Skip to content

3 - Coval da Mó: As Minas Multi-cache

Hidden : 07/29/2017
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
4 out of 5

Size: Size:   regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Esta cache pertence a um conjunto de caches que pretendem dar a conhecer o vale do Coval da Mó.


A rota do Coval da Mó: através de 6 caches pretendo dar a conhecer esta vale encaixado onde escoa uma pequena ribeira que alimenta três moinhos e tem como ex-libris as minas do Coval da Mó já abandonadas. As caches estão dispostas de forma circular e numeradas de forma a que o percurso seja feito sem andar para trás e para a frente devido à multi cache das Minas. Recomendo também a visita à cache Capela Santo António da Mata, que se deve efetuar entre as caches 2 e 3. O percurso tem cerca de 8 km e pode ser percorrido de veículo TT, de bicicleta TT ou a pé.

As Minas: para esta cache decidi fazer uma coisa um pouco diferente para vos dar a conhecer as redondezas do complexo mineiro da Coval da Mó, por isso leiam a história.

Durante o tempo em que as minas do Coval da Mó estiveram em atividade, foi reportado que, para além dos metais tradicionalmente extraídos, também era extraída prata em pequenas quantidades. A existência de prata neste local já era conhecida desde os tempos dos Romanos, que exploraram a zona durante a invasão Romana que ocorreu dois séculos antes de Cristo.

Boatos começaram a surgir sobre uma antiga fortuna constituída por medalhões de prata, que foi deixada perdida no tempo e no espaço quando os Romanos foram derrotados.

Um dia não identificado, algures quando as minas do Coval da Mó estavam em pleno funcionamento, os boatos deixaram de ser boatos e passaram à realidade. Um mineiro alegou ter encontrado os medalhões de prata, mas que devido às revistas diárias que eram alvos os mineiros no fim de cada turno, este escondeu os medalhões algures no recinto mineiro.

O problema foi que um dos chefes superiores ouviu esta história de um mineiro ter encontrado os medalhões de prata e alegaram que estes pertenciam às minas e deviam ser processados com o resto da prata, destruindo-se assim aquilo que devia ser considerado património em troco de mais uns ganhos. Os chefes fizeram de tudo para encontrar o paradeiro deste tesouro, mas nunca o encontraram. Serás que tu és capaz de o encontrar? Fica o relato deste mineiro que vos ajudará nesta aventura.

“O meu fim parece estar próximo, tanto eu como a minha família temos recebido várias ameaças de morte por parte dos chefes das minas. Eles chegaram ao ponto de me mostrarem a minha lápide e disseram que ela não ia parar ao cemitério, em vez disso seria despejada na escombreira juntamente com o meu corpo.

Só espero que o paradeiro dos medalhões não morra comigo, mas também não quero que este tesouro chegue às mãos dos meus gananciosos chefes. A sobrevivência do tesouro só pode ser assegurada se este permanecer escondido até um dia em que as minas fechem de vez e alguém o possa vir resgatar, por isso vos deixo este texto. Pedi a um chegado amigo mineiro que se eu desaparecesse, no dia a seguir ele despejasse algo na escombreira que lhe dei.

Quando encontrares o tesouro, há um medalhão especial que contém algo no seu interior!”

Recomendações: Não se aventurem em corta mato, pois não vale a pena. No último ponto peço especial cuidado na abordagem, devido ao perigo de queda.

Additional Hints (Decrypt)

Cbagb 1: an gbeer<br />Cbagb 2: n zvaun yácvqr qá-gr gbqnf nf erfcbfgnf<br />Cbagb 3: yá ab shaqb, fó hzn é dhr aãb fr rapbagen frynqn!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)