Skip to content

<

"A Caverna" Mosqueiros Alta

Hidden : 10/12/2016
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

A Gruta de Mosqueiros Alta versus "A Caverna" de José Saramago


Cave

Esta multicache directa leva-te à Gruta de Mosqueiros Alta, próxima da localidade de Carvalhal, concelho de Alcobaça. 
Situada no vale do rio Mogo, numa vertente do Cabeço dos Mosqueiros, está rodeada por vegetação densa e com acesso possível apenas a pé ou de bicicleta. 

Identificaram-se contextos arqueológicos associados a este local, integrando-se nos horizontes cronológicos das restantes grutas do Vale do Carvalhal. 

Registo do espólio encontrado:

  • Laminas de sílex - 21 unid.
  • Machados e enxós em pedra polida - 10 unid.
  • Polidor em xisto - 1 unid.
  • Bloco de diorite polido - 1 unid.
  • Bracelete de concha - 1 unid.
  • Furador em osso - 1 unid.
  • Conchas diversas - 7 unid.

Fonte: http://carvalhalmoirame.blogspot.pt/2009/12/mosqueiros-alta.html

José Saramago

A caverna é o titulo de um livro do nosso Prémio Nobel da Literatura (1998) José Saramago.

O livro conta uma história de gente simples: um oleiro, um guarda, duas mulheres e um cão muito humano.

A família de oleiros vê a profissão tradicional ser derrubada pelas novas tecnologias, tentam sobreviver num mundo simples, mas sentem-se engolidos pela cidade, pela industria e pelo comércio de produtos modernos.

Nenhuma coincidência com o mundo real é acidental. As novas gerações estão cada vez mais ligadas à mídia e ao consumo como modelo de vida. Olhamos para imagens fabricadas e as concebemos como realidade. Construímos sombras de nós mesmo em redes sociais, convencendo os outros de sermos o que apresentamos. Vivemos a olhar para monitores, écrans, em suma imagens virtuais, e não nos viramos e olhamos para o que nos rodeia. A Caverna é, infelizmente, atual e “essas pessoas somos nós”.

É pois uma versão moderna do mito da caverna de Platão, com José Saramago a fazer uma apresentação subtil da face cruel do mundo capitalista e tecnológico.

Platão, República, Livro VII

- O TESOURO DA CAVERNA -

AS COORDENADAS PUBLICADAS INDICAM A ENTRADA DA CAVERNA.

Consulta os mapas para mais fácilmente a alcançares!

Para encontrares o seu tesouro terás de entrar nas profundezas da terra (munido de lanterna de preferência) e perscrutar com cuidado o seu interior. POR SE TRATAR DE UMA CAVERNA, POVOADA POR ALGUNS MORCEGOS, POR FAVOR EVITE PERTURBAR OS MESMOS!!!

O container estará ao fundo, na galeria mais à direita, devidamente resguardado.

DEIXA O CONTAINER BEM PROTEGIDO E CORRECTAMENTE FECHADO. TEM CUIDADO COM O PISO E LEMBRA-TE QUE NO INTERIOR DA GRUTA ESTARÁS POR TUA CONTA E RISCO.

O recipiente tem dimensões generosas, contem material de escrita, itens para troca e uma GC para o primeiro visitante!

Additional Hints (Decrypt)


CBE SNIBE RIVGR CREGHEONE BF ZBEPRTBF!!!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.