Skip to content

<

Columns Pier: The Lisbon Gateway

A cache by João Pedro Proença Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 10/22/2016
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:



Cais das Colunas: A Porta de Lisboa / Columns Pier: The Lisbon Gateway

A História do Cais das Colunas

O cais das Colunas deve o seu nome aos dois pilares erigidos na zona ribeirinha da praça do Comércio. São uma obra do arquiteto Eugénio dos Santos, realizada durante a reconstrução de Lisboa, após o terramoto de 1755. Estes pilares, que encabeçam a escadaria de mármore que desce até ao rio Tejo, são de inspiração maçónica e representam as duas colunas do templo de Salomão (a sabedoria e a devoção). O cais das Colunas funciona assim como a porta fluvial de entrada em Lisboa e à sua frente, em linha reta, fica a estátua equestre de Dom José I. Mais atrás, no mesmo alinhamento, ergue-se o arco triunfal da rua Augusta.

Este cais sempre foi considerado como a porta nobre de Lisboa e, através dele e dos seus degraus de mármore, o Cais das Colunas viu desembarcar vários chefes de estado e outras figuras de destaque (como por exemplo a Rainha Isabel II de Inglaterra).

Um facto pouco conhecido são as inscrições nas colunas. Durante o Estado Novo o então Presidente da República, o general Óscar Carmona, fez a primeira viagem de um chefe de Estado português às colónias (portuguesas). Foram nessa altura realizadas duas viagens a primeira, em Julho de 1938, e a segunda em Junho de 1939. De modo a assinalar as viagens foram inscritas duas mensagens, uma em cada coluna. Na coluna do lado nascente uma mensagem do Presidente da República (Carmona), na do lado poente do Presidente do Conselho (Salazar).

Na coluna do lado nascente pode ler-se: “Aqui embarcou o chefe de estado para a primeira viagem às terras ultramarinas do império: São Tomé e Príncipe e Angola. XI de Julho – XXX de Agosto de MCMXXXVIII com a certeza de que fala pela minha voz Portugal Inteiro.” E assina General Carmona.

Na coluna do lado Poente pode ler-se: “A segunda viagem do chefe do estado às terras ultramarinas do império: Cabo Verde, Moçambique e Angola. XVII de Junho – XII de Setembro de MCMXXXIX a viagem do chefe do estado às terras do império em África está na mesma directriz das nossas preocupações e finalidade, é manifestação do mesmo espírito que pôs de pé o acto colonial.” E assina Salazar.

(retirado de Ezimute, Wikipédia e para mim tanto faz)

History of "Cais das Colunas" (Columns pier)

“Cais das Colunas” (Columns pier) owes its name to the two pillars erected in the riverfront of “Praça do Comércio”. The pillars belong to the architect Eugénio dos Santos, who designed and built them during the reconstruction of Lisbon, after the 1755 earthquake. Inspired by the freemason imagery, these columns head a marble stairway that leads to Tagus River and represent the two pillars on the Solomon Temple (Wisdom and Devotion). Thus, cais das Colunas works as a river gateway to Lisbon and in front of it is the equestrian statue of king D. José I. A bit further, following the same straight-line, is the rua Augusta triumphal arch.

This pier has always been regarded as the prime port of Lisbon and, through it and its marble steps, the columns of the pier saw land several heads of state and other prominent figures (such as Queen Elizabeth II of England).

An interesting fact is the inscriptions on the columns. During the Estado Novo government (dictatorship) the President of the Republic, General Oscar Carmona, made the first visit by a head of state of Portugual to the (Portuguese) colonies. He made two trips: the first in July 1938 and the second in June 1939. In order to mark the historical moment it was decided recorded two messages, one in each column. On the east column the President of the Republic's (Carmona) message, on the west side the President of the Council's (Salazar) message.

On the eastern side column can be read: "Here boarded the head of state for the first trip to overseas lands of the empire: São Tome and Príncipe and Angola. XI July. - XXX August MCMXXXVIII with the certainty that Portugal speaks through my voice" Signed General Carmona.

On the column of the west side you can read: "The second trip of the head of state to overseas lands of the empire: Cape Verde, Mozambique and Angola. XVII June - XII September MCMXXXIX the head of state travel to the lands of the empire in Africa is in the same guideline of our concerns and purpose, is a manifestation of the same spirit that stood up the colonial act" Signed Salazar.

(Text from Ezimute, Wikipedia and "para mim tanto faz")

Material de Construção e Meteorização Química / Building Materials and Chemical Weathering

O caís das colunas é construido com pedras de mármore. O Mármore é uma rocha metamórfica originada de calcário exposto a altas temperaturas e pressão extrema. As rochas são consideradas, pela população em geral, como elementos duros, inertes e duradouros. Todavia as suas características podem vir a modificar-se como resultado da adaptação a um ambiente diferente daquele em que foram geradas. Tal é possível observar no mármore no cais das colunas, que sofre bastante com meteorização química.

A meteorização química caracteriza-se por reações químicas entre o meio envolvente e os minerais que compõem as rochas. Existem 4 principais agentes responsáveis por estas meteorizações químicas são eles a água com diferentes substâncias dissolvidas, o oxigénio e o dióxido de carbono atmosféricos; substâncias produzidas pelos seres vivos e a temperatura, uma vez que influencia a velocidade das reações químicas.

(retirado de Dimânica geológica)

The Columns Pier is built with marble stones. The marble is a metamorphic rock originated in limestone exposed to high temperatures and extreme pressure. The rocks are considered by the general population, as hard, inert and enduring elements. But its features are likely to be changed as a result of adaptation to a different environment from where they were generated. This can be seen in the marble on the pier column. They are suffering from chemical weathering.

The chemical weathering is characterized by chemical reactions between the surroundings and the minerals composing the rock. There are 4 main agents responsible for these chemical weathering are they: water with different dissolved substances, oxygen and atmospheric carbon dioxide; substances produced by living beings and temperature (as it influences the rate of chemical reactions).

(Text from "Dinamica-geologica")

Tipos de marés / Tidal Types

Ao contrário do que, numa primeira impressão poderíamos pensar, na zona onde nos encontramos o Rio Tejo é influenciado pelas marés. As marés que influenciam a nossa costa propagam-se Rio a cima com uma periodicidade idêntica. Contudo existe uma dissipação de energia e este efeito de maré perde intensidade à medida que subimos o Rio.

A ideia generalizada nas marés é que elas mudam duas vezes ao dia. Isto é existem duas marés cheias e duas marés baixas por dia. Em teoria se a Terra fosse uma esfera coberta por um mar de profundidade uniforme, haveria de facto 2 marés altas de amplitudes diferentes em cada dia lunar (24 horas e 50 minutos) e 2 marés baixas. A este tipo de maré “ideal” chama-se semidiurna.

Contudo este tipo de maré ideal nem sempre se verifica. Existem sítios onde apenas ocorre uma maré alta e uma maré baixa a cada dia lunar, a este tipo de marés chama-se diurna. É possível ainda observar zonas onde as marés são mistas, nestas situações verificam-se características de marés semidiurnas e outras de marés diurnas. Estes tipos de marés caracterizam-se por duas marés altas no mesmo dia lunar, mas em que uma tem uma amplitude muito superior à outra.

No gráfico abaixo está representada a variação da maré ao longo de um dia na zona onde nos encontramos, e que representa bem o tipo de maré que podemos observar nesta zona.

Altura da maré ao longo de um dia

(retirado de Universidade do Porto)

In the area where we at, the Tagus River is influenced by tides. The tides that influence the portuguese coast, propagate to the river with an identical basis. However is power is dissipated and loses effect and intensity as we go up the river.

The general idea about tides is that they change twice a day. This means that there are two high tides and two low tides per day. In theory if the Earth was a sphere covered by a sea of uniform depth, it should be two high tides of different amplitude (but similars) in each lunar day (24 hours and 50 minutes) and two low tides. This type of "ideal" tide is called semidiurnal.

However this type of ideal tide is not always observed. There are sites where only occurs at high tide and low tide in each lunar day, this type of tidal is called diurnal. It is also possible to observe areas where tides are mixed , in these situations are characterized by semidiurnal and diurnal features. These types have two high tides in the same lunar day, but that one of them has a much higher amplitude.

The chart below depicts the variation of the tide over one day in this area. Through it we can assess the kind of tide that we can observe in this area.

Altura da maré ao longo de um dia

(text from Universidade do Porto)

Para "Logar" esta EarthCache / To Log this EarthCache

Para “logar” esta cache deve visitar o local, nas coordenadas indicadas.

Depois deve responder às seguintes questões e enviar as respostas para o seguinte endereço jpp.geocaching@gmail.com

1. De que tipo de rocha é feito o Cais das Coluna?

2. Leia a informação da secção "Material de Construção e Meteorização Química" e observe o bem as rochas do Cais das Colunas. Descreva-me, em uma linha, qual o estado actual das rochas e o efeito observavel da Meteorização Química.

3. Na secção "Material de Construção e Meteorização Química" são referidos 4 agentes responsáveis pela meteorização quimica. Dos 4 qual considera ser o maior responsável meteorização quimica deste local?

4. Leia a informação da secção "Tipos de Marés" e observe o gráfico que ai se encontra sobre a variação da maré neste local ao longo de um dia. Com base no gráfico e na informação indique que tipo de maré podemos observar nesta localização.

5. Ao lado temos uma escala que permite estimar a altura da maré. Com base nesta escala estime a altura atual da maré. Envie-me essa informação, conjuntamente com a hora e a data em que realizou esta earthcache. (Caso não tenha descarregado a escala, tire uma foto à coluna do lado direito e compare a altura da maré com a escala quando tiver acesso à internet)

6. (Opcional) Tire uma foto de com algo que o identifique como geocacher no local!

Em seguida poderá fazer o seu “found it” on-line!

Escala de maré
Escala

To log this cache you must visit the coordinates above.

Then you must answer the following questions and send the answers to the following address jpp.geocaching@gmail.com

1. From what kind of rock is Pier Column made of?

2. Read the information in "Building Materials and Chemical Weathering" and observe well the rocks of the Columns Pier. Describe me in one line the current status of the rocks and the observable effect of chemical weathering.

3. In "Building Materials and Chemical Weathering" are referred four agents responsible for chemical weathering. Of the 4, which do you consider to be the most "responsible" for chemical weathering of this site?

4. Read the information in the "Tides Types" section and the graph that shows the change of tide, in this place, over one day. Based on the chart and information indicating what kind of tide can be observe at this location.

5. Alongside we have a scale that allows to estimate the height of the tide. Basis of that scale estimate the current tide height. Send me this information, together with the time and date on which this EarthCache was made by you. (If you have not downloaded the scale, take a picture of the right column and compare the tide height with the scale when you have internet access)

6. (Optional) Take a picture with something geocache related in the coordinates!

Then you can make your "found it" online!

Tidal scale
Escala
This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.