Skip to Content

<

What's happening to Maria Luísa?

A cache by Gatarron Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 07/28/2017
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size: other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

Podem registar esta earthcache após enviarem as respostas. Logs sem que tenham sido enviadas as respostas previamene serão apagados sem aviso prévio.

You may log the earthcache after sending me the answers. Logs made without answers previously sent will be deleted without previous notice.


 

As rochas estão sujeitas à interferência de vários processos físicos e químicos que ocorrem à superfície do planeta, como a circulação do ar e da água, a ação da temperatura e dos seres vivos, que conduz à alteração da sua configuração e, consequentemente, da própria superfície terrestre.

 

Falamos de meteorização para designar o processo de decomposição das rochas e dos solos devido à ação de elementos físicos, químicos e biológicos, e de erosão para designar o processo de remoção e transporte de material das rochas e dos solos. Estes processos são distintos, mas ocorrem muitas vezes de forma simultânea e interligada, estabelecendo-se entre ambos uma relação de causa-efeito.

 

A erosão divide-se em dois grandes tipos: erosão física ou mecânica, em que a rocha é decomposta e transportada por ação de um elemento físico; e erosão química, em que esse efeito é causado por meio de uma reação química.

Rocks are subject to several physical and chemical processes that occur at the Earth’s surface, such as water and air flow, temperature, activity of living beings, which causes a change in their appearance and, consequently, a change in the earth’s surface.

 

 

Weathering is the decomposition of rocks and soil due to the action of physical, chemical and biological. Erosion is the action of surface processes (such as water flow or wind) that remove soil, rock, or dissolved material from one location on the Earth's crust, then transport it away to another location. Both weathering and erosion are distinct processes that nevertheless often occur interchangeably.

 

There are two main kinds of erosion: mechanical erosion, in which a force acts upon the rock; and chemical erosion, where decomposition and removal of rock is achieved by way of a chemical reaction.

 

Erosão Mecânica

 

Este tipo de erosão pode assumir as seguintes modalidades:


 

Erosão eólica

 

Erosão causada pela ação do vento, ocorre quer por deflação (remoção de particulas de rocha solta) ou por abrasão (em conjunto com as partículas que transporta, especialmente areia) que atua sobre as rochas como uma lixa. Esta erosão dá origem a rochas alveolares e blocos pedunculados.

Mechanical Erosion

 

This kind of erosion occurs in the following types:


 

Wind erosion

 

The decomposing of rock caused by air circulation, either by deflation (the wind carries away already loose particles from the rock) or abrasion (rock is scraped by airborne particles carried along by the wind, mainly sand). It originates honeycombed rocks and stacks of rock with strange forms.

Formações rochosas causadas por erosão eólica / Rock formations resulting from wind erosion

 

Erosão hídrica

 

Este tipo de erosão refere-se especificamente à que resulta do fluxo de água sobre a superfície terrestre, seja a dos rios nos seus leitos, seja a das águas pluviais e de escorrência.

A erosão fluvial é responsável pela formação de grandes ravinas, como no caso do Grande Canyon, ou dos vales de rios formados por encaixe epigénico.

A erosão pluvial manifesta-se pela criação de grandes sulcos em vertentes de encostas por onde escorre a água das chuvas.

 

Water erosion

 

Erosion caused by the flow of water in the Earth’s surface, either in the beds of rivers and streams or due to rain waters, floods and surface runoff.

A result is the formation of steep valleys or gorges, such as the Grand Canyon, or, in the case of rain flow, furrows in cliffs.

 

O Grand Canyon, resultado da erosão do Rio Colorado ao longo do seu curso (esquerda) e falésias esculpidas pela chuva (direita)
The Grand Canyon, a result of erosion from the Colorado river (left), and cliffs carved by rainfall (right)
 
 

Erosão glaciar

 

É provocada pelo movimento do gelo dos glaciares quando se desloca lentamente em direcção às regiões mais baixas. À medida que avança sobre a superfície fraturada do leito da rocha, o gelo e a água de fusão do glaciar penetram nas fendas e diacláses, colocando pressão sobre a rocha que leva a que esta se quebre e seja arrastada na torrente glacial (atrito), que, por sua vez, carregada de gelo e fragmentos de rocha, vai desgastando o leito do glaciar por abrasão. A erosão glaciar origina a formação de vales em U (enquanto os vales formados pela erosão fluvial são em forma de V), que nas zonas litorais constituem os fiordes. Não encontrarás disso pelo Algarve, mas em Portugal há evidências deste tipo de erosão aqui e aqui.

Glacial erosion

 

Caused by the motion of ice in glaciars heading to the lower regions. As it moves over the rock bed, ice and fusion water in the glaciar penetrate cracks in the rock; subsequent freezing will cause the volume to expand and crack the rock (plucking). The resulting debris will be carried in the ice and erode the underlying rock, in a process called abrasion. Glacial erosion originates U-shaped valleys (whereas the resulting valleys in fluvial erosion are V-shaped), that in coastal areas can result in fjords. You won’t be seeing any of it in the Algarve, but if you travel North, you will find some in Portugal, here and here.

O Vale Glaciar do Zêzere, na Serra da Estrela / Zêzere Glacial valley, in Serra da Estrela 

 

Erosão marinha

 

Causada pelo embate das ondas do mar sobre as falésias, seja por simples ação mecânica (abrasão), seja por ação de partículas aí transportadas na onda que causam um desgaste acrescido (atrito).

Ao embater na falésia, as ondas provocam um desgaste continuado da sua base, criando uma zona de escavamento que se designa por sapa. Com o tempo, o crescimento da sapa leva à perda de sustentação da zona superior da arriba e leva ao seu desmoronamento.

Uma boa explicação pode ser encontrada aqui.

Marine erosion

 

The result of sea waves crashing on the base of sea cliffs, either by simple mechanical action (abrasion) or by smaller or greater particles (sand, rubble) carried along (attrition). As they crash over the base of the cliff, waves cause a continued degradation of the cliff base, causing a wave-cut notch. The growth of the notch decreases the sustainability of the overlying rock, which will colapse with time.

You can find a good explanation here.
 

Zona de sapa em falésias, causada pelo embate constante das ondas do mar / Wave-cut notches in several cliffs, caused by constant battering from sea waves

Esquema da ação erosiva do mar nas falésias / Representation of cliff erosion by sea waves

 

Erosão Química

 

A erosão química ou cársica (também designada carsificação), consiste na dissolução da rocha por ação de um solvente, normalmente água. Ocorre quando a água da chuva se precipita sobre rochas solúveis, de reduzida dureza, como o calcário, a dolomite e o gesso.

Neste processo de erosão, a água da chuva absorve dióxido de carbono da atmosfera ou do solo (proveniente de matéria orgânica em decomposição, de origem animal ou vegetal), convertendo-se numa solução de ácido carbónico (H2CO3). esta solução entra em contacto com a rocha, dissolvendo-a.

 

Esta reação química, designada carbonatação, é responsável pela criação das formações geológicas características da paisagem cársica, como algares, dolinas e lapiás, à superfície, e das grutas no subsolo.

Chemical Erosion

 

Chemical erosion, also known as karst erosion, occurs through the dissolution of soluble rock, such as limestone, dolomite or gypsum, by a solvent, usually water. It happens when rainwater absorbs carbon dioxide from the atmosphere or from the ground (from decomposing organic matter, either vegetable or animal), converting it in a carbonic acid solution (H2CO3), that slowly dissolves the roch upon contact.

 

 

This chemical reaction, called carbonatation, is in the origin of the typical features of karst topograhy, such as sinkholes and dolines, limestone pavement, poljes and underground caves.

 

Algar e campo de lapiás, formações características da paisagem cársica / Sinkhole and limestone pavement, traditional features of karst landscape

 

What's happening to Maria Luísa?

Esta earthcache:

 

As zonas do litoral são dotadas de uma beleza natural que atrai as populações em busca de repouso e diversão junto ao mar. Contudo, estão particularmente vulneráveis à erosão, que é responsável pela criação de impressionantes formações geológicas, como algares, arcos e leixões, mas também pela perda de superfície terrestre e de território.

 

A erosão costeira é um fenómeno complexo em que intervém vários dos tipos de erosão referidos anteriormente. A Praia da Maria Luísa é um local onde é particularmente evidente o resultado da ação destes tipos de erosão. Infelizmente, são já habituais as notícias de derrocadas de partes da falésia nesta praia (sejam derrocadas naturais, como esta e esta, sejam derrocadas controladas), muitas vezes com resultados trágicos, como a derrocada de um leixão que aqui existia, no dia 21 de agosto de 2009, em plena época alta de afluência à praia, e que causou a morte de cinco pessoas.

This earthcache:

 

Coastal areas have a natural beauty that is prone to attract people looking for relaxation and entertainment by the sea. They are, however, particularly vulnerable to erosion, that creates impressive geological features such as sinkholes, arches and stacks, but alse cause the loss of land area.

 

Coastal erosion is a complex geological phenomenon in which several of the mentioned kinds of erosion intervene, other than wave erosion. Praia Maria Luísa is a place where you can see the result of those kinds of erosion quite distinctively. Unfortunately, news of falling cliffs in this beach (as in others in the Algarve) have become common. Sometimes with tragical results, as it happened in August, 21, 2009, when the collapse of a stack caused the death of five people.

 

Fotos antigas da Praia da Maria Luísa. As zonas de arriba assinaladas já não existem: desapareceram devido à erosão costeira.

Old pictures of Maria Luísa beach. Highlighted cliffs no longer exist due to coastal erosion

 

O objetivo desta earthcache é observar ao vivo os efeitos dos vários tipos de erosão que, juntamente com a erosão marinha, concorrem para o recuo da linha da costa, e identificá-los.

 

Para permitir melhores condições de observação, esta cache deve ser visitada durante a maré baixa, embora haja alternativas (ver em baixo).

 

Para poderes registar esta earthcache, deverás enviar-me as respostas às seguintes questões para o e-mail que consta do meu perfil. Poderás registar a cache logo após enviares as respostas, mas os logs feitos sem que as respostas tenham sido enviadas serão apagados.

 

Questões:

 

1. Nas coordenadas da cache (N 37º 05.310 W 008º 11.882), é particularmente evidente o resultado da erosão marítima, que levou à destruição de uma escada de acesso à praia que aqui existia, sobrando apenas a sapata de cimento em que esta escada assentava.

1.1. Quantos degraus tem esse bloco de cimento?

1.2. Para além das marcas evidentes de erosão marítima, qual o tipo de erosão que se pode observar na parede da falésia a Este, ao nível da cabeça?

 

2. No ponto de observação 2 (N 37º 05.301 W 008º 11.874), existe uma formação geológica criado por um tipo específico de erosão, acima referido.

2.1. Que tipo de erosão é essa?

2.2. Como se chama o processo que dá origem a esta formação geológica

(Nota: caso a maré esteja cheia, poderás observar esta formação por cima, se tomares o acesso ao trilho da falésia indicado em baixo)

 

3. No ponto de observação 3 (N 37º 05.323 W 008º 11.939), que tipo de erosão podes observar no alto da falésia?

 

São bem-vindas todas as fotografias que queiram publicar e que não revelam informação necessária às respostas.

 

 

Atividades adicionais sugeridas (inteiramente opcional, mas vale a pena):

 

Sugiro que aproveites as fotografias do local aqui fornecidas para comparares, no local, o estado atual da praia.

 

É possível fazer um percurso de caminhada junto à falésia, em perfeita segurança, entre a Praia Maria Luísa e os Olhos d’Água. O acesso a este trilho situa-se em N 37º 05.349 W 008º 11.955.

No início, poderá parecer que estás a entrar em propriedade privada, mas não: o caminho é público e esta é apenas uma das “particularidades” do ordenamento do território. Além disso, aqui poderá ter uma boa perspetiva do que poderá ser uma das causas da erosão da praia.

Este acesso poderá ser uma boa alternativa para observar o fenómeno geológico abordado na questão 2 em caso de maré alta (e poderás ir até aqui depois de obteres as respostas à questão 3).

The goal of this earthcache is to allow you to see in firsthand the effects of erosion.

 

 

To allow for better conditions of observation, this cache should be visited during low tide, although there are alternative ways (see below).

 

In order to claim this earthcache, you should e-mail me the answers to the following questions. You can log the cache after sending me the answers, but if you log it without sending the answers to me, your log will be deleted.

 

 

Questions:

 

1. At the given coordinates (N 37º 05.323 W 008º 11.939), there is a clear evidence of the effects of wave erosion, that destroyed the stairs that once gave access to this corner of the beach, leaving only the concrete block in whic the stairs stood.

1.1. How many steps does the concrete block have?

1.2. Besides the evident marks of wave erosion, what kind of erosion can bee seen in the side of the cliff that stands to the East (at your head’s height)?

 

2. At observation point 2 (N 37º 05.301 W 008º 11.874), there is a geological feature created by a specific kind of erosion mentioned in the listing

2.1. What kind of erosion?

2.2. What is the name of the chemical reaction that is in the origin of this geological feature?

(If the tide is high, you can see this from above in the cliff; for that, take the hiking trail mentioned below)

 

3. At observation point 3 (N 37º 05.323 W 008º 11.939), which kind of erosion can you see up in the cliff’s edge?

 

Pictures that do not disclose any information requested in these questions are more than welcome!

 

Suggested aditional activities (entirely optional, but totally worth it):

 

You can take the pictures provided in this listing and compare them to the current state of the beach on location.

 

I highly recommend you take the hiking trail that starts in N 37º 05.349 W 008º 11.955, and take a hike over the cliffs from Praia Maria Luísa to Olhos d’Água. It is safe, but due to the coastal erosion that we talked about in this earthcache, you should be extra careful.

In the beginning of the trail, you may feel like you are trespassing private property, but you’re not. It is a public access, and this is just one of the peculiar and awkward features of urban planning in the region. Also, this will hepl you have a better insight of why the beach is eroding.

This can be a good alternative to observe the geological feature in question 2 in the high tide (and you can go there after answering question 3).

 

Nas notícias / In the news:

"More rockslides this year on Algarve beaches", The Portugal News, 13/07/2017

"Derrocada controlada de arribas na Praia Maria Luísa", reportagem SIC, 26/04/2017

"Derrocada na praia Maria Luísa muito superior à de 2009", reportagem TSF, 08/08/2016

"Julgamento do Estado por derrocada na Praia Maria Luísa ainda sem data", reportagem TVI, 08/08/2016

"Praia Maria Luísa - Derrocada em zona recentemente intervencionada", Planet Algarve, 01/09/2015

"Nova derrocada na praia Maria Luísa após tragédia", reportagem TVI, 28/08/2015

"Cinco vítimas mortais: buscas terminaram na praia Maria Luísa", Público, 21/08/2009

Derrocada na Praia Maria Luísa, fotogaleria Jornal de Notícias, 21/08/2009

"Five die in landslide on Portuguese beach", The Telegraph, 21/08/2009

 

Flag Counter

Additional Hints (No hints available.)



 

Find...

90 Logged Visits

Found it 87     Write note 2     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 78 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.