Skip to Content

<

Chafurdão das Lancheiras

A cache by VilleCouer Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/05/2016
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size: micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Atenção: A cada registo online deverá sempre corresponder o respetivo registo físico do mesmo nick. Dito isto, não admitiremos registos de tours e/ou nicks fictícios nas nossas caches pelo facto dos mesmos não corresponderem a contas oficiais de geocaching. Registos online que não tenham a devida correspondente física serão apagados!


O container não está escondido na estrutura do chafurdão!

Por favor, tenham muito cuidado com o container para não o danificarem e não publiquem fotografias do mesmo. Tenham atenção a possíveis muggles!


Chafurdão das Lancheiras
(Idade Moderna / Contemporânea)
[Castelo de Vide]

O chafurdão ou furdão, é um tipo de construção, cuja silhueta em muito se aproxima à da choça, mas cuja estrutura é totalmente divergente.
As mais comuns, de planta circular, apresentam diâmetros que variam entre os 3,50m e os 10m. Uma estrutura exterior cilíndrica, que pode ultrapassar os 3m de altura é sobrepujada por uma cobertura em forma de calote de esfera. Os volumes isoláveis no exterior não se reflectem no interior, onde uma forma mais ou menos cónica é constatável. Esta forma interior resulta duma técnica de construção que recorre a lajes de granito ou xisto que dispostas horizontalmente e arrancando directamente da base vão-se fechando, gradualmente, à medida que se aproxima do topo. À altura máxima, esta estrutura é completada com uma laje móvel que poderá facilitar uma maior renovação do ar. Uma porta, e por vezes uma pequena fresta que sobre ela se abre, são as únicas comunicações com o exterior.
Os vãos que possam existir entre as lajes fundamentais que formam estas espantosas construções são preenchidos por pedras de menor calibre, não havendo vestígios de qualquer tipo de argamassa na sua estrutura.
No exterior, a cobertura é completada por terra batida, desempenhando múltiplas funções. Para além de conferir a toda a construção uma maior estabilidade ao preencher pequenos vãos ainda existentes, isola em termos de humidade e temperatura o seu interior.
Nalguns chafurdões podem encontrar-se, no interior, pequenos nichos, abertos na parede.
Raras são as construções deste tipo que não apresentam a porta virada a nascente.
Construídas invariavelmente sobre a rocha, estas edificações não apresentam, portanto, qualquer potência de solo arqueológico. É nesta ausência de solo que reside a indefinição cronológico-cultural que as envolve.
Na verdade, já alguns estudos sobre os chafurdões foram ensaiados, contudo, nenhuma certeza ainda existe, quer quanto à sua função, quer quanto à data da sua construção. Desde sepulturas a casas de habitação, passando por abrigos de animais várias têm sido as opiniões dos investigadores sobre a razão de ser destas edificações.
A sua semelhança em termos arquitectónicos com algumas pocilgas poderá estar na origem do nome com que são conhecidas. Contudo, se se destinavam ao abrigo de animais, como explicar a existência, de cercas, estas seguramente para gado, que se anexam quase invariavelmente a estas construções, bem como compreender os já referidos nichos?
Tratando-se de construções bastante robustas elas começam já a mostrar vestígios de degradação. Esta situação acelerou-se, principalmente, com o gradual abandono dos campos a que temos assistido nos últimos anos. O agricultor e o pastor ao servirem-se dos chafurdões para os mais diversos fins contribuíram para a sua manutenção. Recolocando alguma pedra que caía, repondo terra na cobertura, cortando alguns arbustos que por entre a estrutura teimavam em crescer, os chafurdões conseguiram, assim chegar aos nossos dias.

in: http://www.cm-marvao.pt/pt/historia-e-patrimonio/monumentos/13-turismo/75-chafurdao


Atenção! O local não costuma ser movimentado. No entanto, caso vejam alguém pela zona, tenham um bocadinho de paciência e aproveitem para visitar e fotografar o local, até estarem à vontade para procurar e logar a cache. Lembrem-se que a longevidade das caches depende sempre da vossa forma de cachar! Pensem nos owners e nos restantes geocachers e não arrisquem expor a cache só para terem mais um smile no mapa.

Boa cachada!


VilleCouer



PS: levem material de escrita porque não existe no container.


Additional Hints (Decrypt)

Ngraçãb: b pbagnvare aãb fr rapbagen an rfgehghen qb punsheqãb!

Cbqvn fre vthny àf erfgnagrf, znf é qvsreragr.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.