Skip to content

Geo Mata-Bicho II Event Cache

This cache has been archived.

Mike Marracho: Obrigado e o próximo já está aí à porta!

More
Hidden : Friday, 22 April 2022
Difficulty:
1 out of 5
Terrain:
3 out of 5

Size: Size:   other (other)

Join now to view geocache location details. It's free!

Watch

How Geocaching Works

Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer.

Geocache Description:

22 April 2022, 08:00 - 08:30

Geo Mata-Bicho II

Uma semana de férias por terras transmontanas e nada melhor do que partilhar hábitos locais.

Muito embora o mata-bicho tenha deixado de ser habitual até mesmo nas casas transmontanas, como aliás aconteceu com outros bons hábitos de outrora, quando me desloco à terra Natal faço questão de preservar (algumas) rotinas que em tempos partilhei com os meus entes queridos, sendo neste caso o mata-bicho, despois do despertar vespertino e antes de seguir para a faina do campo.

Trata-se de um repasto à base de azeitonas curadas, carne gorda, bacalhau cru, pão de centeio, aguardente, figos secos e boa disposição, desta forma, estão todos convidados… os bens dispostos, quer sejam ucranianos ou não. Desculpem: Geocachers ou não! smiley

Texto publicado no jornal “O Campeão”, de Vila Real, em 19 de Maio de 1897, assinado por alguém de seu nome Guerreiro, que transcrevo tal e qual, com o título “O Mata-Bicho”:

“Muita gente ignora ainda d’ onde deriva a expressão matar o bicho, phrase de que o preto em África se serve em todas as circumstancias da vida, e sem a realização das quaes nada faz em seu proveito ou em proveito de outrem.

Eis a explicação d’ este uso realista, segundo Franklim:

Em julho de 1719 tendo falecido repentinamente em Paris a mulher d’ um alfaiate, o marido, julgando que a esposa tivesse sido victima de envenenamento, deu parte às autoridades locaes, e tendo estas mandado proceder à autopsia, foi encontado vivo sobre o coração do cadáver um verme de duas pollegadas de comprido e cuja natureza era completamente desconhecida dos facultativos presentes.

Um dos médicos, desejando conhecer o grau de vitalidade do verme em questão, metteu-o por espaço de duas horas dentro de um copo contendo acido phenico, a que o animal resistiu.

Então experimentado o álcool, morrendo o bicho immediatamente logo que se achou em contacto com uma porção de aguardente de 23 em que foi mergulhado.

Desde então foi reconhecida a necessidade de se tomar diariamente uma porção d’ álcool, para succeder como à mulher do alfaiate.

É por isso que se chama mata-bicho ao codore de aguardente que faz uso o preto n’ África a toda a hora, e alguns operários, de inverno, quando vão para os trabalhos."

Additional Hints (Decrypt)

Cbegn 45

Decryption Key

A|B|C|D|E|F|G|H|I|J|K|L|M
-------------------------
N|O|P|Q|R|S|T|U|V|W|X|Y|Z

(letter above equals below, and vice versa)