Skip to content

<

Construção da Estrada - Alvoco da Serra

A cache by prui63 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/17/2016
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Smiley face Smiley face

Uma Estrada, Senhores Deputados!
O pedido de uma estrada que ligasse Alvoco à estrada municipal, que se encontrava, no ultimo quartel do século XIX, em S. Romão, ecoa como um grito pertinente e sofrido, pela ausência deste bem essencial de comunicação com o mundo. Este assunto ocupou integralmente a sessão de 8 de Maio de 1887.
Eis o texto integral da petição:
" Senhores Deputados da Nação Portuguesa: A Junta da Paróquia da Freguesia d' Alvoco da Serra, concelho de Seia, distrito da Guarda, vem respeitosamente pedir aos Digníssimos Representantes da Nação, que em Cortes se decrete uma estrada distrital, que partindo da estrada municipal que vem de Seia a S. Romão siga desta povoação por Valezim, Loriga e Alvoco e irá entroncar no sitio das Pedras Lavradas com a estrada real que vem da Covilhã e que dali segue para a Ponte das Três Entradas, até Santa Comba Dão.
São manifestas as vantagens que resultam da sua construção, visto que com ela e na extensão de 25 km aproximadamente se põem em comunicação directa as povoações da serra, tão ricas como importantes pela sua população, agricultura, comércio e fábricas de lanifícios com os distritos da Guarda, Castelo Branco, Coimbra e Viseu.
A povoação de Alvoco da Serra é digna sem duvida deste beneficio não só pelas suas produções agrícolas que exporta em larga escala, mas também pela sua industria e comércio, sendo por isso, esta uma das povoações que com o produto dos seus haveres e trabalho, mais eficazmente contribui para as despesas do Estado e Município.
Conta actualmente três fábricas completas de lanifícios, que consomem cerca de 225.000 quilos de lã e empregam operários d'um e outro sexo e por certo se teria multiplicado e desenvolvido progressivamente esta sua industria se tivesse vias de comunicação que lhe facilitasse o transporte de objectos de que carece, principalmente de matérias primas e o das manufacturas aos mercados e centros de consumo.
A indicada estrada satisfará o fim desejado porque por meio dela conseguirão os povos da serra ir fornecer de lã à feira de S. João de Évora e concorrer com os seus artefactos aos mercados da Covilhã, Fundão e Alpedrinha no Distrito de Castelo Branco, aos de Arganil e outros no Distrito de Coimbra, aos de Mangualde e feira franca no Distrito de Viseu.
Ao passo que o actual, difícil, e excessivo custo de transporte inibe de apresentar e concorrer com o produto da sua industria aos referidos pontos de consumo e aumentando necessariamente o preço das mercadorias, aparta delas a concorrência, etc.
em "Monografia de Alvoco da Serra", de António Mendes Aparício

Additional Hints (Decrypt)

Aãb gr qvfgenvnf...

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)