Skip to Content

<

Memorias VNB II. Linha férrea da Engenharia.

A cache by afelizardo Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/04/2015
Difficulty:
3 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

Esta cache faz parte de uma serie de varias que pretendem dar a conhecer locais, historias, acontecimentos ou pessoas que o passar dos anos vai fazendo cair no esquecimento. O seu objectivo é pois dar a conhecer isso mesmo,  já que sobre elas não é fácil encontrar informação.

Não esperem por isso encontrar locais magníficos ou conteineres 5 estrelas já que o objectivo é mesmo reavivar a historia.

 

A linha férrea da Engenharia. 

                             

 Em 1884 é criado o Regimento de Engenharia e uma Companhia de Caminhos de Ferro  que teria por missão,  de em tempo guerra executar os trabalhos necessários para por em estado de serviço uma linha férrea,  que tivesse sido destruída, construção de pequenos ramais de ligação ou de desvio e destruir as linhas que tivessem de ser abandonadas ao inimigo.  

Essa companhia estaria Aquartelada em Lisboa, mas vinha com alguma regularidade ter instrução pratica na zona de Tancos. Assim sendo pouco tempo depois  acabaram por ali construir uma linha férrea com material Decauville, para mais facilmente poderem praticar os exercícios. A escolha desse material deveu-se ao facto ser de muito fácil de transportar,  de montar e desmontar, apesar da sua fraca capacidade de carga, permitia movimentar com facilidade os materiais sobre campos e estradas em mau estado.

Desses tempos restam apenas parte de uma ponte (perto do local onde se encontra a cache ) e uma das maquinas que se encontra exposta da Escola Pratica de Engenharia em Tancos.

 

 

 Esta linha tinha origem na estação ferroviária de Almourol, seguia por onde está hoje a estrada de acesso por noroeste aquela estação, tinha um viaduto no Vale da Bela Vista, passava pela estrada para o Castelo de Almourol junto ao caminho que sobe para os  `` Pastores ´´,  inflectia para norte ao longo de uma trincheira de acentuados taludes artificiais que passava sob a passagem superior da via que da EN 3 se dirige para a Aringa, continuava para norte e inflectia para nordeste antes da passagem de nível naquela EN, após o que transpunha a ribeira de Valverde onde ainda existem ruínas de uma antiga ponte de pedra. Dirigia-se depois para nascente , passando pelo Bairro de Sargentos e da Enfermaria, seguindo para sudoeste atravessando o Quartel das Tropas, seguindo em linha reta paralela à antiga Avenida do Quartel-General, segundo um alinhamento definido por uma alameda de árvores centenárias ao longo do qual o terreno é mais elevado e se encontra alinhado com os dois portões laterais do quartel das tropas, entrava no recinto dos parques e e oficinas e inflectia para sudoeste perto da área oficinal onde tinha o parque.

 

Esta linha esteve em funcionamento até meados do século XX, provavelmente até pouco antes de 1950, altura em que abriu a Estrada Nacional nº 3 que servia a antiga BA3.

Baseado em:

 História da Escola Pratica de Engenharia

Edição, Regimento de Engenharia n.º 1
Direcção, Coronel de Eng. João Manuel Pires
Depósito legal, 394840/15

Tancos, 2015

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

178 Logged Visits

Found it 163     Didn't find it 13     Write note 1     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 25 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.