Skip to Content

<

MIRADOURO "Aos Homens do Mar e da Terra"

A cache by DaBiDa Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 04/01/2019
Difficulty:
1.5 out of 5
Terrain:
2 out of 5

Size: Size: regular (regular)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:





Localizado no Canto do Feno, nos Biscoitos, situa-se um miradouro natural sobre a costa norte da ilha, observando-se dai parte da orla costeira, toda a zona piscatória e piscinas naturais da freguesia.

Neste lugar de excelência foi feita uma escultura de Dimas Simas Lopes que representa uma “Homenagem aos Homens do Mar e da Terra, inaugurada a 27 de julho de 2001.

 

Junto do monumento, encontra-se uma placa de inauguração e uma placa com a gravação de um texto do próprio autor:

“AOS HOMENS DO MAR E DA TERRA

Do Canto do Feno avista-se quase tudo.

É um sitio muito conhecido dos pescadores, por ser um dos pontos de referência de uma marca de pesqueiro.

E como local de vistas largas, foi aí construída uma pequena trincheira de costa usada durante a guerra.

Os homens da nossa terra mereciam, além de uma missa por alma e da memória dos parentes e amigos, uma peça de arte que assinalasse o seu trabalho. O trabalho de gente que vivia com um pé em terra e outro no mar. Homens que iam "dormir" ao mar para haver peixe na mesa e na saca de trabalho. E quando o mar não "dava" viravam-se para terra que havia muito que cavar, desfolhar, levantar vinha e por aí fora. O convívio da terra e do mar. Sem perder tempo. Os baleeiros, esses, sempre de olho aberto e pé ligeiro ao primeiro sinal do vigia do Pico Matias Simão, corriam das vinhas, dos pomares, das terras a soltar os calços dos botes, depressa que se faz tarde. Em viagens sem destino e sem regresso certos e pouco pão.

Conheci gerações de pescadores, baleeiros e trabalhadores das vinhas pelo nome próprio ou pelos apelidos, a todos tiro o meu chapéu. Claro que fico mais contente se gostarem da minha ideia e desta escultura.
E é natural que se questionem sobre o significado daquela disposição das vigas de ferro. Para uns será uma alusão ao arado, para outros será o alvião e outros dirão que lhes faz lembrar um barco. O nosso olhar é sempre diverso como a nossa capacidade de abstração. Mas aqui para nós sabem o que gostaria que aqueles cerca de trinta e quatro metros de ferro, com as suas toneladas, significassem? Uma escultura do nosso tempo com uma linguagem direta e despojada e um conjunto de vetores de força unidos num ponto comum, movendo-se no mesmo sentido, balançando como uma grande nave, em mar de muita tempestade, em que todos nos encontramos, à deriva, à procura de porto seguro e salvo.

Dimas Simas Lopes

 

A CACHE

É uma cache tradicional, com objetivo de dar a conhecer o “Miradouro”.

O container contém logbook e lápis.

Por favor respeite a cache e o lugar, deixando tudo do mesmo modo que encontrou.

Obrigada.

Additional Hints (Decrypt)

CG: Rfpbaqvqn ab zrvb qr hzn crqen, pbz bhgenf qhnf crdhranf n gncne.
RA: Uvqqra va n fgbar, jvgu gjb fznyyre barf pbirevat vg.

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)



 

Find...

3 Logged Visits

Found it 2     Publish Listing 1     

View Logbook | View the Image Gallery of 3 images

**Warning! Spoilers may be included in the descriptions or links.

Current Time:
Last Updated:
Rendered From:Unknown
Coordinates are in the WGS84 datum

Return to the Top of the Page

Reviewer notes

Use this space to describe your geocache location, container, and how it's hidden to your reviewer. If you've made changes, tell the reviewer what changes you made. The more they know, the easier it is for them to publish your geocache. This note will not be visible to the public when your geocache is published.