Skip to content

<

Rota do Românico - Igreja Românica de Tarouquela

A cache by Mangusto73 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 11/22/2016
Difficulty:
2.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

Igreja Românica de Santa Maria Maior de Tarouquela


A importância histórica de Tarouquela é hoje apenas assinalada pela remanescente Igreja que era parte integrante de um dos primeiros mosteiros femininos da ordem de São Bento a sul do Douro. 

A sua origem, em meados do século XII, associa esta casa monástica a um casal, Ramiro Gonçalves e sua esposa D. Ouruana Nunes, que adquiriram uma herdade que fora de Egas Moniz, dito o Aio de Afonso Henriques, e sua mulher. 

Nela fundaram um Mosteiro que o Bispo de Lamego reconheceu em 1171 e que os seus descendentes confirmaram. Embora Tarouquela seguisse inicialmente a Regra de Santo Agostinho, com D. Urraca Viegas, filha de Egas Moniz de Ortigosa, alterou-se o hábito e as monjas passaram a professar a Regra beneditina. 

Gerido por dinastias de abadessas, a história deste Mosteiro cruza-se com a das famílias mais notáveis da região. A influência dos Resendes deixou-se de sentir quase simultaneamente em Tarouquela e em Cárquere (Resende), onde foi sepultado Vasco Martins de Resende, sobrinho de D. Aldonça, abadessa documentada na passagem do século XIII para o XIV e que foi uma das mais ativas com um longo período de gestão, que lhe permitiu dispor de bens dentro do seu círculo familiar. 

É natural que com a cessação da influência dos Resendes, o abadessado fosse parar às mãos de familiares e padroeiros do Mosteiro, ainda que temporariamente. No século XIV encontramos Tarouquela nas mãos dos Pintos, de Ferreiros de Tendais. A partir do século XV as sobrinhas sucedem às tias, mantendo o poder numa família muito ligada às elites urbanas do Porto. 

No século XV já se verifica algum declínio no Mosteiro. Além do seu caráter intrinsecamente familiar, do seu isolamento físico e da sua dimensão, nota-se algum desmazelo por parte das monjas tarouquelenses. As abadessas quebravam muitas vezes os votos celibatários e agiam conforme os seus interesses pessoais.

Em 1535, instala-se em Tarouquela uma regedora, a abadessa de Arouca, D. Maria de Melo, para serenar os ânimos derivados da vontade régia de extinção do Mosteiro e preparar a transição para São Bento de Avé-Maria, no Porto, em 1536. Este Mosteiro, fundado em 1514 por D. Manuel I (r. 1495-1521), fora construído para reunir num só lugar as monjas de diversos institutos femininos, como foi exemplo Tarouquela.

 


O ENIGMA

 

Para encontrar o GZ desta cache, deverá resolver o enigma proposto (“sopa de letras”), encontrando as respostas às perguntas e identificar os valores da formula.


 

As perguntas:

 

Qual o nome da família, ligada a este Mosteiro e que deu origem ao nome de um concelho? (TERCEIRA letra)

Qual o distrito onde se encontra a Igreja de Santa Maria Maior de Tarouquela? (PRIMEIRA letra)

Qual o CONCELHO onde se encontra a Igreja de Santa Maria Maior de Tarouquela? (PRIMEIRA LETRA)

Primeiro nome do fundador do Mosteiro? (ULTIMA letra)

Em que época da historia ocorre o desenvolvimento e da expansão da arquitetura românica? (ULTIMA letra)

Qual é o Orago desta Igreja? (ULTIMA letra)

A expansão da arquitetura românica, em Portugal, coincide com que reinado? (QUARTA letra)

No portal da igreja estão patentes duas esculturas que representam dois animais, quais são? (SEGUNDA letra)



You can check your answers for this puzzle on GeoChecker.com.


This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (No hints available.)



Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.