of which flows the river Varosa. Initially it was a hermitage but in 1152, after the victory of D. Afonso Henriques over the Moors in Trancoso, it launched the first stone of the Cistercian convent church. The monastery was the first to be built in the country by the Cistercian Order. The new dormitory and bell tower were built in the sixteenth century. The last phase of the monastery expansion works took place in the nineteenth century. In 1938 the altarpieces would be restored, and in particular the one of St. Peter, attributed to Grão Vasco. In this abbey lies Pedro Afonso, one of the bastard children of King Dinis, a huge sarcophagus in granite surmounted by lying statue and decorated with hunting scenes. However, this convent was the victim of the French invasions and liberalism, so now in a state of reconstruction and recovery.

Church

Built in granite and plant cross-shaped, with three aisles, the central being the highest, enclosed in a barrel vault, divided into five sections by pointed arches. The lower side aisles, are sectioned into 5 branches acting as buttresses of the central aisle.

Bell tower

This tower refers to the origin of the monastery and was recovered in the late twentieth century. It is a demonstration of IPPAR interventions carried out in this monastery.

Chapel of Santa Umbelina

Is part of the set of surrounding historical heritage from this monastery. It is located at the highest point north of the surrounding area of the monastery.

Chapel of St. Anthony

Is part of the set of surrounding historical heritage from this monastery. It is located at the lowest point to the north of the monastery surrounding area.

 

The Cache:

Micro container containing only stashnote and logbook, take written material. IMPORTANT: Dont search in the wall, you will not found it there!

You dont see many muggles around, despite that, have attention aproaching the cache. And avoid overtightening the cap, to prevent it from damage!

 

I hope you enjoy the location!


This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

[PT]Aãb é zntaégvpn, znf cbqrevn fre! Erfgevawnz-fr nb zrgny r freá znvf sápvy. [EN]Vg vf abg zntargvp, ohg pbhyq or! Frnepu bayl va gur zrgny naq vg jvyy or rnfvre.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)