Skip to content

Tarouca Traditional Cache

This cache has been archived.

Bitaro: Caro ricardo_,
Esta geocache foi arquivada por falta de uma resposta atempada e/ou adequada perante uma situação de falta de manutenção.
Relembro a secção das Linhas de Orientação que regulam a manutenção das geocaches:

O dono da geocache é responsável por visitas à localização física.

Você é responsável por visitas ocasionais à sua geocache para assegurar que está tudo em ordem para funcionar, especialmente quando alguém reporta um problema com a geocache (desaparecimento, estrago, humidade/infiltrações, etc.), ou faz um registo "Precisa de Manutenção". Desactive temporariamente a sua geocache para que os outros saibam que não devem procurar a geocache até que tenha resolvido o problema. É-lhe concedido um período razoável de tempo - geralmente até 4 semanas - dentro do qual deverá verificar o estado da sua geocache. Se a geocache não estiver a receber a manutenção necessária ou estiver temporariamente desactivada por um longo período de tempo, poderemos arquivar a página da geocache.

Se no local existe algum recipiente por favor recolha-o a fim de evitar que se torne lixo (geolitter).

Uma vez que se trata de um caso de falta de manutenção a sua geocache não poderá ser desarquivada. Caso submeta uma nova será tido em conta este arquivamento por falta de manutenção.

More
Hidden : 08/21/2017
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Tarouca é cidade e sede do concelho com o mesmo nome, pertence ao Distrito de Viseu, distando seis dezenas de km da capital. Compõem-no sete freguesias: Mondim da Beira, S. João de Tarouca, Salzedas, União das Freguesias de Gouviães e Ucanha, União das Freguesias de Granja Nova e Vila Chã da Beira, União das Freguesias de Tarouca e Dalvares, e Várzea da Serra.


É um município onde a magia e a memória do temos medievais sobrevivem nos monumentos, na alma das populações e no mistério de lendas e tradições que atravessam gerações. Aqui, o património é vasto, rico e carregado de história. As paisagens primam pela beleza, pelos contrastes que as estações do ano acentuam e pela imensidão dos horizontes que se avistam. As aldeias encrustadas nas encostas coroando o cume dos montes mantêm hábitos e formas de vida que as grandes cidades já esqueceram. As terras de Tarouca são atravessadas pelo rio Varosa e pelos seus afluentes, Varosela e Torno.


Conhecer o património edificado de Tarouca é partir num itinerário de redescoberta dos tempos medievais. O Mosteiro de S.João de Tarouca, fundado no séc. XII, foi o primeiro no país a pertencer à Ordem de Cister.


Em Salzedas viveu D.Teresa, mãe de D.Afonso Henriques. E o primeiro rei de Portugal, ainda infante, teve como aia D.Teresa Afonso, mulher de Egas Moniz, que mandou edificar o Magnífico Mosteiro de Santa Maria de Salzedas.


A Ponte de Ucanha, com a sua torre fortificada, constitui um conjunto arquitetónico medieval único no país.


Mas o património arquitetónico de Tarouca tem muito mais para oferecer. Em Mondim da Beira, em Salzedas, e em S.João de Tarouca pode encontrar-se outras pontes românicas situadas em locais recatados e de grande beleza.


A Casa do Paço de Dalvares, um edifício senhorial que pertenceu a Egas Moniz e aos seus descendentes, as Aldeias Vinhateiras de Ucanha e Salzedas e a Alcácima, no centro de Tarouca, são lugares que também vale a pena conhecer.


Visitar Tarouca é, por isso, partir numa viagem de descoberta do passado, ao encontro de histórias, lendas e mistérios de outros tempos, vestígios arqueológicos, jóias arquitetónicas, recantos e paisagens naturais de beleza inigualável.

 

Fonte: C. M. Tarouca

Additional Hints (Decrypt)

onfr áeiber

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)