Skip to content

<

Abelha Maia

A cache by Numel Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 12/23/2015
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


ABELHA MAIA

As Aventuras da Abelha Maia - (em alemão “Die Biene Maja und ihre Abenteuer”) é um livro infanto-juvenil escrito pelo alemão Waldemar Bonsels, cuja primeira edição data de 1912.

Neste livro de contos para crianças, Maia e os seus amigos Willy, (um Zangão) Flip (umGafanhoto) e muitos outros insectos têm uma vida bastante animada. Outra personagem importante é a D. Cassandra, a professora de Maia, que lhe ensina as virtudes da sociedade das abelhas. O livro descreve o desenvolvimento de Maia, de uma criança aventureira e irreflectida até se tornar um adulto responsável na sociedade das abelhas.

Wolfram Junghans, um fotógrafo alemão, realizou um filme sobre a história original em 1924. O filme foi recuperado em 2005 pelo Arquivo Finlandês de Filmes junto com o Bundesarchiv-Filmarchiv e exibido em Hamburgo e Helsínquia.

O livro original de Bonsels é bastante curto, possuindo apenas 200 páginas. O enredo é centrado na relação de uma abelha (Maia) com a sua colmeia e as aventuras que servem para educar a jovem Maia. Na série de televisão, por outro lado, é aumentada a importância relativa das aventuras.

Abelha Maia (みつばちマーヤの冒険, Mitsubachi Māya no Bōken?, lit. As Aventuras de Maya a Abelha) é uma série de ação nipo-germânica produzida pelo estúdio de animação Zuiyo Enterprise (atualmente denominado: Nippon Animation). A série é composta por 52 episódios e foi originalmente transmitida no Japão entre 1 de Abril de 1975 até 20 de Abril de 1976 no canal TV Asahi (antigamente denominado NET). A série foi baseada na literatura infanto-juvenil clássica “As Aventuras da Abelha Maia de Waldemar Bonsels, a animação tornou-se extremamente popular na Europa e foi retransmitido em vários países desde a sua estreia.

A segunda série da Abelha Maia, intitulada Shin Mitsubachi Māya no Bōken (新みつばちマーヤの冒険). As Novas Aventuras de Maya a Abelha), foi co-produzida em 1979 entre o estúdio de animação japonês Nippon Animation e o estúdio austro-germânico Apollo Film, Wien. A segunda série estreou em primeiro lugar na Alemanha no canal ZDF, entre 1 de Setembro de 1979 até 13 de Setembro de1980. A segunda série era muito diferente da primeira, que durou em torno de 52 episódios, e não era muito popular e não estrou no Japão até Outubro de 1982, no canal TV Osaka, e encerrou suas transmissões em Setembro de 1983.

Música

A versão mais famosa do tema de abertura para este desenho foi o de 1976, que foi composta por Karel Svoboda, com as letras escritas por Florian Cusano e per-formada por Karel Gott nos idiomas Alemão, Checo e Eslovaco. Esta música foi usada também nos outros países europeus, com letras traduzidas da abertura. Até hoje, continua ser uma canção bem conhecida na Alemanha, com Karel Gott performando muitas vazes ao vivo.

História

A história gira em torno de Maia, uma jovem abelha curiosa, aventureira e um pouco volúvel, e suas aventuras na floresta ao seu redor. Maia nasceu numa colmeia de abelhas durante uma agitação interna: a colmeia estava dividindo-se em duas novas colónias. Maia e as outras jovens abelhas vão há escola para aprender todos os deveres e perigos das abelhas. Maia é criada por sua professora, a Sra. Cassandra. Apesar das advertências da D. Cassandra, mas Maia só pensa em explorar a floresta e conhecer todos os seus habitantes e segredos e comete o crime imperdoável de deixar a colmeia. Durante suas aventuras, Maia, agora no exílio, faz amizade com outros insectos e partilha vários perigos com eles.

Nos dois últimos episódios da série, Maia é feito prisioneira pelos zangões, inimigos jurados das abelhas. Prisioneiro das vespas, Maia descobre um plano de vespões para atacar sua colmeia nativa. Maia é confrontada com a decisão, e quer voltar à colmeia e sofre do seu devido castigo, salvando a colmeia, ou deixa o plano sem aviso prévio, poupando-se, mas destruindo a colmeia. Como seria de esperar, Maia, após uma ponderação grave, toma a decisão de voltar. Na colmeia, ela anuncia a vinda de ataque e é, totalmente inesperada, perdoados. As abelhas prevenindo triunfar sobre o ataque de força das vespas. Maia, agora uma heroína da colmeia, torna-se uma professora, como a D. Cassandra e partilha suas experiências e sabedoria com a geração futura.

Distribuição Internacional

A série teve uma grande popularidade em vários países e idiomas como o: Espanhol naAmérica Latina como “La Abeja Maya”, em Portugal como “Abelha Maia”, em Galego como “A Abella Maia”, em Catalão como “L'abella Maia”, em Italiano como “L'ape Maia” e na Checoslováquia como “Včelka Mája” (Tcheco) “Včielka Maja” (Eslovaco). A série também foi lançado em GregoΜάγια η Μέλισσα”, EslovenoČebelica Maja”, MacedônioПчеличката Маја”, HolandesaMaja de Bij”,FinlandêsMaija Mehiläinen”, FrancêsMaya l'Abeille”, PolacoPszczółka Maja”, Croata/Sérvio/BósnioPčelica Maja”, BúlgaroПчеличката Мая”, RussoПчелка Майя”, TurcoArı Maya”, HúngaroMaja, a méhecske”, HebraicoHa-Devorah Maya-הדבורה מאיה”, ÁrabeZina, زينة”, AlemãoDie Biene Maja”,Chinês玛亚历险记”, Coreano마야붕붕 ou “꿀벌마야의모험”, entre outras línguas.

A história em quadrinhos baseada na série de TV foi produzida pela editora alemã Verlag Bastei e traduzida/publicada em vários países do mundo. Foi desenhada alternadamente pelo estúdio Ortega (de Barcelona) e Atelier Roche (de Munique), que também realizou os volumes de ilustrações para livros e diversos artigos de comercialização entre 1976.

A história foi também adaptada para televisão pela companhia de animação japonesa Nippon Animation em 1975, com o título Mitsubachi Maya no Boken (みつばちマーヤの冒険) tendo ganho relevância no canal de televisão RTP em Portugal entre 1978 e 1980 como “A Abelha Maia. A série também teve um filme intitulado “Abelha Maia: O Filme”, produzido pelo Studio 100 Animation.

Portugal

Em Portugal a primeira série estreou na RTP em 1978 com dobragem portuguesa. A segunda série passou na RTP no início dos anos 80, também com dobragem portuguesa, a série também foi emitida pela SIC K. Em 2015 o Canal Panda transmitiu a nova versão em 3D. Em 1996 a Privideo editou alguns VHS da série com uma nova dobragem. Em 2003 a Privideo começou a editar a série em DVDcom 6 DVDs com 30 episódios

Banda Sonora (interpretada por Maria Fernanda Pereira de Sousa e Tozé Brito)

Abertura - ('Lá num País Cheio de Cor')

Lá num país cheio de cor

Nasceu um dia uma abelha

Bem conhecida pela amizade

Pela alegria e pela bondade

Todos lhe chamam a pequena Abelha Maia

Fresca, bela, doce Abelha Maia

Maia voa sem parar

No seu mundo sem maldade

Não há tristeza para a nossa Abelha Maia

Tão feliz e doce, Abelha Maia

Maia, eu quero-te aqui

Maia (Maia), Maia (Maia), Maia vem fala-nos de ti

Numa manhã ao passear

Vi uma abelha numa flor

E ao sentir que me olhou

Com os seus olhitos de cor

E esta abelha era a nossa amiga Maia

Fresca, bela, doce Abelha Maia

Maia voa sem parar

No seu mundo sem maldade

Não há tristeza para a nossa Abelha Maia

Tão feliz e doce, Abelha Maia

Maia, eu quero-te aqui

Maia (Maia), Maia (Maia), Maia vem fala-nos de ti

Maia, eu quero-te aqui

Maia (Maia), Maia (Maia), Maia vem fala-nos de ti

Fonte: Wikipédia

A Cache

A cache inicialmente contem: Logbook, lápis afia e borracha.

Para os três primeiros visitantes um pequeno presente…de Natal.

NÃO PUBLICAR FOTOS DA CACHE.

Todas as fotos publicadas da cache serão retiradas.

Obrigado


This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.