Skip to content

Vila de Casével Traditional Cache

Hidden : 04/23/2016
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Vila de Casével

Casével foi uma freguesia portuguesa do concelho de Castro Verde, com 23,24 km² de área e 448 habitantes (2011), tendo a vila em si 341 habitantes. Actualmente pertence à União de freguesias de Castro Verde e Casével.

Distando cerca de 10 km de Castro Verde, Casével recebeu foral de D. Manuel I a 20 de setembro de 1510 e foi sede de concelho até 1836, altura em que passou a pertencer ao concelho da Messejana. Só a 24 de outubro de 1855 foi incluída no concelho de Castro Verde. 

Ao nível do património artístico, destaca-se a Igreja Matriz de Casével e a célebre cabeça-relicário de S. Fabião. A igreja remonta ao século XIV e apresenta um estilo Barroco, sendo prestado culto a São João Baptista. A cabeça-relicário de S. Fabião é uma peça única de ourivesaria com mais de oitocentos anos, tratando-se de uma cabeça em tamanho natural, toda em prata, contendo no seu interior um crânio humano que se “diz” ser do papa e mártir do Cristianismo, S. Fabião. Reza a história que esta relíquia veio para Portugal no século XIII, pela mão da princesa D. Vataça Lescaris. A peça pode ser apreciada na exposição do Tesouro da Basílica Real de Castro Verde.

Na Vila de Casével existe uma boa oportunidade de contactar com o cante alentejano e a gente que lhe dá voz, graças à Associação de Cante Alentejano “Vozes das Terras Brancas”, que dinamiza o grupo coral “Vozes de Casével” e tem aberto ao público a sede da Associação, que fica junto ao Largo da Praça, e onde se pode ouvir cantar, petiscar e apreciar um vasto conjunto de utensílios ligados à tradição etnográfica da antiga freguesia.  – Link Cache Vozes das Terras Brancas.

Localidade harmoniosamente encaixada na paisagem, não deixa de ser interessante um passeio a pé pelas suas ruas estreitas e frescas e admirar a extraordinária peça em ferro que ilustra a entrada da vila de Casével, homenageando os grupos corais e o cante alentejano.

Como era normal nesta zona do campo branco alentejano, a população dedicava-se essencialmente à agricultura e pecuária. Actualmente, o maior empregador da vila é a Fundação Joaquim António Franco, no qual se destaca a sua Unidade de Cuidados Continuados de Média Duração e Reabilitação e o seu Estabelecimento Residencial para Pessoas Idosas, inaugurados ambos no ano de 2011.

Na gastronomia destacam-se as cabeças de borrego assadas, o ensopado de borrego e as Migas.

No artesanato o destaque vai sem dúvida para a viola campaniça, que é a maior das violas portuguesas com cerca de 94 cm.

As alturas festivas da vila são as Festas de S. João, a 24 Junho e as Festas Anuais da Vila, que decorrem no 2º fim de semana de Agosto.

NOTA: Na falta de kit de unhas, pode ser necessário uma chave (fendas serve) para abrir o container. O local tem vista sobre a vila e sobre a planície alentejana. Espera-se que desfrutem e boas cachadas!



This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (No hints available.)