Skip to content

#18 Alan Jones Traditional Cache

Hidden : 01/04/2017
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





World Race TB´S

Este PT tem como objectivo dar a conhecer todos os campeões de Formula 1.

Muitos foram os que voaram baixinho desde 1950, fazendo sonhar os adeptos, mas poucos foram os que escreveram o seu nome a letras douradas nesta modalidade.

É um PT totalmente em asfalto, tal como são os circuitos de F1.




Alan Jones



(Melbourne, 2 de novembro de 1946) é um ex-automobilista australiano. O primeiro título conquistado foi em 1958 na Austrália quando foi campeão da Victorian Junior Karting. Foi coroado campeão da Can-Am em 1978 com um Haas-Hall.

Começou na Fórmula 1 em 1975, disputando o GP da Espanha pela Hesketh. Correu ainda pelas equipas Hill, Surtees e Shadow (onde venceu pela primeira vez na categoria, no GP da Áustria) até 1977.



Jones chegou ao auge da sua carreira no campeonato de 1980, quando foi Campeão Mundial de Fórmula 1 pela equipa Williams, na qual estava desde a temporada de 1978. Na segunda etapa do campeonato de 1981, Alan Jones causou um episódio um tanto constrangedor, no Grande Premio do Brasil, disputado em Jacarepaguá (Rio de Janeiro); além de ter vencido a primeira prova do campeonato de 1981, o australiano era considerado o primeiro piloto da equipa Williams.

Durante a corrida, os dois carros da equipa de Frank Williams estão em condições de fazer a dobradinha. O domínio dos dois carros não será ameaçado com o segundo piloto da equipa, o argentino Carlos Reutemann na liderança e Jones imediatamente atrás (2ª posição). A equipa ordena que o argentino deixe o australiano ultrapassá-lo, aumentando as chances da equipa conquistar o campeonato.

Reutemann ignorou o pedido da equipa e venceu a corrida. Revoltado com a atitude do seu companheiro de equipa, Jones se recusou a subir ao pódio para receber o troféu de 2º classificado.



Possivelmente por influência dos desentendimentos entre Jones e Reutemann, o campeonato de 1981 acabou sendo vencido pelo brasileiro Nelson Piquet, piloto da equipa Brabham, a despeito da excelente fase que a Williams estava passando. Sem espaço na equipa de Frank, deixou a Fórmula 1 no final do ano.



No campeonato de 1983, fez uma única prova pela equipe Arrows, em Long Beach, no Grande Prêmio do Oeste dos Estados Unidos, substituindo o brasileiro Chico Serra, tendo abandonado por problemas físicos.


O piloto australiano retornaria pela terceira vez na F1 em 1985 estreando a equipa Lola-Beatrice, no Grande Prêmio da Itália em Monza, e por todo o campeonato de 1986, tendo como resultado de maior relevo um 4º na Áustria (mesmo palco de sua primeira vitória) e de onde encerrou de vez sua passagem na Fórmula 1 para correr na Sports Sedan GT Australiana, na qual competiu até 2002.




Após 3 anos inativo, Jones ainda tentou voltar a correr em 2005, na recém-criada Grand Prix Masters (categoria que reunia ex-pilotos de Fórmula 1), mas não conseguiu participar da etapa inicial, por dores no pescoço. Depois disso, encerrou definitivamente a carreira de piloto.


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre


A Cache:


Apenas contém logbook. NÃO TEM MATERIAL DE ESCRITA

Boas Corridas
Pé Na Chapa


Additional Hints (Decrypt)

IREQR

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)