Skip to content

LA CODOSERA - III Traditional Geocache

Hidden : 09/21/2017
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
1.5 out of 5

Size: Size:   micro (micro)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Related Web Page

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


La Codosera dá nome a rua das Caldas 10-02-2011 | La Codosera dá nome a rua das Caldas La Codosera dá nome a rua das Caldas La Codosera, na Estremadura espanhola, já é nome de uma rua nas Caldas da Rainha. A cerimónia de descerramento da lápide junto à Rotunda do Imaginário, que decorreu no passado dia 5, contou com a presença de mais sessenta espanhóis que vieram desta vila situada na raia, que pertence à província de Badajoz e fica a poucos quilómetros de Portalegre. O caldense Mário Lino esteve na origem desta homenagem pelo intercâmbio desportivo e cultural que tem feito com aquela localidade. É de recordar que em Julho do ano passado naquela localidade espanhola foi feito o descerramento de uma placa com o nome de Caldas da Rainha numa das vias principais de La Codosera. O alcaide Manuel Vilés Piris, e vereação de La Codosera, também estiveram presentes no evento que terminou com a inauguração no Museu do Ciclismo, da exposição fotográfica “La Codosera na perspectiva de Mário Lino”, que contém vários painéis de imagens sobre aquela localidade da província de Badajoz. Nesta mostra estão imagens das águas do rio Gevora que nasce na Serra de S. Mamede e atravessa La Codosera, como fotografias da variedade paisagística e da arquitectura popular, onde enormes chaminés decoram os modernos edifícios de xisto e a brancura da cal contrasta com a cor que emoldura as portas e as janelas. Mais de 120 pessoas estiveram presentes na inauguração desta exposição incluindo os espanhóis, assim como 15 elementos de um grupo típico de danças e cantares daquela vila, que actuaram no Museu de Ciclismo.

Para o alcaide Manuel Vilés Piris, este intercâmbio tem um grande valor pela relação que começou com o desporto, depois com a cultura e agora “uma relação de amizade”. Manuel Piris revela como é importante este intercâmbio nos dias difíceis de hoje como forma de promover o turismo das duas localidades. “La Codosera que se dedica ao turismo em torno do rio Gévora, com uma grande variedade de espécies de fauna e flora, considerado um dos rios de maior riqueza biológica de Espanha e da Europa, e Caldas da Rainha que tem uma belíssima praia”, apontou o autarca espanhol. Manuel Piris revelou ainda que vai aproveitar esta permuta para que “Caldas da Rainha e La Codosera consigam ter projectos em comum para se poderem candidatar a fundos europeus”, referindo que “a única forma de poderem candidatar-se a alguns projectos é através da Euro-Regiões, um Programa de Cooperação Transfronteiriça, entre dois ou mais países que nos permita, neste período de 2007/2013, obter fundos comunitários para projectos comuns”. Desta ligação, este responsável espera que haja desenvolvimentos, fundamentalmente nas áreas do turismo, património e cultura. Fernando Costa, presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, também se mostrou bastante satisfeito com esta relação de amizade entre Caldas e La Codosera e espera que haja mais intercâmbios desportivos, culturais e turísticos. “Com esta cerimónia de descerramento da lápide já cá estão em Caldas 60 espanhóis, e esta iniciativa é uma forma de estimular a vinda de outras pessoas que querem visitar uma rua que tem o nome da sua localidade”, disse o autarca, acrescentando que “no Verão já há muitos espanhóis que vêm passar férias à praia da Foz do Arelho”. Fernando Costa divulgou ainda que a Rua de La Codosera junto à Rotunda do Imaginário vai sofrer modificações. “Vai ser duplicada, com quatro faixas dando continuação à avenida que vem do McDonald’s”, revelou. A relação de Mário Lino com aquele município espanhol aconteceu em Abril de 2009, quando o presidente da Federação Estremenha de Ciclismo contactou aquela autarquia para organizar a 26ª edição da prova cicloturística Caldas-La Codosera. Na sequência, foram realizados encontros bilaterais envolvendo outras entidades e em Junho de 2010 Mário Lino foi convidado para realizar um trabalho fotográfico uma exposição que foi inaugurada em La Codosera em Dezembro e que teve uma grande afluência. Mário Lino é também o principal artífice da atribuição do nome de Caldas da Rainha a ruas e praças em Oliva de La Frontera, Olivença e Badajoz. Estes intercâmbios fazem parte dos brevês de cicloturismo que contaram quase sempre com o apoio do Sporting Clube das Caldas em particular com a colaboração de Mário Tavares e do actual presidente desta colectividade, Carlos Gomes. Mário Lino referiu que a exposição sobre La Codosera foi realizada “a expensas minhas, o que me deu muito prazer pois gosto imenso de trabalhar com paixão pelas actividades que realizo”. Aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio da Câmara Municipal das Caldas e fez um balanço positivo de todo o evento, revelando que a mostra foi bastante apreciada e ficou surpreendido com as palavras do Alcalde que “fez uma discrição de La Codosera ao encontro das imagens que eu captei”. O evento foi organizado pelo Ayuntamiento de La Codosera, com o apoio da Câmara Municipal das Caldas da Rainha e do Museu do Ciclismo (Mário Lino). Marlene Sousa

Additional Hints (No hints available.)