Skip to content

Alto da Pedisqueira Traditional Cache

This cache has been archived.

sylgpaivaeruicm: Constantemente vandalizada

More
Hidden : 08/28/2017
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


Capela de Nossa Senhora da Lapa

Capela do séc. XVIII, barroca, com fachada principal em frontão contracurvado, com portal, janelas e óculo envolvidos por decoração vegetalista, de talhe algo geométrico.

A coroa aberta sobre o óculo corresponde ao mesmo motivo decorativo que encima a moldura dos janelos, ainda que sejam mais estilizados. A decoração vegetalista que ladeia o portal é um excelente trabalho de canteiro, imitando padrões de talha.

As cornijas das fachadas Norte e Sul revelam, entre os cunhais da fachada principal e a pilastra implantada no terço final dos seus paramentos, uma pequena diferença formal com a restante cornija que percorre estas fachadas, indiciando uma alteração da fachada anterior da capela, em momento desconhecido.

Numa ombreira da porta da sacristia, interessante caixa de esmolas, em madeira, pintada. A sacristia apresenta um lavatório de bom talhe, em arco pleno, concheado, sublinhado superiormente por cornija saliente, com torneira inscrita em motivo floral e pia circular, estriada.

 

 

Forte de São Francisco

(Forte de Nossa Senhora do Rosário)

Nos primórdios da nacionalidade foi fundado nos arredores da então vila de Chaves, o convento de S. João da Veiga pertencente à Ordem dos Templários, que depois se viriam a consagrar à Ordem da Soledade de São Francisco.

Em 1629, o Capítulo Provincial da Ordem da Soledade de São Francisco, determina procurar em Chaves local para novo convento, o local escolhido foi uma colina fronteira à vila denominado Alto da Pedisqueira.

Assim em 1635, é lançada a primeira pedra para a construção do convento, no local onde existia uma Capela dedicada a Nossa Senhora do Rosário, esta foi reconstruída e transformada em Igreja (de São Francisco). Para a sua construção muito contribuiu o préstimo do seu patrono, o 8º duque de Bragança, D. João IV de Portugal.

Por razões militares, e sensivelmente na mesma data, foi construído o forte de N.ª S.ª do Rosário, obra constituída por baluartes e ponte levadiça, que em toda a Guerra da Restauração constituiria excelente defesa da praça da vila de Chaves.

Foi também o cenário da vitória do General Silveira contra os franceses do exército de Soult em 1809.

Encontra-se classificado como Monumento Nacional pelo decreto de 22 de Março de 1936. Foi intervencionado a partir de 1957 para obras de conservação, consolidação, limpeza, desobstrução, reparação e reconstrução.

Em 1989 foi cedido, a titulo precário, à Câmara Municipal de Chaves . Na segunda metade da décade de 1970, as dependencias do forte serviram como alojamento prrovisório para familias retornadas das ex-colónias portuguesas na África.

Em 1994 o forte foi requafificado como uma unidade hoteleira, tendo sido o Hotel inogurado em 1997.

O forte apresenta planta simples no formato esttrtelado, com quatro baluartes nos vértices, no sistema Vauban. As muralhas, com espessura de um metro, varia entre quatro a vinte metros de altura e são revestidas em granito.

 

O principal acesso é feito pelo portão no lado Oeste, pelo lado Sul o acesso é feito por ponte levadiça sobre fosso, actualmente aterrado.

A Cache:

Por favor tenham cuidado no manuseamento da cache visto o local ser bastante frequentado por muggles.

Tentem deixar a cache como a encontraram. Obrigado.




This page was generated by Geocaching Portugal Listing Generator

Additional Hints (Decrypt)

rtb fhz vyyr dhv vyyhzvang zhehz

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)