Skip to content

<

A nossa aventura na ribeira de cortes

A cache by smss78 & bmps2003 Send Message to Owner Message this owner
Hidden : 08/16/2021
Difficulty:
2 out of 5
Terrain:
2.5 out of 5

Size: Size:   small (small)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:


 

É um daqueles segredos guardados à vista de todos. Na localidade de Cortes do Meio, perto do Tortosendo, concelho da Covilhã, há 12 piscinas naturais à espera, para refrescar o verão.

Algumas quase à beira da estrada, outras que obrigam a uma caminhada, mas todas com águas puras, encantos vários e uma beleza natural única

Mal se chega a Cortes do Meio é fácil avistar as placas que indicam a direção para as piscinas. A mais próxima da localidade é o Poço da Fatela, uma piscina comprida, depois de uma queda de água, onde pode aproveitar uma massagem natural.

Logo a seguir fica o Poço da Ponte Velha com estacionamento perto, pouco profundo, perfeito para chapinhar na água e com uma zona verde para estender a toalha.

Seguindo o curso da água, o Poço da Monteira é a praia fluvial que se segue, também com quedas de água e uma vasta extensão de água

No Poço do Forno Velho encontramos uma piscina extensa que, diz o Expresso, “Tem uma lenda associada”. Por ali terra sido erguida a primeira casa da Bouça, por um foragido à justiça, que depois é perdoado por ter descoberto a Fonte dos Calções.

Já o Poço da Formiga é um dos maiores poços da ribeira. Tem uma cascata onde se pode deslizar para a água e uma ponte que dá acesso ao Poço do Combarão que fica logo ao lado.

O Poço do Embude é a piscina que se segue, pequena, com várias cascatas pequenas, e a seguir fica o Poço da Penha Fundeira de beleza rara, mas pouca área de banhos.
Prefeita para fotografias para as redes sociais.

O Poço do Inferno ou Penha Cimeira é um pouco mais acima, entre duas rochas e de difícil acesso, perto de um abrigo de pastores, faltando apenas uma visita ao Poço do Brejo, profundo entre as rochas, o Poço do Meio Quartilho, com características semelhantes, para terminar no Poço da Cascata, uma das mais bonitas de todas, com uma queda de água a encher uma lagoa.

 
 
Este percurso circunda todo o vale das Cortes, com passagem em vários pontos de grande interesse paisagístico, com destaque para Cortes do meio, Bouça, Cortes de Baixo, circulando sempre perto da ribeira, que no inverno corre caudalosa e furiosa, serra a baixo.
 
Local Partida: Cortes do Meio Distância: 10,6km (circular)
Local Chegada: Cortes do Meio Sub. Acumulada: 441Metros

Track para download

 
 

1

Ponte Velha

11

Capela da Bouça

2

Poço da Ponte Velha

12

Poço do Embude

3

Ponte do Lagar

13

Poço do Caldeirão

4

Poço das Azenhas

14

Poço do Combarão

5

Poço do Funil

15

Ponte do Combarão

6

Azenhas

16

Poço da Formiga

7

Ponte do Porto da Tábua

17

Poço da Monteira

8

Poço do Forno Velho (Esta GC)

18

Forno Comunitário

9

Pontão Fundeiro e Poço da Praia

19

Ponte Nova

10

Ponte do Salto

20

Poço da Fatela

 
 

Esta nossa caixinha encontra-se próximo do poço de rara beleza, com águas límpidas e cristalinas. O melhor acesso a este local é seguir as indicações do PR17 CVL que percorre toda este percurso fantástico de poços e cascatas.

Durante o inverno com o aumento de caudal, poderá não ser possível alcançar estes belos poços, por ficarem demasiado perigosos, mas durante o verão irão fazer as delicias.

A caixinha encontra-se a escassos metros a esquerda do PR, debaixo de um bloco granítico retangular. sejam discretos nas buscas pela caixinha. Devem levar material de escrita.

NOTA: A cache não se encontra no muro de pedra atrás do bloco. NAO MEXER NO MURO!

 
 
 

 



 

Additional Hints (Decrypt)

An Onfr qb Oybpb tenaqr Ergnathyne, n prepn qr 5 zrgebf qb CE
ABGN: N pnpur aãb fr rapbagen ab zheb qr crqen ngeáf qb oybpb. ANB ZRKRE AB ZHEB!

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)